Publicidade Topo

notícias

Jovens agridem homem com pedrada na cabeça

Autores da agressão ainda arremessaram pedras na residência da vítima. Jovens fugiram e não foram localizados

Foto: PM/Divulgação

Dois jovens atiraram pedras em uma residência e ainda agrediram um homem na rua Benjamin Constant, em Imbituva, no domingo, 13. Os rapazes fugiram e não foram localizados.

Segundo informações repassadas para a Polícia Militar, um homem viu dois jovens, possivelmente menores de idade, entrando na residência do seu vizinho. O homem chamou atenção dos garotos para tentar evitar a invasão, pois a residência está vazia e sem morador. Após serem repreendidos, os jovens agrediram o homem com uma pedrada na cabeça. A vítima sofreu um corte acima do olho. 

O homem se deslocou por meios próprios até o Pronto Atendimento de Imbituva para tratar os ferimentos. Já os agressores saíram correndo do local. Eles estavam acompanhados de uma mulher jovem. Ela estava puxando um carrinho de bebê. Depois de sair do Pronto Atendimento, o homem agredido constatou que os agressores arremessaram pedras em sua residência. Os vidros da janela da casa foram danificados. Os policiais realizaram patrulhamentos, mas não localizaram os dois rapazes.


Ainda em Imbituva, a PM registrou um falso acionamento dos órgãos de segurança. Os policiais foram acionados por uma mulher, que relatou que seu esposo havia passado mal. De acordo com a moradora, o homem havia engasgado e precisava de atendimento médico. Ela solicitou que uma ambulância fosse até o local. Segundo os policiais, a mulher demonstrou nervosismo e foi possível ouvir uma tosse no fundo da ligação.

A mulher repassou o endereço da rua Getúlio Vargas. Porém, logo depois ela mudou e falou que era na rua João Pupo. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a viatura não localizou o morador que supostamente havia engasgado. 

Os policiais tentaram realizar várias ligações para o número que solicitou o atendimento, mas ninguém atendeu as chamadas. Por isso, o SAMU cancelou o atendimento. A PM registrou o Boletim de Ocorrência e repassará o caso para a Polícia Civil. A pessoa que passou o trote poderá responder judicialmente por falso acionamento dos serviços de emergência.

Também em Imbituva, uma mulher foi agredida em uma lanchonete. Conforme informações recebidas pela PM, as agressoras estavam aguardando a vítima sair do estabelecimento para atingi-la novamente. Uma das agressoras afirmou aos policiais que a mulher atingida teve um envolvimento com seu ex-marido, quando ela ainda convivia com ele.

A agressora relatou que ao ver a mulher na lanchonete decidiu tirar satisfação e acabou brigando com ela. As envolvidas na briga sofreram ferimentos leves e foram encaminhadas para a sede do 3º Pelotão da PM de Imbituva. Lá, foi registrado o Termo Circunstanciado e agendada uma audiência preliminar. Depois disso, as mulheres foram liberadas.

Em Rebouças, um homem agrediu sua mãe na localidade de Poço Bonito. Na tarde de ontem, ela relatou que o filho machucou seu braço com socos e também sofreu lesões na perna. A vítima disse que já foi agredida pelo filho em outras oportunidades. A Polícia Militar realizou buscas, mas não encontrou o agressor.