Publicidade Topo

notícias

Com oito equipes inscritas, Copa Folha de Irati começa no dia 13

Depois de dois anos sem disputa em virtude da pandemia de Covid-19, competição será retomada com a participação de equipes de cinco municípios da região/Rodrigo Zub

Clube Atlético Furacão, de Imbituva, mandará jogos da Copa Folha de Irati no estádio Elvino Laroca, no Pinho de Baixo, em Irati (foto). Imagem: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Irati/Arquivo

A Copa Folha de Irati de 2022 terá participação de oito equipes. O congresso técnico que definiu o regulamento da competição aconteceu na segunda-feira, 31, na sede da Liga Iratiense de Futebol. As cidades de Irati, Rio Azul, Teixeira Soares, Imbituva e Fernandes Pinheiro terão representantes no certame.

O grupo A será formado por Pena Sports/Wisa, Passatempo, de Teixeira Soares, Lagoa CW Bet Sports e Cruzeiro do Sul. No grupo B estão Clube Atlético Furacão, de Imbituva, Fernandes Pinheiro, Independente, de Rio Azul, e Falcone de Irati. Os times jogam dentro dos próprios grupos em turno e returno. Com isso, cada equipe jogará seis vezes na primeira fase. A partida de abertura da Copa Folha será entre Pena Sports/Wisa e Cruzeiro do Sul, no dia 13 de fevereiro (domingo), no estádio Alberto Viante, campo do Guarani, em Irati. Os demais confrontos da primeira rodada devem acontecer no domingo seguinte, dia 20.


O Clube Atlético Furacão, de Imbituva, decidiu mandar os jogos da Copa Folha de Irati no estádio Elvino Laroca, no Pinho de Baixo, em Irati. A equipe comandada por Pacheco estreia em casa contra o Falcone, no dia 20. Neste dia, haverá uma preliminar entre o time da casa contra o Caverna Maromba, de Imbituva, às 13h15. Depois, às 15h30, o time imbituvense receberá o Falcone, na estreia da Copa Folha.

Na última edição da Copa Folha de Irati que foi finalizada, o Pena Sports/Wisa Informática conquistou o título em 2019 ao vencer a final contra o Pinho de Baixo, por 1 a 0. Em 2020, a competição teve apenas três rodadas da primeira fase, mas foi interrompida a partir do mês de março em virtude da pandemia de coronavírus. Com isso, ela não foi finalizada. Em 2021, também não houve disputa em função da pandemia.