Publicidade Topo

notícias

Escolas municipais de Irati retomam aulas no próximo dia 07 de fevereiro

Aulas começarão com 50% dos alunos em sala de aula, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação. Não será exigida Carteirinha de Vacinação dos estudantes no retorno/Paulo Henrique Sava
Volta às aulas na rede municipal de ensino de Irati será no dia 07 de fevereiro. Foto: SECOM

Estudantes de escolas e CMEIs da rede municipal de ensino de Irati retornarão às aulas a partir do próximo dia 07 de fevereiro. A informação foi confirmada à nossa reportagem pela Secretaria Municipal de Educação. Para preparar o retorno dos alunos, as escolas estarão abertas para atendimento ao público já na próxima segunda-feira, dia 31, com as diretoras, coordenadoras, auxiliares de serviços gerais e merendeiras. Os professores estarão de volta ao trabalho no dia 03 de fevereiro. Não será exigida apresentação da Carteirinha de Vacinação dos alunos no retorno. 

As escolas do município e o transporte escolar seguirão o decreto municipal e iniciarão as atividades com 50% dos alunos em sala de aula até o próximo dia 17, em sistema de revezamento, conforme explica a secretária de Educação, Jandira Terezinha Girardi.

“Vai ser em sistema de revezamento, como terminamos o ano passado. Não voltamos com 100%, então continuaremos com este mesmo sistema este ano. As diretoras de escolas e coordenadoras de CMEIs têm esta autonomia para fazer este revezamento e o horário, pois não podem entrar ou chegar todos no mesmo horário para não ter aglomeração. As equipes das escolas já estão preparadas para atender com 10 minutos de diferença de turmas para entrada e saída, revezamento, estão se preparando para tudo”, frisou.

A secretária ressaltou que as salas de aula já estão preparadas para receber as crianças. “Está tudo certo, já havíamos mandado material de sobra antes das férias álcool, sabonete líquido, o que elas precisam nós mandamos. Nesta semana, como as coordenadoras e diretoras voltam antes, no dia 31, vamos fazer outra remessa de material para elas. Graças a Deus, material e tudo o que precisa por causa deste vírus estamos enviando bastante”, comentou.

Sistema remoto - Caso os pais não queiram enviar seus filhos para as escolas para prevenir contra a Covid-19, eles poderão optar pelo sistema remoto, no qual os alunos fazem atividades em casa, segundo Jandira. “Vai haver o sistema remoto, nós vamos respeitar esta opinião dos pais. Eu acredito que no município não haja muitos, mas claro que respeitamos e vai continuar no sistema remoto sim”, pontuou.

Os pais que optarem por este sistema devem retirar as atividades nas escolas. Se os alunos tiverem dúvidas, os pais podem procurar os professores nas escolas para esclarecimentos. “Se o aluno ficar com alguma dúvida e o pai quiser levar na escola para que a professora explique na hora-atividade dela, ela vai explicar. No remoto, a porcentagem do município é muito baixa, na maioria dos casos, os pais mandam os filhos, e esperamos que mandem porque, neste revezamento, tem o distanciamento, está bem cuidado”, comentou.

Após o término do período de vigência do decreto atual do município, a Secretaria de Educação irá avaliar a situação da Covid-19 para decidir se volta com 100% dos alunos às salas de aula. “Aí vamos rever esta situação para ver como vai ficar. Até lá, teremos uma base de como está esta contaminação, esta situação, para tomarmos outra medida”, afirmou.


Kits de uniformes e materiais escolares - A Secretaria de Educação já está se mobilizando para a confecção dos kits de uniformes e materiais escolares que serão distribuídos para alunos carentes do município neste ano. No início do mês, o município recebeu amostras dos materiais a serem confeccionados, que devem chegar o quanto antes às escolas, conforme Jandira.

“Agora, é só as empresas se adaptarem com as cores certas. Fizemos uma licitação diferenciada neste ano para dar oportunidade de mais empresas participarem. Licitamos os tênis em uma empresa, camisetas e conjuntos de jaqueta e calça em outras. Estamos fazendo com que elas igualem as cores. Como são empresas diferentes, as cores às vezes não batem direito. Só estamos no ajuste final e logo chega este kit com a mochila com material dentro, tênis e tudo o mais. Eu quero que venha o quanto antes, para não ser distribuído muito tarde e ajudar a todos”, frisou.

A secretária não soube informar qual foi o valor investido pelo município na aquisição destes kits, mas garantiu que foi um investimento necessário. “É um gasto necessário porque eles precisam e nós também precisamos, principalmente agora depois desta pandemia. Entendemos que muitos pais não têm condições de mandar fazer. Apesar de algumas escolas terem seu próprio uniforme, eles permitem que o nosso seja utilizado. O município gastou bem, mas eu falo que é merecido, e é para quem a gente trabalha, que são os nossos alunos”, pontuou.

A Secretaria de Educação adotou um padrão de uniformes nas cores azul e preta para as escolas do município. Jandira explica o motivo desta escolha de cores. “Quando eu fiz a escolha deste uniforme, eu fiz mais como mãe do que como professora. A meia antes vinha branca, e eu escutava muita reclamação de que elas sujam muito rápido. Então, desta vez eu pedi meias pretas. Fizemos um padrão só, de preto com azul, porque sabemos que a camiseta branca suja muito rápido e vai ficando com uma cor meio estranha e amarelada com o tempo, principalmente no colarinho. Sabemos das situações e eu me coloco muito no lugar dos pais quando penso em fazer alguma coisa. O tênis vai com uma biqueira na frente para ele durar mais, porque os meninos chutam bastante bola. Fizemos algumas mudanças, mas eu acredito que vai ficar muito bom”, pontuou.

Além dos uniformes, será obrigatório o uso de máscara e álcool gel durante todo o tempo em que os alunos estiverem em sala de aula.“Com certeza, isto nós não vamos parar de usar e vai ainda por um tempo, passando álcool e usando máscara, pois é a defesa maior que temos neste momento”, finalizou.

Dúvidas sobre a volta às aulas podem ser esclarecidas diretamente na Secretaria Municipal de Educação de Irati, na Rua Coronel Pires, 826, no prédio do Centro Administrativo Municipal (CAM), ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz, ou pelo telefone (42) 3132-6213.