Publicidade Topo

notícias

X-Solidário arrecada mais de R$ 156 mil

Recursos serão destinados para os hospitais Erasto Gaertner e Santa Casa de Irati, e para a ANAPCI/Paulo Henrique Sava, com reportagem de Rose Harmuch

Campanha X Solidário arrecadou R$ 156.250,00 em 2021. Foto: Reprodução Facebook

O Grupo Ivasko apresentou na tarde desta sexta-feira, 5, o resultado da 12ª edição da campanha “X Solidário”. Neste ano, a campanha superou a meta de R$ 150 mil anunciada no lançamento e arrecadou R$ 156.250 com a venda dos sanduíches

Os recursos serão destinados para os hospitais Erasto Gaertner e Santa Casa de Irati, que receberão 40% do valor cada um (R$62.500 cada), e para a Associação do Núcleo de Apoio ao Portador de Câncer de Irati (ANAPCI), que ficará com 20% do total arrecadado (R$ 31.250). Em 2020, o valor chegou a R$ 118 mil.

Em entrevista à Najuá, a empresária Edna Ivasko, idealizadora da iniciativa, agradeceu a todos que participaram adquirindo os lanches e a todos os envolvidos nos trabalhos da campanha. “Todo mundo faz uma contribuição naquilo que sabe fazer e isto acontece. Hoje, temos a participação imensa da comunidade, das empresas, instituições, e isto deixa a campanha mais leve, com mais organização, e chegamos a um resultado final onde, com muita gente ajudando com um pouquinho, conseguimos um bom resultado”, frisou.

Na opinião da empresária, o apoio da população é essencial para que a campanha continue sendo realizada todos os anos. “Vamos ajudar alguém que precise, não interessa quem. Então, este é o lema e o objetivo, e com isto conseguimos arrecadar, com tantas cidades ajudando. Isto nos dá força e energia para que todo ano continuemos com a campanha”.

Edna ainda destacou que a campanha, que começou de forma singela há 12 anos, foi criada para ajudar as pessoas que precisam. “Nós sabemos que precisa tratar a doença, dar apoio às famílias e infelizmente a doença ainda não tem cura. Enquanto isso, nós continuaremos trabalhando em busca da cura e do apoio às pessoas que mais precisam neste momento difícil de doenças que precisamos tratar”, frisou.

A empresária ressaltou a seriedade e a transparência da campanha. “É uma campanha séria e transparente, que só tem o objetivo de ajudar as pessoas, e elas entendem isso, e por isto ajudam. Quem não ajuda uma pessoa que está passando por um momento difícil? Todo mundo quer ajudar, e R$ 12 [o valor do lanche] não é tanto assim. É com esta ajuda que chegamos a este valor [de R$ 156 mil]”, comentou.


Empresas de todo o Paraná localizadas em aproximadamente 15 a 20 municípios e que são parceiras do Grupo Ivasko também apoiam a causa todos os anos. “Há uma corrente do bem acontecendo, e que ela perdure”, ressaltou Edna.

A união dos colaboradores do Grupo Ivasko com os funcionários do Hospital Erasto Gaertner e as voluntárias da ANAPCI e da Rede Feminina de Combate ao Câncer foi essencial para o bom êxito da campanha. De acordo com Edna, os momentos difíceis vividos ao longo deste ano em virtude da pandemia de coronavírus motivaram a equipe a se unir em prol de um bem maior. “Se nós não pensarmos nisto, eu posso desanimar, desistir ou lutar para que isto melhore um pouco, e é com este objetivo que conversamos com a nossa equipe. Cada gerente, cada líder, no seu endereço, fala e explica sobre a campanha. Normalmente, tem pessoas que já viveram a doença e sabem como ela é, e aí entendem o objetivo, que é de ajudar. Que nós continuemos ajudando para diminuir estes números e as pessoas viverem mais saudáveis e alegres”, pontuou.

A meta para 2022 é de superar os números atingidos na edição deste ano. Porém, o prefeito Jorge Derbli desafiou o grupo a atingir pelo menos R$ 200 mil na arrecadação. “É audacioso, mas quem sabe? Acho que não é impossível, vale a pena sonhar. Vamos começar a idealizar estratégias para o ano que vem e pensar nisto”, concluiu.

Foto: Ciro Ivatiuk-Hoje Centro-Sul

Idealizadora do X-Solidário, Edna Ivasko, falou como foi a campanha em 2021 durante entrevista para as reportagens do Hoje Centro-Sul e Najuá. Foto: Ciro Ivatiuk- Hoje Centro-Sul

Foto: Reprodução Facebook