Publicidade Topo

notícias

Estado desativa leitos de UTI e enfermaria para Covid-19 na Santa Casa de Irati

Secretaria Estadual de Saúde descredenciou leitos dedicados à Covid-19 na Santa Casa de Irati. Casos mais graves de Covid-19 poderão ser transferidos para outros municípios/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava e Juarez Oliveira
Santa Casa de Irati está com leitos Covid-19 desativados desde o dia 1º de janeiro. Foto: Paulo Henrique Sava

Os leitos de UTI e enfermaria dedicados a casos de Covid-19 na Santa Casa de Irati foram descredenciados pela Secretaria Estadual de Saúde. Com isso, casos mais graves da doença deverão ser transferidos para a Central de Leitos do estado e o paciente mais grave poderá ser atendido em outros municípios.

Em comunicado enviado à Santa Casa de Irati, a Secretaria Estadual de Saúde justificou que a decisão ocorreu pelo baixo número de internamentos e após deliberação de membros da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/PR). “Provavelmente devido à redução do número de internamentos tanto do número de UTI, quanto de enfermaria clinica é que se houve a decisão a nível de Estado o corte da autorização do credenciamento. Esse é o motivo que imagino que seja”, disse o provedor da Santa Casa de Irati, Ladislao Obrzut Neto.

A desativação dos leitos começou a valer desde o dia 1º de janeiro. “Hoje não tem mais leito ativos. Paciente que precisar de um internamento por coronavírus, ele será encaminhado para a Central de Leitos, como era lá no início da pandemia, em março de 2020. Esse paciente vai entrar na Central de Leitos e a Central de Leitos vai referenciar. Não temos a certeza ainda se será Ponta Grossa, se será Campo Largo, se será Curitiba. Essa informação oficial ainda não nos foi repassada”, explica o administrador da Santa Casa, Sidnei Barankiewicz.

A Santa Casa de Irati possuía 12 leitos de UTI e 11 leitos na enfermeira dedicados exclusivamente parta casos de Covid-19. Nos 12 leitos de UTI, haviam seis leitos que foram retirados da ala da UTI normal. Esses seis leitos de UTI voltaram para o atendimento de casos que não são Covid-19. Já os leitos de enfermaria de Covid-19 foram adicionados a mais e foram fechados após a determinação do Estado.

De acordo com o provedor da Santa Casa, apesar do descredenciamento, o hospital ainda contará com leitos exclusivos para a Covid-19. “Nós vamos deixar para o Estado, dois leitos de UTI e dois leitos clínicos. Se tivermos problemas sérios de pacientes que tivermos que cuidar deles, nós vamos estar praticamente com esses quatro leitos. Dois de clínico e dois de UTI”, disse.

O descredenciamento vem em um momento que os casos de Covid-19 estão aumentando rapidamente em Irati. O município já possui 225 casos confirmados, sendo que o número de casos dobrou em apenas um dia. Na terça-feira (04) foram registrados 41 casos positivos diários. Já na quarta-feira (05), o número subiu para 91 casos confirmados diários.

Apesar do aumento, todos os casos positivados estão em isolamento domiciliar e não há nenhum caso de internamento em enfermaria ou UTI. O provedor da Santa Casa reconhece que os casos são mais leves após a vacinação contra a Covid-19, mas há preocupação caso a situação se agrave. “O que tem acontecido são casos mais leves, aonde a internação hospitalar tem deixado de ser usada. Mas se houver por agravamento do problema com o paciente ou que seja paciente idoso, que tenha sido vacinado, que seja hipertenso, que tenha alguma comorbidade, e que exista a necessidade de internamento, aí teremos problemas”, afirmou.


Para o provedor, o aumento repentino de casos é resultado do descuido das pessoas durante as festas de fim de ano. “A impressão que dá é que as pessoas não acreditaram nisso e foram se aglomerar. Foram em festas, em parques, em aglomerações. O risco que corríamos na época é este que está acontecendo agora. Vamos torcer para que a gente não tenha casos graves, como aconteceu em maio e junho do ano passado”, conta.

O provedor ainda destaca que é preciso que as pessoas procurem os postos de saúde para se vacinar. E mesmo vacinadas, evitam aglomerações. “Se nós nos protegermos, fazermos o nosso papel, aí as coisas vão diminuindo. Torcer que quem esteja vacinado, se for contaminado, ter uma doença mais branda. E os que não estão vacinados, que não foram atrás da segunda dose, por favor, vão atrás. É a única coisa que tem”, explicou.

Em Irati, a imunização está sendo realizada nos postos de saúde com salas de vacinação e no Parque Aquático.

O provedor da Santa Casa destacou que a equipe continuará trabalhando com o atendimento a casos de Covid-19, fazendo a triagem de casos suspeitos e outros casos. “Nós da Santa Casa estamos trabalhando. Vamos continuar trabalhando. Nós não vamos deixar, se Deus quiser nenhum paciente sem deixar ser assistido. Mas volto a insistir: por favor, se protejam. Distanciamento, aqueles que estão contaminados fiquem no seu isolamento. Aqueles que não estão contaminados, se protejam para não passar”, destacou.

Movimentação de pacientes hoje, 06, pela manhã, na Unidade Sentinela François Abib, no Conjunto Joaquim Zarpellon. Foto: Paulo Henrique Sava