Publicidade Topo

notícias

PM de Ipiranga aborda adolescente de 16 anos que estava conduzindo moto

Jovem foi abordado durante a operação AIFU. Na ocasião, também foram fiscalizados bares, lanchonetes e lojas de conveniência do município

Policiais do Destacamento da PM abordaram adolescente, de 16 anos, que estava conduzindo uma motocicleta. Foto: Juarez Oliveira

Um adolescente, de 16 anos, foi abordado no momento que estava conduzindo uma motocicleta em Ipiranga. A ocorrência foi registrada durante a operação AIFU no município. Na oportunidade, foram fiscalizados alguns bares, lanchonetes e lojas de conveniência.

Segundo a Polícia Militar, apenas um estabelecimento vistoriado estava com a documentação exigida para o seu funcionamento. Os policiais também realizaram blitz e fiscalizações de trânsito com uso do bafômetro. Nesta ocasião, o jovem, de 16 anos, foi abordado. Os policiais conduziram o adolescente até o Destacamento. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar os procedimentos. A mãe do menor compareceu no local e ficou responsável por apresentá-lo posteriormente na Delegacia. A moto permaneceu apreendida no Destacamento da PM até que um condutor habilitado compareça no local para retirá-la.

Em Imbituva foi registrado um acidente entre um veículo Gol e uma moto Honda Biz. De acordo com a PM, o condutor do Gol não é habilitado. A mulher que estava na garupa da moto ficou ferida. Com dores nas pernas, ela recebeu atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os dois condutores foram levados para a sede do 3º Pelotão. Eles foram submetidos ao teste do bafômetro. O teste do motorista do Gol teve resultado de 1,14 mg/l de álcool no organismo. Por isso, ele foi detido e conduzido para a 13ª Subdivisão Policial em Ponta Grossa.


Em Ivaí, uma mulher fugiu de sua casa e acionou a PM no momento que estava no entroncamento das rodovias PR-522 e PRC-487, na madrugada de ontem, 28. A mulher relatou que seu marido chegou na residência com sintomas de embriaguez e passou a bater nas paredes e móveis. Como já havia sido agredida em outras oportunidades, a moradora saiu correndo por meio de uma plantação e buscou refúgio com seu irmão.

Na manhã de ontem, ela tentou conversar com o marido através de mensagens. Porém, o homem passou a xingar e ameaçou matar a esposa, que acionou a PM. A vítima demonstrou interesse de representar contra o marido pelos crimes de ameaça e injúria. Ela também pretende solicitar uma medida protetiva. 

A mulher apontou onde estava seu esposo. Ao verificar a presença dos policiais, ele passou a questioná-los sobre os motivos de estarem no local. A PM algemou o morador, pois ele estava exaltado. O homem foi levado para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.

Em outra ocorrência em Ivaí, a PM abordou um homem com mandado de prisão em aberto. Ele tentou correr para dentro de sua casa, mas foi imobilizado e algemado. O morador foi encaminhado para a Penitenciária Estadual de Ponta Grossa.

Ainda em Ivaí, um homem ameaçou matar seus tios. Ele chegou na residência do casal com sintomas de embriaguez e passou a exigir que os moradores entregassem seus objetos. O homem queria a chave da casa de seu avô. Em um determinado momento, ele passou a xingar sua tia. Em resposta, o marido dela disse que ia chamar a polícia. Já o rapaz afirmou que ia matar os tios depois de sair da cadeia. 

O pai do autor das ameaças foi até o local e solicitou para seu filho ir para a casa. No entanto, o homem também xingou os moradores da casa. Posteriormente, os policiais abordaram pai e filho. Eles foram levados para a sede do Destacamento da PM, onde assinaram o Termo Circunstanciado de infração penal. Na versão apresentada pelo morador, ele foi até a casa das pessoas ameaçadas para buscar a chave da residência, que havia comprado do seu tio. Lá, houve uma discussão. Depois disso, o dono da casa teria feito injúrias raciais contra o sobrinho. O pai do rapaz relatou que viu a discussão do seu filho com os tios. Ele disse que também foi xingado pelos moradores.