Publicidade Topo

notícias

PM de Prudentópolis prende homem por porte ilegal de arma de fogo

Homem abordado na Rodoviária Municipal estava com um revólver calibre 38 na cintura

Revólver calibre 38 foi encontrado com morador abordado na Rodoviária Municipal de Prudentópolis. Foto: PM de Prudentópolis

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo em Prudentópolis, na tarde de sábado, 19. Ele foi abordado pela equipe da Rotam na Rodoviária Municipal.

O homem estava com um revólver calibre 38 na cintura. Questionado sobre a procedência da arma, ele disse que havia comprado em uma negociação com uma pessoa que mora em Guamiranga. Porém, ele não repassou informações sobre o suposto vendedor. O homem apenas afirmou que estava se deslocando até a Vila da Luz para tentar vender a arma. O homem detido e o revólver foram encaminhados para a Delegacia de Prudentópolis.

Na noite de sexta-feira, 18, um homem invadiu uma casa e atingiu golpes de facão na parede e na porta do imóvel. O proprietário da residência, localizada na Vila São Basílio, em Prudentópolis, disse que o autor dos danos foi seu vizinho. Ambos entraram em luta corporal. O morador que acionou a Polícia Militar relatou que o motivo da briga foi que seu vizinho tem ciúmes da esposa. Os policiais foram até a casa do autor dos danos, mas ele não estava no local. 


Posteriormente, a PM de Prudentópolis foi acionada por enfermeiros do hospital Sagrado Coração de Jesus, pois um homem que havia sido baleado estava recebendo atendimento. O rapaz sofreu um ferimento no tórax causado por disparo de espingarda de pressão. Os policiais constataram que o homem ferido era o mesmo que havia se envolvido na briga com o vizinho. Ele afirmou que foi alvejado pelo vizinho durante uma discussão. Com isso, a PM retornou na residência do autor do disparo, mas ele não foi encontrado.

Na rua Coronel João Pedro Martins, no Centro, um motorista realizou uma arrancada brusca na madrugada de sábado, 19. Segundo a PM, o motorista estava com sinais de embriaguez, como dificuldade para permanecer em pé, vestes desalinhadas, odor etílico, olhos vermelhos. Por esse motivo, o homem foi detido. Na Delegacia, o motorista se recusou a realizar o teste do bafômetro. Sendo assim, os policiais registraram o Termo de Constatação de sinais de alteração de capacidade psicomotora. De acordo com a PM, o condutor tentou intimidar a equipe fazendo diversas ameaças. O carro não tinha débitos e foi liberado para um condutor habilitado.

Na localidade de Papanduva de Baixo, uma mulher denunciou o marido por violência doméstica e lesão corporal na noite de sábado, 19. Os policiais estiveram na residência do casal, mas o homem não foi encontrado. Ele deixou o local antes da chegada da PM. Os policiais realizaram buscas e patrulhamentos nos locais que o homem poderia se esconder. Porém, ele não foi localizado. A mulher foi orientada sobre os procedimentos a serem adotados.

No bairro São Pedro, uma mulher relatou que seu esposo estava agressivo e danificando a residência. A vítima disse que o marido saiu do local ao perceber que ela havia chamado a polícia. Conforme a moradora, o homem estava alterado e quebrando os móveis da casa. Ele não agrediu a mulher. O homem xingou e ameaçou a esposa.

Na Vila Mariana, foi registrada uma ocorrência de perturbação de sossego na madrugada de domingo, 20. Segundo denúncias de moradores, havia som alto em um estabelecimento comercial. Os frequentadores do estabelecimento não estavam com objetos ilícitos. A pessoa responsável pelo local foi orientada sobre a perturbação de sossego.