Publicidade Topo

notícias

PM de Imbituva apreende revólver e munições

Durante à ocorrência, policiais conduziram dois homens para a Delegacia e ainda apreenderam uma moto

Policiais apreenderam revólver e três munições. Foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar apreendeu um revólver e munições na tarde de ontem, 21, na localidade de Mato Branco de Baixo, em Imbituva.

Policiais do 3º Pelotão acionaram a equipe do município vizinho de Guamiranga, que se deslocaram até uma loja de móveis. Segundo denúncia realizada no telefone 190, um motociclista que estava armado foi até o local procurar outro homem que estava escondido dentro do estabelecimento.

Os dois homens foram abordados em frente à loja. Um deles portava um revólver de quatro polegadas na cintura, com capacidade para seis tiros. A arma estava com a numeração apagada e possuía três munições, sendo duas intactas e uma deflagrada.

O outro homem relatou ser vítima e disse que foi ele quem chamou a polícia. A moto tinha pendências na documentação e foi levada para a sede do 3º Pelotão, em Imbituva. Os envolvidos e o revólver foram levados para a Delegacia.

Em outra ocorrência em Imbituva, no fim da tarde de ontem, 21, uma gestante relatou que foi até a casa de seu ex-marido, na Rua Alice Batista Guimarães, para conversar com ele. Quando chegou ao local, ela foi ameaçada de morte e agredida com um tapa no rosto pelo ex-sogro. A mulher disse que não sabia o motivo da agressão e da ameaça, pois eles nunca tiveram desavenças. Ela foi orientada sobre os procedimentos e o prazo para representação.

Já na noite de ontem, um homem foi agredido dentro de um bar, na localidade de Morro das Pedras, em Imbituva. A vítima relatou à PM que dois homens chegaram ao local em um veículo Gol. Um deles começou a agredir o homem com socos. Em seguida, eles deixaram o local. A vítima relatou que conhece os dois homens, que são irmãos e moram perto de sua residência. A vítima sofreu hematomas no rosto. Os agressores não foram encontrados.

Em Rebouças, a PM recuperou uma Saveiro que havia sido furtada. O veículo estava na garagem de uma residência na Vila São Luís. Quando perceberam a passagem dos policiais, os moradores encobriram a placa carro, o que levantou suspeita. Por isso, a equipe parou e fez a abordagem dos envolvidos. Em consulta ao sistema da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP), foi constatado que a caminhonete tinha alerta de furto.

A proprietária da casa relatou que seu marido havia comprado o veículo há aproximadamente três dias. O homem não estava na residência. A mulher e o veículo foram levados para a Delegacia de Rebouças.