Publicidade Topo

notícias

Governador autoriza início das obras da Cidade do Idoso em Irati

Cidade do Idoso será construída no espaço do CT Willy Laars e terá capacidade para abrigar até 500 pessoas. Obra custará R$ 7 milhões, sendo R$ 3 milhões do governo estadual e o restante de contrapartida municipal/Agência Estadual de Notícias

Governador Ratinho Junior liberou a construção da Cidade do Idoso, em Irati. Foto: Ari Dias/AEN

A cidade de Irati terá um complexo exclusivo para atendimento da terceira idade. A ordem de serviço para início das obras da Cidade do Idoso foi assinada na segunda-feira, 7, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, pelo governador Ratinho Junior e o prefeito Jorge Derbli.

O projeto é pioneiro no Estado e reunirá em um mesmo ambiente uma série de serviços, como atividades físicas, atenção à saúde específica para esta faixa etária, cozinha comunitária, letramento, aulas de informática, dança, música, além de integração social e cultural. Os usuários poderão passar o dia na Cidade do Idoso retornando para suas casas no fim da tarde. A capacidade é para até 500 pessoas.

O convênio prevê investimento de R$ 3 milhões e 300 mil do Governo do Estado, via Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, com contrapartida municipal de pouco mais de R$ 4 milhões. Com isso, o investimento total será de R$ 7.379.046,40. A obra deve ser concluída em 12 meses.


Em entrevista à Agência Estadual de Notícias, Ratinho Junior destacou a importância do investimento em ações para melhorar a qualidade de vida das pessoas que fazem parte da terceira idade.

“É uma ação inovadora, que vamos começar por Irati, mas queremos espalhar por mais cidades do Paraná. Estamos falando de um projeto que é fantástico, capaz de oferecer um serviço completo para atendimento dos nossos idosos. Reforça também a opção do Governo do Estado de cuidar com atenção especial desta faixa etária dos paranaenses”, destacou o governador.

A Cidade do Idoso vai funcionar na área atualmente ocupada pelo CT Willy Lars, um espaço com aproximadamente 2,5 alqueires. O espaço será integrado ao Centro de Eventos, que está sendo construído no local e terá capacidade para 3 mil pessoas. Esse projeto recebeu investimentos de R$ 4 milhões do Governo do Estado.

Derbli afirma que a estrutura ficará disponível para moradores de cidades vizinhas. “O idoso pode passar o dia no local, entre as mais diversas atividades, convivendo com outras pessoas da mesma faixa etária. Terá alimentação, consultas médicas, recreação, uma estrutura exclusiva. Já o Centro de Eventos funcionará como um ponto de apoio, para a organização de bailes, festas e outros tipos de recreação”, disse o prefeito.

Os usuários do complexo poderão contar com uma área construída de 328 metros quadrados em que serão ofertados os serviços de medicina, enfermagem, nutrição, serviço social, fisioterapia, terapia ocupacional e voluntariado. Além de propor atividades ao ar livre, recreativas, passeios, alfabetização, piscina para hidroginástica e calendário de comemorações festivas, a Cidade do Idoso terá uma biblioteca, sala de música, salão de jogos, campo de bocha, academia, jardim e capela para celebrações ecumênicas.

Um condomínio do idoso também está sendo construído em Irati. O projeto, iniciado em janeiro de 2021 pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), prevê a construção de 40 casas, com investimento de R$ 3.715.985,96. A unidade disponibilizará aos moradores horta comunitária com estrutura de concreto e floreiras, academia ao ar livre, quiosque, bancos de repouso e um centro de convivência com biblioteca, cozinha com churrasqueira, dois banheiros, sala administrativa, salão de jogos e espaço de atendimento médico.

O condomínio é fechado com muros e conta com portão e guarita. A administração ficará sob a responsabilidade das administrações municipais. A iniciativa do Governo do Paraná é organizada a partir de um aluguel social de 15% do salário mínimo.

Cerimônia de assinatura da ordem de serviço para construção da Cidade do Idoso teve participações dos deputados estaduais, Ademar Traiano e Artagão Junior, deputada federal, Leandre Dal Ponte, prefeito Jorge Derbli, vice-prefeita Ieda Waydzik, governador Ratinho Junior e secretários estaduais. Foto: Ari Dias/AEN