Publicidade Topo

notícias

Homem agride a irmã em Prudentópolis

Familiares conseguiram conter o agressor, que foi amarrado até a chegada da PM

Foto: Elio Kohut-Rádio Najuá



Um homem agrediu a própria irmã em Prudentópolis, na tarde de domingo, 19. 

A vítima relatou que o agressor chegou na residência embriagado e ameaçou matar os pais. Logo depois, ele tentou agredir o pai. A mulher tentou intervir e foi agredida pelo irmão com um tapa no pescoço. Com isso, ela sofreu uma queda. Familiares conseguiram conter o agressor, que foi amarrado até a chegada da Polícia Militar. 

A mulher relatou que o irmão costuma chegar na casa embriagado e ameaça os familiares. Algumas vezes, a mãe do agressor teve que passar a noite escondida fora de casa para não ser agredida. Conforme os familiares, o homem é usuário de drogas, o que agrava mais a situação. Em função do interesse da vítima em realizar a representação, os envolvidos na ocorrência foram levados para a Delegacia de Prudentópolis.

Em outra ocorrência, um homem assinou Termo Circunstanciado após xingar os policiais, na madrugada de sábado, 18. A ocorrência foi registrada na rua São Josafat, no centro da cidade. Segundo denúncia recebida pela PM, várias pessoas estavam na via pública causando algazarra e perturbação de sossego. 

Com a chegada dos policiais, várias pessoas foram para a casa e algumas acabaram sendo orientadas para deixar o local. De acordo com a PM, um homem que estava embriagado permaneceu no local e foi orientado para sair. Porém, ele não acatou a orientação e partiu em direção da viatura. Ao ser solicitado para deixar o local, o homem xingou os policiais. Com isso, ele foi conduzido para a sede da 4ª Cia da PM para assinar o Termo Circunstanciado.

Na Vila Santana, em Prudentópolis, uma mulher foi agredida pelo marido, que ainda tentou atear fogo na residência do casal na sexta-feira, 17. Um caminhão do Corpo de Bombeiros apagou o incêndio na casa. A vítima relatou que estava no imóvel com seu convivente quando ele passou a agredi-la. Na sequência, o homem ateou fogo no imóvel e deixou o local. A mulher foi levada para o hospital Sagrado Coração de Jesus. Já o homem não foi localizado.

Na Vila Delmira, um homem com mandado de prisão em aberto foi detido na noite de sexta-feira, 17. Em consulta ao sistema, os policiais constataram que ele possuía um mandado de prisão pelos artigos 24 e 158 do Código Penal, ou seja, descumprimento de medida protetiva e extorsão, respectivamente. Por isso, ele foi detido e conduzido para a Delegacia.