Publicidade Topo

notícias

Irati vence Toledo pelo Campeonato Paranaense de Voleibol Feminino

Com a vitória por 3 a 0 sobre Toledo, a equipe iratiense manteve o 100% de aproveitamento na competição estadual/Texto: Rodrigo Zub, com reportagem de Sidnei Jorge (Sidão)

Atletas de Irati comemorando ponto na vitória sobre Toledo, por 3 a 0. Foto: Osmair Turko/Foco Esportivo
O time de Irati obteve a segunda vitória no Campeonato Paranaense de Voleibol Feminino. A equipe treinada por Fábio Sampaio venceu Toledo, por 3 sets a 0, na noite de sábado, no ginásio Agostinho Zarpellon Junior (Batatão), em Irati.

A vitória foi construída com parciais de 25-18, 25-17 e 25-17. Essa foi a segunda vitória do time iratiense em dois jogos realizados na competição. Na estreia, Irati havia vencido Foz do Iguaçu, por 3 sets a 1.

Após a partida, o treinador de Irati analisou o desempenho da equipe durante entrevista à Najuá. “Não esperava esse resultado. A gente sempre trabalha para vencer e vencer por 3 a 0 é o auge do trabalho. As meninas estão bem. A gente vem de duas semanas de trabalho bem exaustivo, bem produtivo e acho que fez jus o resultado, nós dominamos a partida o tempo inteiro. Nossa equipe é mais experiente em relação a equipe do Toledo, eles estavam com algumas peças que não vieram. Estudamos muito o time delas. Algumas peças não estavam ali. A gente manteve o domínio do jogo do início ao final. A gente oscilou é normal. É o segundo jogo, natural, mas são mais três pontos dentro dos objetivos do nosso trabalho”, disse Fábio.


O técnico de Irati destaca que conseguiu rodar o elenco e dar oportunidade para atletas que não atuaram na estreia. Uma das trocas foi a saída de Jana para a entrada de Jéssica. Já Thainá entrou na vaga de Ana Cecília. “A gente tem uma equipe bastante coesa, parecida nas circunstâncias do jogo para a gente não ficar em função [de uma atleta]. No ano passado sofremos com isso tinha poucas peças e o sistema tático era extremamente limitado. Objetivo é trabalhar todas as atletas da melhor maneira possível para chegar no momento decisivo quem estiver melhor joga”, afirma o treinador.

Fábio também comemora o fato da equipe de 2022 ser mais experiente da que havia disputado o Campeonato Paranaense no ano passado. “A equipe quase 100% reformulada com um pensamento ainda melhor que a do ano passado. Uma equipe ainda melhor, mais profissional”.

O treinador disse que ainda não está satisfeito com o desempenho de sua equipe em relação ao aproveitamento de saque. A partir desta terça-feira, 19, o time iratiense inicia os treinamentos visando a próxima partida contra Maringá, que acontecerá em duas semanas. Fábio relata que sabe a força do adversário, mas entende que sua equipe pode surpreendê-la.

“Jogo complicado, mas é um duelo de gigantes. Temos que começar a encarar assim parar de falar que do lado de lá tem um orçamento melhor e essas coisas existem é do esporte, mas são sete contra sete existe um trabalho muito bom lá eu sei eles têm uma dinâmica de trabalho de Superliga, eles podem e nós não podemos. Vamos trabalhar, fazer semanas boas de treinamento para jogar de igual para igual com Maringá lá. Respeitar, mas vamos trabalhar para vencê-las”.

O técnico ainda frisou que está trabalhando o comportamento psicológico do time e fazendo cobranças durante os treinamentos e jogos para que todas as jogadoras estejam em plenas condições de atuar. “Durante a semana pego no pé delas, sou extremamente exigente e faz parte do processo num planejamento para que não deixe elas numa zona de conforto. Para que chegue num jogo, elas estejam acostumadas com a pressão”.