Publicidade Topo

notícias

Comerciantes opinam sobre obra de revitalização no centro de Irati

Apesar de receio sobre o estacionamento, comerciantes acreditam que obra na rua Doutor Munhoz da Rocha ajudará o comércio local/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava

Atualmente, a obra de revitalização do centro de Irati está concentrada na rua Munhoz da Rocha. Foto: Jussara Harmuch 

A obra de revitalização do centro de Irati na rua Doutor Munhoz da Rocha tem chamado a atenção da população. Para os comerciantes entrevistados pela reportagem da Najuá, a obra ajudará no aumento das vendas, mas ainda há preocupação sobre as vagas para o estacionamento e o projeto final. 

O gerente da loja de móveis Darom, Alessandro Nascimento, destaca que a região precisava de revitalização, mas ainda é preciso esclarecer como ficará a mobilidade. “Eu acho muito importante essa revitalização. Estava mais do que na hora. Nosso centro estava muito defasado. Um centro muito antigo e realmente era necessário. Mas eu como comerciante, me preocupa um pouco a questão da mobilidade, não só dos pedestres, mas como dos veículos que transitam aqui no centro. E também olhando pelo lado do consumidor, me preocupo um pouquinho como consumidor vai acessar nossas lojas, o nosso comércio, depois dessa mudança”, disse.  

Para o responsável pelo supermercado G-Center, Marcos Griczinski, é preciso verificar se as alterações trarão mais praticidade. “Esperamos que essas alterações realmente beneficiem essa praticidade e que elas tragam, além de conforto, segurança. A questão estética é fundamental, realmente acredito que o trabalho estético foi muito bem feito, mas esperamos um retorno prático aonde as pessoas têm mais facilidade de estacionar, mais facilidade de se locomover e a segurança para o pedestre que circula ali que é um grande fluxo de pessoas”, afirma. 

 Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo 

A dificuldade de estacionamento é uma das reclamações ouvidas pelos comerciantes. A vendedora da Luar Móveis e Eletros, Lidiane Soares Pereira, disse que espera que a obra possa ajudar a solicitação esse problema. “Vemos vendo que os nossos clientes vêm enfrentando grande dificuldade em estacionar seus veículos na área central de Irati. Com isso, esperamos que essa mudança traga muitos benefícios para o comércio”. 

Vendedora da Luar Móveis e Eletros, Lidiane Soares Pereira, afirma que os clientes enfrentam dificuldades para encontrar locais de estacionamento no centro de Irati. Foto: Jussara Harmuch

No projeto, um dos lados do estacionamento na rua Doutor Munhoz da Rocha será retirado e a calçada será ampliada, saindo dos atuais três metros e ficará com mais de seis metros. O estacionamento ficará apenas de um lado. O projeto ainda traz a revitalização do espaço com novos pavers e piso tátil. A expectativa é que a obra seja finalizada em até oito meses.

O desconhecimento do projeto também é um dos receios dos comerciantes. “Acredito que essas mudanças vão nos trazer fatores positivos, mas realmente estamos aguardando, que acredito que como a maioria da população, ninguém tem uma ideia geral do que está sendo feito ali.  Seria muito interessante realmente se explanasse isso mais eficientemente”, destaca Marcos. 

Para Alessandro, o projeto poderia ter sido apresentado para os comerciantes. “Nós vimos o projeto depois de pronto. Não pudemos opinar e nem dar a nossa opinião. Agora, basta esperarmos para ver como que vai ficar. Mas a expectativa é boa, eu espero que fique muito bom depois dessas mudanças”, disse. 

Gerente da Loja Darom, Alessandro Nascimento, afirmou que os comerciantes não tiveram oportunidade de opinar sobre o projeto. Foto: Jussara Harmuch 

O projeto de revitalização foi feito com a colaboração da Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI). Além da Munhoz da Rocha, as ruas 15 de Julho e 15 de Novembro também receberão melhorias. São mais de R$ 3 milhões de investimento nas obras, sendo R$ 1 milhão e 100 mil na parte de drenagem, em recurso livre da prefeitura, e outros R$ 2 milhões e 100 mil de recursos repassados pelo governo estadual, por meio de emenda parlamentar do deputado Ademar Traiano.

Apesar da preocupação com o estacionamento e o desconhecimento do projeto, os comerciantes estão com boas expectativas para a revitalização. “Vai ser um benefício muito grande. Depende como vai ser estruturado, é bem correto. Talvez tenha alguns pontos pra ser acertados, colocar uns pontos a mais no calçadão, mas o fluxo de clientes, eles vão ter mais comodidade de andar na própria na própria rua. Vai ser no calçadão e o fluxo de carro vai ser bem reduzido. Isso vai trazer mais conforto para os nossos clientes. Ele vai ter um tempo a mais pra entrar dentro da nossa loja”, explica o gerente da Multiloja, Ismael Gomes Júnior. 

Gerente da Multiloja, Ismael Gomes Júnior, diz que a obra de revitalização da Munhoz da Rocha trará benefícios para as empresas. Foto: Jussara Harmuch

A experiência positiva em outras cidades está gerando expectativa para os comerciantes. “Sabemos que o cliente tem que vir para um lugar onde ele vê beleza naquilo e esse projeto de mudança no centro, com certeza, vai favorecer. Nós temos loja na cidade de Cascavel. Lá, há poucos anos foi feito um projeto, foi mudado todo o centro. Durante a obra causa um transtorno, é normal isso daí. Só que depois da obra foi, com certeza, muito favorável para a cidade de Cascavel, para a loja da Seralle que tem lá na Cascavel. Eu vejo que aqui em Irati vai acontecer a mesma coisa”, conta gerente da Seralle Calçados, Rodrigo Barrena. 

Gerente da Serallê, Rodrigo Barrena, citou o exemplo de Cascavel, onde obra no centro da cidade foi favorável aos comerciantes. Foto: Jussara Harmuch

Para ele, o público pode aumentar. “Vai ser um lugar mais gostoso, o pessoal vai vir passear. Se está passeando, se tem um maior fluxo de pessoas, logicamente, que nós vamos convidar para conhecer nossa loja”, disse Rodrigo. 

O gerente do MercadoMóveis, Antonio Martins de Albuquerque, mais conhecido como Toninho, destaca que o receio quanto às mudanças é normal, mas que a obra ajudará a área central. “Eu sou totalmente favorável e eu tenho certeza absoluta que vai ficar bem bonito, bem bacana. Vai atrair os clientes, vai atrair o povo para o centro. “Ah, mas e o meu carro?” Tudo se resolve. Tudo se dá um jeito. Veja Campo Largo, veja um exemplo de Guarapuava. Todos têm e são os melhores pontos. Todo mundo quer alugar ou locar o espaço para venda, para o comércio dentro do calçadão”, explica. 

Toninho do MM também citou exemplos das cidades de Campo Largo e Guarapuava, onde construção de calçadão foi benéfica para os empresários. Foto: Jussara Harmuch

Para Marcos Griczinski, a revitalização deixará o local mais atrativo. “A cidade merece sempre um upgrade e, principalmente, Irati nessa época precisa melhorar essa parte visual e estética. Com certeza, será bem-vindo. Só estamos aguardando para ver como que vai ser esse novo layout dessa Munhoz da Rocha e a 15 de julho”, disse. 

Marcos Griczinski diz que ainda tem dúvidas de como o projeto ficará depois de pronto, mas ressalta que as melhorias no centro de Irati são necessárias. Foto: Rádio Najuá/Divulgação

Confira mais fotos da revitalização no centro de Irati. Imagens: Jussara Harmuch