Publicidade Topo

notícias

Jovem tenta fugir da polícia, capota o carro e morre após sofrer parada cardíaca

Policiais tentaram abordar o veículo após o motorista cometer algumas infrações de trânsito, mas o jovem fugiu e sofreu o acidente 

Alisson Tiago Genu morreu após acidente na PRC-487, em Ivaí. Foto: Arquivo Pessoal

Um jovem tentou fugir de uma abordagem policial, mas capotou o carro e morreu após sofrer uma parada cardíaca. O acidente ocorreu no quilômetro 441 +300 metros da PRC-487, em Ivaí, na noite de domingo, 13, por volta das 21h50. Alisson Tiago Genu, de 19 anos, conduzia um veículo Celta, com placas de Ponta Grossa. 

Segundo informações da Polícia Militar, o rapaz estava transitando com seu carro em frente ao Destacamento da corporação, na rua Rui Barbosa, quando começou a fazer a manobra de corte de giro. Os policiais realizaram buscas e constataram que o motorista estava transitando em ziguezague nas proximidades da praça da Bíblia. Logo depois, o homem entrou na contramão de direção e realizou frenagens e arrancadas bruscas. 

Os policiais tentaram abordar o veículo, mas o condutor não obedeceu a ordem de parada e fugiu pela PRC-487. Durante o trajeto, ele pulou lombadas e ultrapassou veículos pela contramão, conforme a PM. Em alguns momentos, o homem quase atingiu veículos que circulavam pela mesma rua. 

   Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo

No quilômetro 441 da rodovia, o motorista invadiu a pista contrária e saiu da pista. Ele entrou em uma plantação de erva-mate e capotou o carro. O veículo percorreu um trecho de aproximadamente 100 metros. Os policiais se aproximaram e constataram que um rapaz estava rastejando para fora do automóvel capotado. A PM realizou os primeiros socorros à vítima e entrou em contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os funcionários do hospital Municipal. 

Durante o atendimento, os policiais verificaram que o homem estava consciente, mas apresentava sinais de embriaguez. Ao ser perguntado pelo nome, o motorista teve dificuldades para responder.  Em verificação no sistema foi constatado que ele não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A equipe do SAMU compareceu no local e estava conduzindo a vítima para o hospital Municipal. Porém, ele sofreu uma parada cardíaca e faleceu antes da chegada no hospital. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ficou responsável em remover o veículo do local. O Celta possuía pendências administrativas.

Alisson era natural de Ivaí e morava no Jardim Nossa Senhora Aparecida. O corpo do rapaz está sendo velado na Capela Mortuária João Paulo II. Já o sepultamento ocorrerá na manhã desta terça-feira, 15, no Cemitério Municipal de Ivaí. 

Ainda em Ivaí, um homem quebrou as cercas de divisa da casa do seu cunhado na localidade de Rio dos Índios. O homem que teve os danos em sua propriedade disse que está enfrentando problemas em relação a herança de sua família. O morador revelou que o cunhado foi até o local e ameaçou matá-lo com uma foice. Ele ainda quebrou parte das cercas que fazem a divisa das propriedades. 

O autor dos danos confirmou o desentendimento causado em virtude da herança. Porém, ele disse que foi xingado pelo cunhado no momento que estava em sua propriedade dando comida para os animais. O homem alegou que pegou uma barra de ferro para se defender caso o cunhado tentasse lhe agredir. Ele também disse que arrebentou a cerca elétrica porque necessitava alimentar os animais. O cunhado construiu a cerca no local, que pertence as famílias dos dois envolvidos no desentendimento. O autor da ameaça e do dano assinou o Termo Circunstanciado.

Em Ipiranga, um homem agrediu a esposa com socos. A ocorrência foi registrada no início da madrugada de segunda-feira, 14. A vítima disse que o marido chegou em casa embriagado e lhe agrediu. O agressor foi abordado pela Polícia Militar, mas ofereceu resistência e não acatou as ordens da equipe. Por isso, houve necessidade de imobilizá-lo e colocá-lo no camburão da viatura. 

A moradora relatou que tentou conversar com o marido. No entanto, ambos discutiram. Depois disso, o homem atingiu socos no rosto e na boca da esposa. A vítima afirmou que já foi ameaçada em outras ocasiões. A PM prendeu o agressor, que foi levado para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.

Já em Imbituva, um homem segurou a mulher pelo pescoço e ameaçou agredi-la. A situação ocorreu após uma discussão entre o casal, que ocorreu depois que eles saíram de um parque. Após o fato, o homem saiu da residência do casal com um carro. Ele chegou a bater na cerca de madeira da casa. Os policiais realizaram buscas e encontraram o veículo em um posto de combustíveis. A vítima foi levada até a sede do 3º Pelotão da PM para que fosse registrado o Boletim de Ocorrência e orientada quanto as medidas que podem ser tomadas na Polícia Civil.