Publicidade Topo

notícias

Pré-candidato a deputado federal, Josué Hilgemberg diz que ter um deputado da sua cidade é um luxo

Advogado anunciou sua pré-candidatura à Câmara Federal pelo MDB. Ele acredita que Irati precisa de mais representatividade política estadual e federal/Paulo Henrique Sava
Advogado Josué Hilgemberg anunciou sua pré-candidatura a deputado federal pelo MDB. Foto: Paulo Henrique Sava

O advogado Josué Hilgemberg anunciou nesta semana sua pré-candidatura a deputado federal pelo MDB, a convite do presidente estadual do partido, deputado Anibelli Neto. Em entrevista à Najuá, ele ressaltou que decidiu aceitar o convite porque consegue aprender e conhecer a realidade das famílias com mais profundidade neste período. Ele acredita que, no momento, Irati precisa de maior representatividade política nos cenários estadual e federal.

“Eu acredito que o momento é oportuno para deixarmos o nosso nome à disposição da sociedade da região, porque até mesmo ter um deputado estadual e um federal da sua cidade é um luxo para qualquer município ou região. É óbvio que este deputado, tendo êxito, tem o compromisso com a população e a sociedade de onde ele obtiver seus votos. Acredito que esta eleição vai ser um divisor de águas na política daqui para a frente, com este novo sistema eleitoral, no qual os partidos têm que fazer seu coeficiente de votos, trazendo mais opções de candidatos para que possa melhorar o sistema eleitoral e de trabalho, que é a questão das emendas e do que faz a diferença na vida das pessoas”, frisou.

Representatividade - O advogado analisa que a falta de deputados da região na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal empobrece a política regional. “Não estou dizendo que os deputados que não são da nossa região não colaboraram com a nossa cidade de Irati e da AMCESPAR, mas nada como ter um deputado estadual ou federal da sua própria cidade ou região, que você saiba onde ele mora, que tenha o contato telefônico dele, que quando chegar uma demanda até ele, que saiba da realidade das pessoas. Ter um deputado estadual ou federal da sua própria região é praticamente ter um braço da sua família em setores da política que decidem sobre a vida das pessoas”, comentou.

Para Josué, a região ainda precisa de muitos avanços em diversas áreas. “Aí se faz necessário ter a representatividade local, porque ninguém melhor sabe das necessidades da sua casa do que você mesmo. É mesma coisa com o deputado local, ele sabe da realidade do seu povo e da necessidade de certas conquistas que precisam ser trazidas para a região da AMCESPAR”, pontuou.

Demandas - Uma das demandas a ser trabalhada por Josué será a questão dos direitos dos animais. Ele acredita que, apesar de Irati ter criado uma secretaria própria para cuidar deste assunto, o problema dos direitos animais precisa ser tratado com maior importância.

“É um assunto delicado porque, às vezes, se questiona que a administração não cuida nem das pessoas e não poderá cuidar dos animais. Aí, existem recursos e possibilidades administrativas e jurídicas para ambas as funções. Acredito que esta seja uma das bandeiras sociais, cuidar das pessoas e olhar para o meio ambiente animal, urbano, histórico e acredito que este seja um dos caminhos. Na campanha eleitoral, é preciso ter êxito e buscar recursos, porque só falar não adianta, o que paga a conta é o dinheiro”, ressaltou.


Outra bandeira a ser levantada por Josué em uma possível campanha é a industrialização da região. “Acredito que a nossa região precisa ter um parque industrial regional, tem que ser revisto, temos grandes empresários na nossa região, mas precisamos rever isto”, destacou.

Valorizar o agronegócio na região também é importante, na visão do pré-candidato. “O agronegócio é um assunto muito amplo porque envolve o pequeno e os grandes produtores. Acredito que um deputado federal possa sim, através de suas emendas, destinar recursos para isto, ajudando os prefeitos a viabilizar a questão das estradas rurais e serem parceiros para termos um grande parque industrial”, pontuou Josué.

Experiência - Josué disputou a prefeitura de Irati em 2020. Ele destacou as principais experiências que adquiriu durante o pleito e que buscará levar para a disputa de outubro. “A experiência que eu adquiri no último pleito eleitoral que a política nada mais é do que uma forma de conversar. É uma conversa com a população e até com os próprios adversários políticos. Quando se trata de saúde, ela é direito de todos e não tem lado. O que eu agrego das minhas participações é que tem que ter humildade e sempre estar disposto a ouvir o próximo, a população, os adversários, a oposição. Não existe situação sem oposição”, comentou.

Josué avalia que cada campanha tem suas peculiaridades. “Estas peculiaridades vêm do povo, porque a própria Constituição diz que o poder emana do povo, e aí é sempre com muita humildade e principalmente com responsabilidade. Em caso de êxito, é preciso honrar os compromissos assumidos. Ninguém é obrigado a assumir nada, mas se assumir, procure honrar este compromisso com as pessoas, pois isto faz a diferença para qualquer candidato e político: palavra dada é palavra cumprida”, finalizou.