Publicidade Topo

notícias

Rompimento de rede da Sanepar afeta abastecimento de água em Irati

Segundo a Sanepar, funcionários estão trabalhando para resolver o problema, mas não há previsão de término do serviço. Abastecimento deve ser normalizado até a noite de sábado

Foto: Imagem ilustrativa

O rompimento de uma rede de abastecimento de grande porte da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) pode causar falta de água em vários bairros de Irati.

Os locais que podem ser afetados são: Nhapindazal, Fragatas, Tucholka, Alto da Glória I e II, Choma I e II, Ouro Verde, Loteamento Pabis, Village Solaris, Jardim Califórnia, bairro São Francisco, Alto do São Francisco, parte alta do centro, Loteamento Pechibilski, Detran, Vila Flor, Vila Matilde, Cartoom I e II, Vila São João, Joaquim Zarpelon, Santa Mônica, Riozinho, Conjunto Molinari, Engenheiro Gutierrez, Vila Raquel, Distrito Industrial, Pró-Morar I e II, Novo Irati, Jardim Aeroporto, Jardim Virgínea, Fósforo, Pinheiros, João Paulo II, Orquídeas, Cruzeiro do Sul, Conjunto São Miguel, Fernando Gomes, Lagoa, Stroparo, Jardim Kennedy, Vila Setnarski, Avenida Getúlio Vargas e imediações.

Funcionários da Sanepar estão trabalhando para solucionar o problema na rede de abastecimento. No entanto, não há previsão do término do serviço. De acordo com a assessoria da Sanepar, o abastecimento será normalizado de forma gradativa até a noite de sábado, 22. Por isso, a orientação é evitar desperdícios, priorizando o uso da água para alimentação e higiene pessoal.

Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo

Para informar falta de água em sua residência, o cliente deve entrar em contato com a Sanepar no telefone 0800-200-0115. Ao ligar, é necessário informar o número da matrícula.

Em Fernandes Pinheiro, alguns moradores relataram que ficaram sem água durante três dias nesta semana. Na quinta-feira, 20, a reportagem da Najuá foi procurada por alguns moradores da rua Alziro Pedroso que relataram que estavam sem água há pelo menos três dias. “Sou de Fernandes Pinheiro. Precisamos saber o porquê estamos sem água aqui na cidade de Fernandes Pinheiro. Torneira seca desde ontem de manhã. Escutei no rádio da falta de água em Teixeira Soares e não aqui em Fernandes Pinheiro. Já acabou a água até na caixa [d’ água]. Somos em duas famílias que moramos aqui. Esperamos resposta da Sanepar”, disse o ouvinte Xuxu.

Outra moradora que entrou em contato conosco foi Terezinha Gulbinski, que mora na rua Henrique Scheletz Filho, em Fernandes Pinheiro. Os pedidos foram repassados para a assessoria da Sanepar. A funcionária da companhia, Ediane Battistuz, gravou um áudio repassando orientações sobre os procedimentos que as pessoas devem realizar caso seja constatada a falta de água.

“Deve ligar para o 0800-200-0115 e registrar a reclamação. Sem o protocolo de atendimento, a empresa não consegue verificar no local ou fazer uma vistoria para ver se tem algum problema. Por mais que os clientes procurem vocês [na rádio], o primeiro contato tem que ser feito com a empresa para gente verificar se tem algum problema na rede, se tem vazamento na rede pública ou para orientar o cliente”, recomenda Ediane.

Em nota, a Sanepar justificou que a falta de água em Fernandes Pinheiro foi causada devido a rompimentos em redes que aconteceram na quarta, 19, e na quinta-feira, 20. Outro motivo apontado para a falta de água foi o consumo elevado que baixou o nível de reservação do sistema. Os reparos na rede foram concluídos ontem. Entretanto, a previsão era que o sistema voltasse a funcionar com sua capacidade total a partir da madrugada de hoje.