Publicidade Topo

notícias

Vacinação de crianças contra a Covid-19 começa em Irati

Município recebeu 330 doses para iniciar imunização. Primeiro grupo que está sendo atendido é das crianças com deficiência permanente ou comorbidades de 5 a 11 anos

Foto: José Fernando Ogura/AEN

O município de Irati recebeu 330 doses para iniciar a vacinação de crianças contra o coronavírus. As doses serão entregues ao município de forma fracionada. Por isso, a imunização ocorrerá por critério de prioridade.

Primeiro serão vacinadas as crianças com deficiência permanente ou comorbidades de 5 a 11 anos. O grupo de comorbidades é formado por crianças com síndrome de Down, doença renal crônica em diálise, deficiência permanente cadastrada no programa de Prestação Continuada (BPC), diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, doenças cardiovasculares, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida e cirrose hepática.

Neste caso será necessário apresentar atestado médico confirmando a condição. O modelo de atestado está disponível no site da prefeitura. Na sequência, os outros grupos que serão atendidos são crianças indígenas e quilombolas, crianças que moram em residências com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19 e crianças sem comorbidades começando de 10 e 11 anos, depois de 8 e 9 anos, 6 e 7 anos e por fim 5 anos.


As crianças que forem até o local de vacinação sem a presença dos pais ou responsáveis deverão apresentar um Termo de Assentimento da Vacina Contra a Covid-19 para Criança. Os locais onde as crianças podem tomar a vacina contra o coronavírus são: pavilhão do Parque Aquático e unidades de saúde Adhemar Vieira de Araújo, dos bairros Lagoa e Vila São João e das comunidades de Guamirim, Gonçalves Junior, Pinho de Baixo e Pinho de Baixo. 

Novo decreto determina medidas de combate ao coronavírus: A partir desta quarta-feira, 19, entra em vigor um novo decreto com medidas de combate ao coronavírus em Irati. Uma delas será a necessidade de aferir a temperatura e controlar a entrada de pessoas nos banheiros durante a realização de eventos e atividades em casas noturnas. Já a capacidade de público será restringida em 50% em todos os ramos de atividades. Porém, não haverá restrição de horário de funcionamento.

O uso de máscaras segue obrigatório, assim como a necessidade de os responsáveis pelos estabelecimentos disponibilizarem álcool em gel 70% na entrada, banheiros e demais setores das empresas. Também é necessário manter a distância de um metro e meio entre as pessoas. Quem descumprir as medidas receberá uma multa de 30 Unidades de Referência Municipal (URMs). O valor atual da URM é de R$ 90,15. Com isso, o valor da multa será de R$ 2.704,50. Quem descumprir as medidas será responsabilizado criminalmente, além de sofrer as sanções civil e administrativa.

Casos de Covid-19: Na segunda-feira, 17, Irati registrou mais 151 casos de coronavírus. Nesta terça-feira, 212 casos de coronavírus foram confirmados no município. Com isso, a cidade passou para 973 casos ativos da doença. Desses, 968 iratienses estão em isolamento domiciliar, quatro internados estão em leitos de enfermaria e um ocupa leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Somente em janeiro já foram confirmados 1.655 casos de Covid-19 em Irati. No total, 11.789 moradores tiveram a doença e 10.620 se recuperaram desde o início da pandemia em março de 2020. 193 iratienses faleceram por complicações da Covid-19. Em Irati, 49.292 moradores receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A segunda dose foi aplicada em 44.973 iratienses. 14.239 munícipes receberam a terceira dose.