Publicidade Topo

notícias

Câmara concede Título de Cidadão Benemérito ao empresário Air Cavalim

 Assessoria da Câmara Municipal de Irati

Autor do Título, Helio de Mello, homenageado Air Cavalim e o prefeito Jorge Derbli

Em Sessão Solene, na noite do dia 11 de julho, a Câmara outorgou Título de Cidadão Benemérito ao Sr. Air Cavalim. A homenagem proposta pelo Presidente Helio de Mello, reconhece a trajetória de Air como empresário e proprietário da “Banca do Cavalim” na Rua Dr. Munhoz da Rocha, coração da cidade. A solenidade contou com a presença de vereadores, do prefeito Jorge Derbli, secretários municipais e familiares do homenageado.

O Título de Cidadão Benemérito é uma homenagem prestada pelo Poder Legislativo aos cidadãos que se destacam na sociedade pelos relevantes serviços prestados em prol da coletividade. Conforme Helio, todos que tiveram contato com o homenageado testemunham suas benfeitorias, portanto, essa homenagem não é somente dos poderes públicos, mas representa, também o sentimento da população iratiense, que é grata por seus ensinamentos e exemplos de vida.  

Air Cavalim nasceu no dia 28 de setembro de 1937, filho de João Batista e Henriqueta Galicioli Cavalim. Casou-se com Clair Kiatkoski Cavalim, que foi durante anos diretora do Colégio São Pedro Canísio, com quem teve dois filhos e cinco netos. É membro do Rotary Club de Irati desde 1982. Formado em Contabilidade no antigo Colégio Irati, trabalhou como auxiliar de escritório em diversas firmas, até abrir seu próprio estabelecimento. E, por influência do seu cunhado Álvaro Gonçalves Kiatkoski fundou em dezembro de 1970 a Distribuidora da Abril com o nome de Kica Comércio de Revista Ltda, apesar do empreendimento ter ficado mais conhecido como ‘Banca do Cavalim’. A empresa funcionou por 42 anos na Rua Doutor Munhoz da Rocha, no coração da cidade. O sucesso da banca permitiu que Air fosse convidado de honra para as convenções da Editora Abril, devido à grande venda da sua distribuidora, disseminando a cultura em várias cidades da região e tornando Irati conhecida no Brasil. Como distribuidor da Editora Abril, foi premiado entre os 100 melhores do Brasil. “O trabalho de Air Cavalim foi reconhecido pela Editora Abril durante anos, sendo que em 1984 a Kica recebeu o troféu de uma das 80 melhores distribuidoras do Brasil. Ao longo dos anos, foram vários troféus recebidos. Porém, com o advento e popularização da internet, a distribuição de revistas teve uma redução no volume de trabalho e, em 2012, Air fechou as portas da Kica, deixando para Benedito Elias Teixeira (in memoriam), que foi funcionário da empresa durante 42 anos e amigo pessoal de Air”, relatou Mello.

Representando a família, Leonardo Barroso prestou homenagem ao tio avô, relembrando um pouco da história pessoal e profissional do Seu Air. “Um grande exemplo para a família, um homem educado e respeitoso. A Banca do Cavalim, sem dúvidas, ficará para sempre registrada nas nossas memórias”. Emocionado, Air Cavalim, agradeceu a homenagem. “Sempre cooperamos com o desenvolvimento da cultura iratiense, procuramos elevar o nome de Irati para todos os cantos do Brasil e do mundo, almejando o melhor para a nossa cidade. Sou um iratiense nato e de coração. Muito obrigado a todos os vereadores, familiares e aos meus colegas rotarianos”, agradeceu.

O prefeito Jorge Derbli parabenizou a Câmara pela honraria e o homenageado pela trajetória. “A Banca não existe mais, mas ficará para sempre marcada nas nossas memórias. Seu Air merece ser aplaudido de pé pelo exemplo de pai e empresário, é um orgulho para nós ter o Senhor como Cidadão Benemérito de Irati”, afirmou.

Helio de Mello enfatizou que a homenagem concedida pela Câmara representa o reconhecimento dos cidadãos iratienses ao homenageado não apenas em sua área de atuação, mas também pela realização de outras atividades que orgulharam, engrandeceram e visaram o bem comum da população. “Essa honraria é uma demonstração de carinho, respeito e admiração dos iratienses ao homenageado e seus familiares”, declarou Helio afirmando que escrever uma história de 84 anos é contar um pouco da história de Irati. “Parabéns Seu Air, este título é mais do que merecido”.