Publicidade Topo

notícias

Irati Vôlei apresenta novos uniformes para disputa do Paranaense e da Superliga C

Equipe iratiense estreia no Campeonato Paranaense Feminino de Vôlei no sábado, 11, contra a equipe de Foz do Iguaçu, no ginásio Batatão, às 18 h/Paulo Henrique Sava, com reportagem de Sidnei Jorge

Jogadoras das categorias de base e do time adulto de Irati com os uniformes para os jogos deste ano. Foto: Rádio Najuá

Em evento realizado na noite de quinta-feira, 2, na Associação dos Servidores Públicos Municipais, o projeto Irati Vôlei apresentou seus novos uniformes para a disputa do Campeonato Paranaense Feminino e da Superliga C de 2022. 

O evento contou com a participação de empresários responsáveis pelas empresas que apoiam o projeto, atletas das categorias de base e do time adulto, a vice-prefeita Ieda Waydzik, representando o município, os vereadores Hélio de Mello e Alcides Cezar Pinto (Batatinha), representantes da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro) e da Associação do Voleibol de Irati (AVI), que foi representada por Marilda Tucholski Marochi. 

A equipe iratiense estreia na competição estadual no próximo sábado, 11, às 18 h, no ginásio Agostinho Zarpellon Júnior, o Batatão, em Irati, contra a equipe de Foz do Iguaçu. Entre os dias 27 e 29 de maio, a equipe iratiense disputou a Copa Cataratas, em Foz do Iguaçu. O time foi campeão ao vencer os três jogos contra Marechal Cândido Rondon e Céu Azul por 3 sets a 0, e 3 a 1 na final contra Foz do Iguaçu.


Em entrevista à Najuá, a atleta Ana Carolina Sequinel Demczuk, que participa do projeto de voleibol de Irati desde a infância, ressaltou que o apoio da prefeitura e de empresas do município faz que o esporte se fortaleça e alcance resultados melhores. “Estamos muito otimistas, este ano tivemos um apoio muito grande do setor privado com as empresas amigas do esporte, tanto é que tivemos uma representatividade muito grande dos empresários aqui nesta noite, e também do setor público, através do prefeito e da secretaria de Esportes, que é indiscutível, pois eles estão dando total respaldo para nós e para as outras modalidades”, frisou.

Carol também falou sobre a importância da homenagem prestada ao professor Paulo Roberto Machinski, criador do projeto Irati Vôlei, que recebeu uma placa em referência aos serviços prestados para o desenvolvimento da modalidade no município. “Foi ele quem me apresentou para esta minha paixão, que é o voleibol. Lembro até hoje que eu estava voltando do colégio quando ele me parou na rua e me chamou para treinar. A partir daí a paixão nunca mais saiu. Foi muito emocionante e eu fiquei muito feliz porque o professor Paulo é uma pessoa excepcional e que merece. É um professor para o qual a gente libera os filhos sem medo nenhum porque sabemos o quanto ele é responsável e comprometido. Foi uma noite em que deu tudo certo e só temos que agradecer a Deus e a todos que nos ajudaram na organização e os empresários que estiveram aqui e os funcionários da Secretaria de Esportes, que nos ajudaram a fazer tudo isto. É só agradecer mesmo”, disse Carol.

O secretário de Esportes e Lazer, André Demczuk, o Dedé, que é marido de Carol, ressaltou a importância da união entre o município e a Associação de Voleibol de Irati, que cuida do projeto. A parceria envolve o poder público, a iniciativa privada (através das empresas amigas do esporte) e os pais, alunos e atletas que participam do projeto. “Esta união é o que faz o projeto do voleibol de Irati ter 170 crianças participando, ter uma equipe adulta praticamente profissional, tendo três bolsistas do município no programa Bolsa Atleta, que foi uma coisa nova, e elas podem dedicar um pouquinho mais do seu tempo para treinamento e representar bem o município. Estamos em fase de preparação adiantada para o estadual e, quem sabe, a tão sonhada Superliga C no nosso estado, que estamos pleiteando sediar aqui em Irati”, comentou Dedé.

Para o secretário, a credibilidade do projeto foi o que chamou a atenção dos empresários que estão apoiando o trabalho. “O projeto em si tem a credibilidade necessária para que estas pessoas estivessem aqui. Nas nossas contas, hoje, temos 18 empresas amigas do esporte, e numa cidade como a nossa, não é fácil reunir 18 empresários com condições e que queiram ajudar e estar aqui. Isto para nós é importante para que eles vejam onde o nome de suas empresas está sendo empregado e possam continuar o apoio, melhorá-lo em outras situações e nos ajudar a divulgar isso. Por isso, fizemos questão de tirar fotos exclusivas com cada patrocinador, para que eles possam usar nas suas redes sociais e nas divulgações para que mostrem que a sua empresa faz parte de um projeto tão bonito e duradouro, que esperamos que dê frutos maiores ainda na nossa cidade”, frisou.


O presidente da Câmara de Irati, Hélio de Mello (PV), que é professor na comunidade do Rio do Couro, ressaltou que, durante o evento, foi possível notar a evolução do trabalho realizado pela associação. “Como professor, temos realizado um trabalho para formar cidadãos, ocupar nossas crianças, jovens e adolescentes com atividades orientadas, educativas. Se, de repente, ele for um atleta e seguir carreira, ótimo; se não, ele vai ser um professor, engenheiro ou outro profissional e, durante os finais de semana, poderá utilizar o voleibol como atividade física e prática para a qualidade de vida. Neste sentido, é importante o incentivo desta organização nesta noite, para agradecer pelo trabalho realizado e o apoio recebido dos empresários da cidade”, comentou.

Hélio disse que os investimentos são importantes para aumentar a qualidade do time que representa Irati em competições estaduais e nacionais. “Irati sempre esteve presente e jogou com o coração. Porém, percebemos agora, pelos investimentos realizados, que, além do coração, temos um nível técnico maior e estamos melhor representados. Tudo isto começou nos bancos da escola, com as aulas de Educação Física, no trabalho e no incentivo do professor, no olho clínico que ele tem para despertar o gosto do aluno pela prática da atividade física. Aqueles que optaram pelo voleibol, o professor pode lapidar, colocar à frente das equipes e representar a cidade”, comentou.

O empresário Anselmo Krupeizaki, o Casquinha, acredita que a união entre a prefeitura de Irati, a Associação de Voleibol de Irati e a iniciativa privada fortalece o projeto e ajuda a formar cidadãos. “O esporte é muito importante para o incentivo às pessoas e à união social que apresenta. Eu sempre digo que, no esporte, o resultado é uma coisa importante, mas o mais importante é a parte social, é a convivência, ver as pessoas se unindo para terem um êxito muito grande na sua vida pessoal e particular”, finalizou.

Confira mais fotos do evento de lançamento dos uniformes do Irati Vôlei. Imagens: Tadeu Stefaniak e Sidnei Jorge (Sidão)

Torcedor poderá ter acesso aos jogos se comprar a camisa oficial da equipe iratiense de voleibol

Evento realizado na Associação dos Servidores da Prefeitura de Irati marcou lançamento dos uniformes do time de voleibol

Locutor Sidnei Jorge (Sidão), que é vice-presidente da Associação de Voleibol de Irati, apresentou o evento de lançamento dos uniformes

Na foto, da esquerda para direita: secretário de Esportes, André Demczuk (Dedé), vice-prefeita Ieda Waydzik, Marilda Tucholski Marochi (representando a Associação de Voleibol Irati) e presidente da Câmara, Hélio de Mello




Empresários que são parceiros do esporte iratiense estiveram prestigiando o evento de lançamento dos uniformes