Publicidade Topo

notícias

2ª edição do Central Cultural acontece no sábado em Irati

Apresentações artísticas começarão a partir das 13h, no Centro Cultural Denise Stoklos em Irati. Em caso de chuva, evento será transferido para o domingo (3)/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava e Rodrigo Zub

Imagem de apresentação realizada na primeira edição do Central Cultural em 2021. Foto: Divulgação

No sábado (2) acontece a 2ª edição do Central Cultural no local onde fica a obra paralisada do Centro Cultural Denise Stoklos em Irati. O evento reúne artistas da região que apresentam sua arte durante todo dia no local com o objetivo de valorizar a obra.

A programação começará às 13h e segue até às 17h. “Dessa vez, estamos buscando fazer a apresentação terminar cedo para que, mesmo que tenha um atraso, não extrapolemos muito”, disse o presidente do Conselho de Cultura, Leonardo Barroso.

As apresentações também terão tempo limitado para que todos possam se apresentar durante o dia. “As apresentações vão ser de 15 minutos, porque alguns artistas acabaram não conseguindo confirmar tempo. Para não deixar ninguém de lado, nós fizemos um ajuste no tempo porque alguns artistas já queriam ter participado da primeira edição e, no entanto, não conseguiram por conta de que não conseguimos encaixar mesmo. Dessa vez, enxugamos um pouquinho mais a apresentação de cada um para poder incluir esses que não conseguiram se comunicar em tempo hábil”, conta a integrante do Conselho de Cultura, Milene Aparecida Galvão.


Na parte musical, a programação contará com shows das bandas Rádio Radar, La Iglesia e Bombtrack, apresentação do Grupo de Serestas de Irati e apresentação de cover da Lady Gaga. Já na parte teatral, haverá apresentações com Zeca Araújo, com seu personagem Nhô Pacífico, além do grupo de teatro “Ir a Ti” e de cordel. A programação conta também com apresentações de dança da Companhia de Dança “Me Vou para Vaneira” e do Estúdio de Dança Izabela Proceke, além de apresentação de capoeira. O dia também contará com a exibição do documentário “Palácio do Pinho”, produzido por Pedro Henrique Wasilewski.

Além das apresentações artísticas, a programação conta com exposições. “Vão estar presentes lá, além da Associação Iratiense de Artesãos, o movimento Aprendiz da Sabedoria que dessa vez vai estar com a Tenda da Cura lá posta, para quem quiser fazer o seu benzimento, seu rezo, levar um específico, um xarope, uma pomada para casa, vai ter a tenda lá”, disse Milene. A exposição contará ainda com artesanatos feitos pelos indígenas Kaingang, da Casa de Passagem de Irati.

A programação também terá oficinas e workshops para quem quiser participar. Uma oficina de teatro será realizada a partir das 15h e durante a tarde um grupo de artistas fará pinturas e grafite. “Eles vão colocar uns painéis lá de compensado e a ideia é que os artistas façam na hora sua arte. E que um dos painéis seja direcionado para que todo mundo que vá fazer parte, deixe sua marca registrada para termos uma arte de todo mundo envolvido, construída coletivamente. Também vai ter experimentação aberta de grafite e outros métodos de pintura e murais, que eles vão fazer junto com os artistas que o André Stoklos organizou. Vamos ter a presença também no artesanato de Irati que é a Mandala Artes da Aranha”, conta Milene.

Milene Aparecida Galvão e Leonardo Barroso integram o Conselho de Cultura e fazem parte da organização do Central Cultural. Foto: Jussara Harmuch

As crianças também poderão aproveitar o evento. “Vamos ter a tenda de brinquedos educativos Quinzinho também, a Associação Iratiense de Artesãos, o painel de pinturas da Silvia Svereda que vamos levar também lá para ela expor a arte dela, exposição aberta de artes de fotografia e o estande de livros ali da Luiza Fillus, do Sebo Centenário”, relata a integrante do Conselho de Cultura.

Em caso de chuva no sábado, o evento deverá ser transferido para o domingo (3). “Se não rolar no sábado, já vai automaticamente mudar todo o evento para domingo. Vai alterar a programação para domingo. Se não rolar no domingo, vamos mudar para o outro sábado e se não der no outro sábado, para o outro domingo. Já avisamos os artistas”, explica Leonardo.

A 2ª edição do Centro Cultural é realizada por artistas de Irati e região de forma independente com o objetivo de valorizar a obra do Centro Cultural Denise Stoklos, que está parada. A intenção é chamar a atenção do governo do estado e para a sociedade iratiense de que o local é importante para a comunidade. “Não é um movimento político partidário ou que tenha cunho de manifestação social. É uma manifestação cultural, é uma apresentação cultural e a nossa finalidade é terminar a construção do Centro Cultural Denise Stoklos”, conta Milena.

Para Leonardo, o movimento é uma oportunidade para o setor cultural da região pressionar para a finalização da obra. “Vamos brigar para que essa obra seja concluída. Se isso estivesse em um outro município que tivesse mais representação política, nunca que essa obra ia ser arrastar tanto tempo. Essa é uma briga nossa. É uma obra nossa. Quanto mais gente participa, melhor é justamente por isso. Quando tiver pronto, todos esses artistas estarão lá, as pessoas que vão assistir, quem tiver compartilhando isso, pedindo doação ou compartilhando a programação do evento, chamando gente para ouvir, de certa forma vai ter feito parte da conclusão dessa obra”, afirma.

Como o evento é independente, os artistas estão pedindo doações para ajudar no pagamento das taxas que precisam ser pagas para a realização do Central Cultural, como a do ECAD, do Corpo de Bombeiros, da FUNRESPOL, do Alvará de Funcionamento Provisório, entre outros. “Seguimos no pedido de doações para esta promoção. Lembrando que não temos uma entidade mantenedora. Lembrando que não temos patrocinador. Nós estamos fazendo um evento independente, tanto na questão política, quanto na questão privada. Não temos buscado um patrocinador ou algo assim, então seguimos pedindo doações”, conta o presidente do Conselho de Cultura.

As doações podem ser feitas via Pix, para o e-mail: yasmimcaetanoo@gmail.com (citar “Central Cultural” na descrição).

O grupo ainda possui um e-mail próprio para artistas que queiram participar de outras edições do evento. O e-mail de contato é centralculturalirati@gmail.com.

Confira a programação do Central Cultural:

Apresentações


13h - Zeca Araújo: Nhô Pacífico em: " Ai, que Sardade ..."

13h15 – Fala das autoridades

13h30- Banda Radio Radar

13h45- Banda La Iglesia

14h - Grupo de Teatro "Ir a Ti"

14h15 - Documentário - Palácio do Pinho - Pedro Henrique Wasilewski

14h35 - Ewerton Hraber - Cordel

14h45 - Grazi Viante

15h - Cássio Viante

15h15 - Tifhanny Valtori - " Papparazzi "

15h30 - Jenifer Lima

15h45 - Grupo de Serestas de Irati

16h - Grupo de Capoeira Muzenza

16h15 - Cia de Dança "Me Vou Pra Vaneira"

16h30 - Studio de Danças - Izabela Proceke

16h45 - Banda Bombtrack

17h – Encerramento

Atividades e Exposições


Tenda da Cura – Movimento Aprendizes da Sabedoria (Masa)

15h às 16h30 - Oficina de Teatro, ministrada por Paulo Alexandre Laskoski (Babe)

Exposição de Artesanato Indígena - Kaingang

Live painting painéis (Julia Laroca e Lucas Cruz)

Experimentação aberta de grafite e outros métodos de pinturas em murais

Mandalas "Artes da Aranha" - Artesanato de Inácio Martins

Brinquedos Quinzinho

Associação Iratiense da Artesãos (AIA)

Painel de Pinturas - Silvia Svereda

Exposição Aberta de Artes e Fotografias

Estande de Livros - Sebo Centenário

Não será permitida venda de bebidas alcoólicas, nem entrada ou permanência de pessoas com bebidas alcoólicas no espaço.

Programação de apresentações durante o Central Cultural. Foto: Divulgação

Outras atividades e exposições serão realizadas no evento que começa às 13 h e será finalizado às 17 h no sábado, 2. Foto: Divulgação