Publicidade Topo

notícias

Motorista de caminhonete atinge poste em Imbituva

Motorista não se feriu. Poste quebrou com a batida. Em outra ocorrência, um homem teve o caminhão roubado e foi mantido em cativeiro

Acidente ocorreu na Avenida Sete de Setembro, em Imbituva. Foto: WhatsApp/Divulgação

O motorista de uma caminhonete Toyota Hilux atingiu um poste na Avenida Sete de Setembro, em Imbituva, no início da tarde de ontem, 12. Com a batida, o poste de iluminação quebrou. No entanto, o condutor não se feriu.

A Polícia Militar foi acionada e realizou a sinalização do trânsito para impedir que outros veículos se aproximassem do local onde estava a caminhonete envolvida no acidente. A equipe da Companhia Paranaense de Energia (Copel) foi acionada para trocar o poste de iluminação. O veículo não tinha pendências e foi liberado ao motorista.

Homem tem caminhão roubado e é mantido em cativeiro: Ainda em Imbituva, a PM teve contato com um homem que teve seu caminhão roubado e foi mantido em um cativeiro. O motorista disse que trabalha para uma empresa da cidade de Lages/SC. Na madrugada de ontem, por volta das 4h30, o caminhoneiro transitava pela BR-376, sentido Ponta Grossa/Maringá, com seu veículo Volkswagen 24250, carregado com ferros, quando resolveu parar para verificar os pneus, pois havia passado sobre um objeto na pista.


Ao parar o caminhão para averiguar o dano, o motorista foi abordado por dois homens que estavam em uma caminhonete. Os bandidos taparam a cabeça do condutor do caminhão e colocaram ele dentro da caminhonete. A vítima foi levada para um cativeiro. No começo da noite de ontem, o homem foi deixado nas margens da BR-373, nas proximidades do trevo de acesso à Imbituva. 

Após ser liberado, o homem pediu ajuda para funcionários de um posto de combustíveis, que acionaram a PM. O proprietário do caminhão informou o motorista que o rastreador apontou que o veículo havia passado pela cidade de Londrina, na tarde de ontem. O caminhoneiro não sofreu ferimentos.

Mulher agride homem em Ivaí: Em Ivaí, uma mulher agrediu um homem com um cabo de vassoura no fim da manhã de ontem. O homem agredido disse que estava no campo de futebol society da Vila Brasil, quando deixou seu celular no chão para jogar bola. Depois de encerrado o jogo, ele constatou que seu celular havia sido furtado. Momentos antes do furto, o homem afirmou que viu um adolescente saindo do local. Porém, ele não conseguiu observar se o jovem pegou o celular.

Na sequência, o homem que teve o aparelho furtado, sua mãe e o irmão foram até a residência do adolescente. Lá, eles foram recebidos pela mãe do rapaz. Ela relatou que o jovem não tinha furtado o celular e agrediu o dono do aparelho com um cabo de vassoura. A PM foi até a residência da autora da agressão, mas ela não foi localizada.