Publicidade Topo

notícias

Homem morre em acidente na BR-153 após esfaquear e atropelar a ex-mulher

Tentativa de feminicídio ocorreu no Campus Irati da Unicentro. Veículo conduzido pelo autor invadiu a pista contrária e colidiu contra caminhão

Motorista do Zafira morreu no local do acidente. Foto: PM de Irati

Osmar dos Santos, de 59 anos, morreu após um acidente de trânsito na BR-153, em Irati, na manhã desta terça-feira, 8. Ele conduzia um veículo Zafira que colidiu frontalmente contra um caminhão Mercedes Benz 1517, no quilômetro 345 da rodovia, por volta das 7h40, nas proximidades da entrada da comunidade de Monjolo, no limite entre os municípios de Irati e Rebouças.

Antes do acidente, o homem havia atingido a ex-mulher com golpes de faca e ainda atropelou a vítima, de 43 anos, no Campus Irati da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro). Segundo informações da Polícia Militar de Irati, o autor da tentativa de feminicídio era funcionário da Unicentro. Já a ex-mulher também atua na universidade como Técnica em Laboratório. Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestaram atendimento à vítima, que foi encaminhada para a Santa Casa de Irati. Não há informações oficiais sobre o estado de saúde dela. A nossa reportagem entrou em contato com a Assessoria da Unicentro, que informou que ela estava fazendo uma cirurgia no início da tarde de hoje.

De acordo com a PM, uma faca de cozinha foi encontrada no chão próximo ao local onde a vítima foi socorrida pela ambulância do SAMU. Estudantes relataram que a faca foi utilizada pelo homem para atingir a ex-mulher. Depois disso, ele pegou um veículo Gol e a atropelou. Logo na sequência, o homem abandonou o carro usado no atropelamento e pegou seu veículo Zafira. Ele deixou o local. Posteriormente, ele se envolveu em um acidente na BR-153, em Irati. O motorista do Zafira morreu no local do acidente. O condutor do caminhão, de 65 anos, sofreu ferimentos leves. Em contato com a nossa reportagem no local do acidente, ele relatou que pulou do caminhão no momento da batida. Ele afirmou à PM que o condutor do carro invadiu a pista contrária e bateu no caminhão.


De acordo com os policiais, a mulher que foi atropelada e esfaqueada possuía uma medida protetiva contra o autor. Em um dia anterior, o homem havia afirmado que pretendia matar a ex-mulher e depois cometer suicídio, conforme relato de populares para a PM de Irati. O Gol usado para atropelar a vítima e a faca foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia de Irati.

As equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas e prestaram atendimento no local do acidente, na BR-153, em Irati. Não houve necessidade de interditar a rodovia, pois tanto o caminhão como o Zafira tombaram nas margens da pista. Somente os destroços dos veículos ficaram sobre a pista.

O corpo de Osmar foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de União da Vitória. Ele está sendo velado na Capela Municipal de Prudentópolis. Já o sepultamento ocorrerá na manhã desta quarta-feira, 9, no Cemitério da localidade de Xaxim. 

No início da tarde de hoje, a Reitoria da Unicentro publicou uma nota de repúdio em função da tentativa de feminicídio registrada na universidade justamente no Dia Internacional da Mulher. “Não podemos nos calar perante atos de violência contra as mulheres. Por isso, afirmamos nossa profunda solidariedade à servidora e nos colocamos à disposição para o que se fizer necessário para a sua recuperação. Também informamos que as atividades nos campi de Irati e Prudentópolis da Unicentro estão suspensas neste dia 8 de março, em solidariedade à servidora. Por fim, reiteramos nosso repúdio a qualquer ato de violência de gênero e reforçamos a importância de lutarmos por um mundo mais seguro para todas as mulheres, além de clamarmos por justiça em casos de violência contra elas”.

Com o impacto da batida, caminhão tombou nas margens da BR-153, em Irati. Foto: WhatsApp/Divulgação

Motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. Foto: PM de Irati

Antes do acidente, motorista do Zafira havia esfaqueado e atropelado a ex-mulher. Foto: WhatsApp/Divulgação