Publicidade Topo

notícias

Guarda Municipal flagra adolescente conduzindo bicicleta motorizada

Novas regras de trânsito exigem que a pessoa deve ser habilitada para conduzir bicicletas motorizadas

Foto: Divulgação

A Guarda Municipal de Irati apreendeu uma bicicleta motorizada que estava sendo conduzida por um adolescente. Conforme as novas regras de trânsito, é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para conduzir esse meio de transporte.

Inicialmente, os guardas receberam uma denúncia que alguns adolescentes estavam conduzindo bicicletas motorizadas. Os jovens foram abordados, sendo que um deles estava com uma bicicleta com motor a gasolina. Os adolescentes foram orientados sobre os riscos de acidentes envolvendo esse tipo de meio de transporte. Além disso, eles foram orientados sobre uma resolução do Conselho Estadual de Trânsito que trata da fiscalização de veículos ciclomotores, ciclo elétricos e equiparados. 

Um homem esteve no local e afirmou que a bicicleta motorizada era do seu sobrinho. Ele foi informado sobre as novas regras de trânsito que exigem o registro e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para conduzir esse meio de transporte. A bicicleta foi entregue para o tio do adolescente, que transportou ela em uma caminhonete.


A Guarda Municipal também prestou apoio em uma operação de fiscalização em postos de combustíveis de Irati. A ação foi desenvolvida pelo Procon com apoio de um assessor do Ministério Público. Também em Irati, um veículo Ecosport atingiu um pedestre no cruzamento das ruas Trajano Grácia e Olavo Bilac. O pedestre ficou ferido e foi encaminhado para receber atendimento médico.

Na Avenida Vicente Machado, um homem descumpriu uma medida protetiva e foi até a casa de sua mãe. Ele foi abordado pela equipe da Guarda Municipal. A vítima disse que foi ameaçada e xingada pelo filho. O homem realizou o laudo de lesões corporais e foi conduzido para a Delegacia.

Em Rebouças, uma casa foi arrombada na rua Adolfo Stadler. A moradora disse que constatou o arrombamento ao chegar de viagem. Ela permaneceu fora de casa por quatro dias. Ao chegar na residência, ela constatou que o vidro da porta estava quebrado e seus pertences haviam sido revirados. Mesmo assim, a mulher disse que não notou a falta de objetos na casa.

Em outra ocorrência em Rebouças, um homem sofreu um ataque cardíaco e faleceu na localidade de Riozinho dos Santos. Socorristas do bombeiro comunitário de Rebouças estiveram no local e constataram que o homem estava sem os sinais vitais. A Polícia Militar constatou que a vítima não apresentava lesões e morreu de causas naturais. Por isso, o corpo foi liberado para uma funerária.