Publicidade Topo

notícias

Escola do Pinho de Baixo realiza coleta de recicláveis

Escola desenvolve projeto junto às famílias de alunos da comunidade e de localidades próximas há 15 anos/Paulo Henrique Sava
Local construído pela APMF da Escola Rural Municipal Rosa Zarpellon, no Pinho de Baixo. Foto: Arquivo da escola

A Escola Rural Municipal Rosa Zarpellon, do Pinho de Baixo, tornou-se exemplo de cidadania e preservação ao meio ambiente nos últimos 15 anos. Neste período, a escola vem desenvolvendo o projeto de recolhimento de materiais recicláveis junto às famílias das comunidades próximas.

Em contato com nossa reportagem, a diretora da escola, Ana Maria Zarpellon, contou que a ideia surgiu da necessidade de muitas famílias, que precisavam dar uma destinação correta para materiais como plástico e papelão, por exemplo. “Surgiu da necessidade de muitas famílias não terem o que fazer com esse material e estarem jogando nos rios e matas no entorno da comunidade, pois aqui não passa nenhum caminhão para recolher lixo, nem o normal, nem o reciclável”, frisou.

Pensando nisto, os professores começaram a conscientizar os alunos sobre a separação correta do lixo. Em vídeo publicado no canal da escola no Youtube como parte do projeto “Liguem a TV, vamos estudar”, que ficou entre os sete melhores do Paraná no projeto “Televisando o Futuro” da RPC em 2017, uma turma de alunos entrevistou a coordenadora Cíntia Josieli Zanlorensi Rossa sobre a importância da implantação de um ponto de coleta na escola.

“Certamente, muito mais do que ajudar o meio ambiente, nossas famílias estarão colaborando para um mundo melhor, tornando nossos cidadãos conscientes de que a reciclagem é essencial para a vida humana”, ressaltou a coordenadora.


A Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) da Escola Rosa Zarpellon construiu um local coberto e apropriado para depósito destes materiais atrás da quadra da escola. Moradores das localidades próximas poderão levar os materiais separados e limpos até lá. A coleta é feita pela Associação Malinoski uma ou duas vezes por mês. Os alunos participam apenas com a conscientização das famílias sobre o projeto, fazendo com que elas separem, higienizem e levem os materiais recicláveis até a escola. Ana Maria avalia que o projeto está tendo um retorno muito positivo. “Vemos que uma grande parte da comunidade já sabe do valor de reciclar seus materiais que seriam descartados de forma incorreta. Estamos caminhando aos poucos, ano após anos, mas sem desistir”, frisou a diretora.

No vídeo de 2017, os alunos também deixaram um recado para a comunidade. “Está vendo aí galerinha? Vamos nos empenhar para dar tudo certo e conscientizar os pais, vizinhos e amiguinhos da escola. Agora é a nossa vez de colaborar com a comunidade. Uma atitude correta não muda só a nossa comunidade, mas também o país e o planeta”.

Participação da comunidade - A comunidade pode contribuir deixando os materiais recicláveis na escola, de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 11h30min e das 13h às 17 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (42) 3435-1146.

No ano passado, os estudantes Amanda Fernandes de Oliveira, Geovana Caroline Zarpellon e Luan Marques, do 4º ano da Escola Municipal Rural Rosa Zarpellon, da localidade do Pinho de Baixo, foram selecionados para representar o município de Irati na etapa final do concurso “Televisando”.

Fotos: Arquivo Escola Rural Municipal Rosa Zarpellon

Teatro realizado em 2018 para conscientizar as crianças sobre a importância da reciclagem

Professores e alunos visitaram as famílias das comunidades próximas antes do início da pandemia para falar sobre o projeto

Família chegando à escola para entregar materiais recicláveis