Publicidade Topo

notícias

Adolescente de 14 anos é flagrado conduzindo moto em Irati

Rapaz não usava capacete e estava com uma moto sem condições de circulação

Imagem da área central de Irati. Foto: Bruno Fauat

A Guarda Municipal constatou que um adolescente, de 14 anos, estava conduzindo uma motocicleta no bairro Lagoa, em Irati, na noite de quarta-feira, 26. O jovem foi abordado quando transitava na esquina das ruas Wladislau Marinski e Rio Tigre.

O garoto estava sem capacete. Já a moto não tinha placa de identificação. Em consulta ao chassi, os guardas constataram que a moto não tinha farol e não tinha condições de circulação. A documentação também apresentava débitos.

Os agentes registraram os autos de infração de trânsito e deixaram o adolescente com sua avó. A moto também ficou sob responsabilidade da senhora, pois a Guarda Municipal não tem um pátio disponível para guardar veículos apreendidos.


Em outra ocorrência no bairro Lagoa, uma mulher relatou que algumas pessoas atiraram pedras e forçaram a porta de sua residência. A tentativa de arrombamento ocorreu no fim da noite de quarta-feira, 26, segundo a moradora. Os guardas municipais realizaram buscas em um paiol e ao redor da propriedade. Porém, nenhuma situação ilícita foi constatada. A mulher foi orientada a acionar novamente a Guarda Municipal se a situação se repetir.

Na manhã de ontem, 27, um acidente entre um Voyage e um Ford Ka foi atendido pela Guarda Municipal. Não houve vítimas. Os veículos não apresentavam débitos. Os envolvidos na ocorrência foram orientados sobre a possibilidade de registrar o Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado (Bateu).

Já na tarde de ontem, 27, uma mulher entrou em contato com a Guarda Municipal para informar que está sendo ameaçada pelo marido. Segundo a vítima, as ameaças estão ocorrendo há aproximadamente 30 anos. A mulher disse que o marido já quebrou o seu celular. A vítima foi encaminhada para a Delegacia. Já o agressor não foi encontrado na residência. Mesmo assim, ele responderá pelo crime cometido, conforme a Guarda Municipal.

Em Ivaí, um homem estava em frente ao seu local de trabalho quando foi agredido com um soco no rosto. O morador disse que possui uma desavença com o agressor, que morava na casa onde ele reside atualmente, que pertence a empresa onde ele trabalha. Em uma data anterior, o agressor já havia danificada a antena de internet da residência da vítima.

Em Imbituva, moradores entraram em contato com a PM para informar que uma mulher estava caminhando na direção dos veículos que transitavam na BR-153, na saída da cidade. A mulher relatou aos policiais que teve um desentendimento com o ex-marido e estava andando sem direção. A mulher foi levada ao hospital de Imbituva para receber atendimento médico, pois estava com tontura e ânsia. A moradora afirmou que usa medicação controlada.