Publicidade Topo

notícias

Virgílio Moreira é homenageado durante comemoração dos 76 anos da ACIAI

Primeiro presidente da associação foi homenageado na sexta-feira (20), em evento que teve como destaque a assinatura do contrato para revitalização das ruas da área central de Irati/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava

Presidente da Câmara de Irati, Hélio de Mello, empresário Virgílio Moreira Filho e professora e vice-presidente da ALACS, Luiza Nelma Fillus. Foto: Ademar Bettes

A Associação Comercial e Empresarial de Irati (ACIAI) comemorou os seus 76 anos na sexta-feira (20) com uma homenagem ao primeiro presidente da associação, Virgílio Moreira.

Virgílio atuou à frente da ACIAI entre os anos de 1946 e 1948, mas também teve participações em diversas áreas. “Ele realmente era um empresário, um industrial, um poeta, um educador. Dentro da filantropia foi excelente. Ele sempre foi muito humano. Já nos nas primeiras recordações dele, ele já fazia poesia. Ele nasceu em 1920, se fosse vivo teria 122 anos, mas ele escreveu o primeiro livro de poesia dele com 20 anos”, conta a professora Luiza Nelma Fillus, que falou sobre o homenageado durante o evento realizado pela ACIAI.

O presidente da ACIAI, Elias Mansur, destaca que as decisões de Virgílio à frente da ACIAI geram impactos até hoje. “Em 1948, por ação dele, ele fez junto à Câmara Municipal uma lei de isenção de impostos sobre construção da ACIAI. Tudo que envolvesse a ACIAI na época, de lá pra cá, a lei continua viva. Não foi revogada. E foi feita a punho. Nós temos esse original lá na ACIAI”, conta.


Virgílio Moreira pertenceu à Academia Paranaense de Letras e é patrono da cadeira número um da Academia de Letras, Artes e Ciências do Centro Sul do Paraná (ALACS). Ele ainda participou de diversas associações. “Ele participou da fundação do Clube do Comércio. Ele participou como primeiro presidente da ACIAI. Foi da primeira Diretoria do Mobral. Ele não era só fixado em um caminho só, num foco só. Ele era uma pessoa de múltiplas atividades, de uma visão extraordinária porque o que ele começou, nós vemos foi muito bem feito”, disse a professora.

A comemoração aos 76 anos ainda contou com a assinatura do contrato para a remodelação do centro do município de Irati. A ACIAI ajudou com o investimento de R$ 16 mil no projeto. “Nós participamos ativamente desse projeto e fizemos uma doação desse projeto para o prefeito de Irati. O prefeito acatou a nossa iniciativa e abraçou com as duas mãos a iniciativa”, conta o presidente.

As obras já começaram na segunda-feira (23) e seguem o projeto que começa a partir da Rua Carlos Thoms até o Rotary Club, e seguindo na rua XV de Novembro, da altura da Panificadora Irati até o Posto Sobutka.

Professora Luiza Nelma Fillus e presidente da ACIAI, Elias Mansur, falaram sobre a homenagem para Virgílio Moreira durante entrevista à Najuá. Foto: João Geraldo Mitz (Magoo)

O projeto de revitalização inclui a obra de drenagem. “A primeira fase vai ser a drenagem da Munhoz da Rocha, que é aquele problema de enchente que temos ali perto da 4ª Regional, que a rua tem uma deficiência, uma depressão. Então, ela é mais baixa lá do que nos demais pontos. A prefeitura e os engenheiros da prefeitura, todo mundo se empenhou para que resolvêssemos primeiro a situação das enchentes”, relata Elias.

Após esta fase, será dado o início à fase de remodelação. “Vai ser mudado todos os postes de iluminação, não os postes da rede de alta tensão, mas os baixos. Vai ter ali bancos, floreiras, vai ter postes com wi-fi para a pessoa sentar e poder ficar com o seu telefone ali. Vai ser uma área de lazer praticamente. Apesar de nós não cortarmos o trânsito. Vai ter estacionamento, então vai ser alargado de um lado mais que o outro a rua. Eu acho que vai ficar muito bonito o projeto”, conta o presidente da ACIAI.

A ideia de realizar um calçadão na rua Doutor Munhoz da Rocha foi descartada por causa do trânsito. “Se nós fizermos isso, estaríamos bloqueando grande parte do acesso para o centro da cidade”, analisa Elias.

Ele ainda destacou que a associação auxiliará na fiscalização das obras e que serão os empresários da região que possibilitarão ver se está tudo ocorrendo no prazo. “Quem vai fiscalizar a obra são os empresários que vão estar à frente ali. Mas estaremos sempre junto, conversando, trocando informações, vendo a qualidade do serviço que está sendo executado. Pedimos que os empresários sejam os fiscais da obra na verdade”, disse.

Quadro com a foto de Virgílio Moreira, que foi o primeiro presidente da ACIAI. Foto: Ademar Bettes

Evento comemorativo aos 76 anos da ACIAI aconteceu no auditório da ACIAI. Foto: Ademar Bettes


Familiares do homenageado receberam flores. Foto: Ademar Bettes

Foto: Ademar Bettes