Publicidade Topo

notícias

Homem é assassinado com tiro de espingarda e golpe de facão em Prudentópolis

Testemunha afirmou à Polícia Militar (PM) que vítima e autor eram irmãos e tinham um desentendimento antigo

Foto: Arquivo Najuá

Um homem foi assassinado com um tiro no abdômen e um golpe de facão na coxa direita no fim da tarde de quinta-feira, 23, na localidade de Bairro dos Jordão, interior de Prudentópolis. Segundo a Polícia Militar (PM), antes do crime, os envolvidos, que eram irmãos, haviam brigado dentro de casa. No local, policiais constataram que a vítima fatal tinha duas perfurações, uma no abdômen causada pelo tiro e outra na coxa direita, que teria sido causada pelo golpe de facão. O corpo foi encontrado do lado de fora da residência.

Uma testemunha informou aos policiais que o outro envolvido teve um ferimento no abdômen e foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) antes da chegada da PM. Ela relatou que os irmãos tinham um desentendimento antigo. No momento em que um deles passava em frente à residência, o outro foi solicitar que o irmão não passasse mais pelo local. Em seguida, depois de uma tentativa de agressão, um deles entrou na residência e pegou uma espingarda calibre 28, sem marca ou numeração aparente. Ambos começaram a brigar. Depois disso, foi ouvido um disparo. A arma ficou a 4 metros de distância da vítima.

O local foi isolado até a chegada do IML, da perícia e da Polícia Civil no local. A arma foi apreendida. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Guarapuava.


Outras ocorrências - Já na madrugada de sexta-feira, 24, durante patrulhamento, policiais avistaram um automóvel Honda Civic transitando com som em volume alto pela Rua Coronel João Pedro Martins, na área central de Prudentópolis. No momento da abordagem, foi constatado que o condutor apresentava sinais de embriaguez. Ele confirmou que havia bebido e se negou a fazer o teste do bafômetro. Foi lavrado o Termo de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora. O homem foi levado para a Delegacia. O equipamento de som foi apreendido. Policiais lavraram o Termo Circunstanciado por perturbação da tranquilidade e as notificações de trânsito. O carro foi liberado para um condutor habilitado.

Na manhã deste sábado, 25, durante patrulhamento, uma moto Honda CG de cor vermelha com dois ocupantes passou em alta velocidade pelos policiais. O passageiro estava sem capacete e segurava um objeto que inicialmente não foi identificado. A equipe passou a seguir o veículo, sendo que o condutor começou a fugir e adentrou em uma estrada rural, desobedecendo as ordens de parada dadas pelos policiais.

Eles foram abordados quando entraram no pátio de uma residência. O proprietário do imóvel se apresentou e foi revistado junto com os outros dois envolvidos, porém nada de ilícito foi encontrado com eles. Em consulta ao sistema, foi constatado que o condutor não tem habilitação, permissão ou autorização para dirigir. A placa da moto pertencia a uma Yamaha Lander, de cor preta. O chassi do veículo estava cortado. Em consulta ao sistema do Detran, foi constatado que a moto havia sido baixada. Condutor e motocicleta foram levados para a Delegacia.