Publicidade Topo

notícias

Três veículos atingem cavalo na BR-376

Um veículo Voyage capotou após atingir o animal. Não houve registro de vítimas

Cavalo ficou despedaçado após ser atingido várias vezes por veículos na BR-376, em Ponta Grossa. Foto: WhatsApp/Divulgação

Um cavalo foi atingido por um caminhão e dois carros na BR-376, em Ponta Grossa, noite de quinta-feira, 2, por volta das 22 h.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um caminhão, com placas de Maringá, atingiu o animal na faixa da direita. Com a batida, o cavalo foi arremessado para a faixa da esquerda. Em seguida, um Voyage, de Ponta Grossa, que seguia na pista da esquerda sentido Curitiba, também bateu no cavalo. Com o impacto, o carro capotou do outro lado da pista sentido Ponta Grossa. Um veículo HB20, de Ponta Grossa, colidiu na carcaça do animal e teve apenas danos materiais. 

A PRF não divulgou se algum motorista ficou ferido. Houve necessidade de interditar a BR-376, nos dois sentidos, para a remoção dos veículos envolvidos. Segundo a PRF, havia bastante neblina na região.

Já a Polícia Militar de Guamiranga cumpriu um mandado de prisão contra um homem na tarde de sexta-feira, 3. Ele foi localizado no Fórum da Comarca de Imbituva. O homem foi detido e conduzido para a Delegacia de Irati.


Em Prudentópolis, a PM prendeu um homem que havia sido condenado pelo crime de homicídio qualificado (artigo 121 do Código Penal). Ele foi encontrado na sexta-feira, 3, na localidade de Barra Bonita. Depois disso, o homem foi encaminhado para a carceragem da cadeia pública de Prudentópolis.

Na Linha Ivaí Segunda Sessão, em Prudentópolis, um homem descumpriu uma medida protetiva e foi até a casa da ex-mulher. O homem não atendeu as solicitações dos familiares da vítima para deixar o local. Ele só saiu do imóvel depois de conversar com a ex-mulher e ficar sabendo do acionamento da PM. Os policiais realizaram patrulhamento, mas não localizaram o homem.

Ainda em Prudentópolis foi registrado um acidente na noite de sexta-feira, 3. O condutor de um Corsa relatou que transitava na rua Marechal Deodoro no momento que foi atingido por uma motocicleta Honda NXR 150 Broz, que seguia no sentido contrário. O condutor da moto não usava capacete e apresentava sinais de embriaguez. O homem, de 28 anos, sofreu um corte na cabeça e foi conduzido para o hospital Sagrado Coração de Jesus pela equipe do Corpo de Bombeiros. No hospital, o jovem se alterou e não deixou os funcionários realizarem o atendimento. Por isso, foi necessário acionar a PM para que ele recebesse a medicação necessária. Entretanto, o homem voltou a se exaltar e xingou a equipe médica e os policiais.

Segundo a PM, o rapaz apresentava sinais de embriaguez como fala enrolada, odor etílico, arrogância, exaltação e agressividade. Depois de ser liberado, o homem foi conduzido para a sede da 4ª Cia, mas se negou a realizar o teste do bafômetro. Por esse motivo, foi registrado o Termo de Constatação de Sinais de Alteração de Capacidade Psicomotora. O homem realizou o laudo de lesões corporais e foi levado para a Delegacia. Em consulta ao sistema ainda foi constatado que o motociclista estava com a CNH vencida há mais de 30 dias.

Já o motorista do Corsa não se feriu no acidente. O carro conduzido por ele não tinha pendências e foi liberado. Já a moto tinha débitos e foi guinchada ao pátio da 4ª Cia para ser encaminhada posteriormente até a sede da 97ª Ciretran.

Em Irati, vários túmulos do Cemitério da Vila São João foram danificados. O zelador do local acionou a Guarda Municipal para verificar a situação na manhã de sexta-feira, 3. Já na BR-153, os agentes da Guarda prestaram apoio na sinalização de trânsito, onde um caminhão Mercedes Benz 1113 estava obstruindo a via. A equipe permaneceu no local até a liberação da via.