Publicidade Topo

notícias

Adolescente tenta fazer pagamento de refrigerante com nota falsa

Nota falsa de R$ 50 foi apreendida pela PM. Adolescente afirmou que ganhou a cédula de uma pessoa desconhecida

Foto: Elio Kohut/Arquivo

Um adolescente, de 14 anos, comprou uma lata de refrigerante e tentou fazer o pagamento com nota falsa de R$ 50. A situação foi registrada em um estabelecimento na Vila Mariana, em Prudentópolis, na manhã de sábado, 5.

A Polícia Militar confirmou que a cédula era falsa em um detector de notas falsas. O aparelho pertence à 4ª Cia da PM. O adolescente disse que ganhou a nota de uma pessoa desconhecida cerca de 30 minutos antes de comprar a lata de refrigerante. Ele também relatou que não tinha conhecimento que a nota era falsa. Os policiais foram até a residência dos pais do garoto. Lá, a mãe dele informou que o jovem não tinha dinheiro na casa. Os envolvidos na ocorrência e a cédula falsa foram levados para a Delegacia de Prudentópolis.

Em outra ocorrência em Prudentópolis, um adolescente, de 11 anos, ficou gravemente ferido após ser atropelado por um veículo Fiat Freemont na Avenida Visconde de Guarapuava esquina com a rua Marechal Deodoro, no centro da cidade, na tarde de sábado, 5. De acordo com informações da PM, o garoto sofreu uma contusão no joelho direito, escoriações múltiplas e estava inconsciente no hospital Sagrado Coração de Jesus, em Prudentópolis.

A condutora do carro disse que seguia sentido centro ao bairro Ronda, quando atingiu o adolescente, que estava conduzindo uma bicicleta. A motorista prestou socorro à vítima e acionou o Corpo de Bombeiros. Ela acompanhou o atendimento e forneceu seus dados. Os policiais relataram que houve dificuldade de conseguir transporte adequado da vítima. As equipes realizaram contato com vários órgãos e hospitais. Uma UTI Móvel de Irati seria deslocada para prestar atendimento. Porém, ela não chegou ao local até o término do atendimento da PM.

Um outro atropelamento ocorreu na esquina das ruas Doze de Agosto e Prefeito Antonio Witchemichen, no centro da cidade, na manhã de sábado, 5. Um jovem afirmou que estava transitando de bicicleta no momento que foi atingido por um veículo Astra, que avançou a preferencial. Após a batida, o motorista deixou o local. O ciclista não conseguiu anotar a placa do carro. O homem foi socorrido por seu cunhado que estava passando pelo local. Ele foi levado ao hospital Sagrado Coração de Jesus. Lá, foi constatado que a vítima sofreu um trauma no pé direito, além de ter sofrido escoriações no corpo.

Na madrugada de sábado, 5, um homem foi vítima de um roubo quando estava se preparando para viajar. A ocorrência foi registrada na rua Sagy Naked, em Prudentópolis, por volta das 4h30. O morador relatou que pretendia entrar em seu veículo, quando foi surpreendido por dois homens. Eles roubaram objetos e uma carteira que tinha R$ 60 em notas diversas. Os bandidos também roubaram o veículo Gol da vítima. Posteriormente, o carro foi abandonado em uma estrada de terra que dá acesso da Vila da Luz para a Vila Esperança. A chave do carro foi deixada ao lado do veículo. A carteira com documentos da vítima foi encontrada no Gol. Uma bolsa com roupas e objetos como cobertores, rádio retrátil, um módulo, um estepe, um macaco e uma chave de rodas foram furtados do veículo. O Gol foi devolvido ao proprietário.

Ainda na madrugada de sábado, 5, um motociclista cometeu os crimes de direção perigosa, desobediência e infração de trânsito na rua Capitão Francisco Durski e Silva, no centro. Mesmo assim, ele conseguiu fugir e não foi localizado pela PM. O condutor foi visto consumindo bebidas alcoólicas ao sair de um posto de combustíveis. Ele já havia sido alertado sobre a proibição de consumir bebidas em locais públicos. Por isso, os policiais tentaram abordá-lo. Porém, ele não acatou a abordagem e acelerou a moto em alta velocidade. O motociclista chegou a transitar em cima da calçada em velocidade incompatível com a via. O homem não foi localizado. Em consulta ao sistema foi constatado que ele é habilitado na categoria AB, ou seja, está apto para conduzir carros e motos. A moto Honda CG 150 Titan KS não possuía alerta de furto ou roubo e nem pendências na documentação.

Em outra situação, um homem denunciou que seu vizinho estava com o som alto no início da madrugada de sábado, 5. O morador afirmou que o barulho acordou seu filho, de 1 ano. Com isso, ele e sua esposa acenderam as luzes da residência. Depois disso, o vizinho aumentou o volume do som e passou a gritar para provocar os demais moradores ao redor. O homem chegou a dizer para o vizinho que havia uma criança pequena na casa. Mesmo assim, ele passou a xingar a vítima apesar da chegada da PM. Conforme os policiais, o autor da perturbação de sossego apresentava sinais de embriaguez, como falas desconexas, andar cambaleante, odor etílico e agitação incontrolada. O aparelho de som da casa foi apreendido e encaminhado para a 4ª Cia da PM. O homem assinou o Termo Circunstanciado.

Na Linha Xaxim foi registrado um furto em uma chácara na manhã de sexta-feira, 4. Uma pessoa que trabalha no local disse que houve transposição de barreiras e arrombamento de uma porta. Uma esmerilhadeira, uma furadeira, uma catraca de oitão 1.500 quilos, seis molinetes, uma TV LCD 32 polegadas, um DVD, uma caixinha de parabólica, um conjunto de facas de churrasco e um conjunto de chaira foram furtados.