Publicidade Topo

notícias

Trabalhadores rurais agridem homem que havia difamado mulher

Homem agredido ainda teve o para-brisa do seu carro danificado. Vítima sofreu ferimentos nos braços e no rosto

Foto: Paulo Sava/Rádio Najuá

Um homem foi agredido na localidade de Linha Cinco, no interior de Irati, na tarde de ontem, 24. Ele disse para a Polícia Militar que estava retornando do trabalho com seu veículo, quando foi cercado por algumas pessoas. Elas estavam em frente de uma residência. A vítima sofreu ferimentos nos braços e no rosto.

Os agressores ainda danificaram o para-brisa do automóvel da vítima. A PM entrou em contato com alguns envolvidos na ocorrência, mas todos estavam alterados e agressivos. Por isso, não foi possível esclarecer o motivo das agressões em um primeiro momento. Porém, durante deslocamento até a sede da 8ª Cia, uma mulher que estava no local relatou que a confusão teve início depois que ela foi difamada pelo homem que foi agredido. A PM registrou o Termo Circunstanciado.

Em Rebouças, um homem ameaçou matar um morador do mesmo bairro, que não teve o local divulgado pela PM. Durante conversa com a vítima, o autor das ameaças teria feito barulhos semelhantes a disparos de arma de fogo. Além disso, ele costuma xingar a vítima, que não tem suportado a situação que o incomoda. O homem ameaçado foi orientado que pode dar sequência ao Boletim de Ocorrência referente ao crime de ameaça.


Em Imbituva, um homem agrediu a namorada no bairro Tangará na manhã de quarta-feira, 24. A vítima sofreu vários arranhões no braço esquerdo. O homem deixou o local quando a mulher disse que ia acionar a PM. Os policiais realizaram patrulhamentos a fim de localizar o autor das agressões. Porém, ele não foi encontrado. A vítima foi orientada para solicitar uma medida protetiva contra o namorado.

Em outra ocorrência no centro de Ivaí, um homem, de 66 anos, entrou em contato com a PM para informar que seu trator foi danificado em uma oficina de lataria e pintura na rua Paulo Faix. O morador disse que havia deixado o trator no estabelecimento há cerca de 20 dias.

Na segunda-feira, 22, o homem foi até a oficina e observou que seu trator estava amassado na parte dos encaixes hidráulicos. Ele relatou aos policiais que o trator não tinha nenhum dano antes de ser deixado no local. O proprietário da oficina afirmou que havia usado o trator para puxar um caminhão que estava no estabelecimento. Neste momento, ele acabou danificando o trator.

O dono do maquinário relatou que foi ameaçado no momento que foi até a oficina para fazer o pagamento dos serviços. O responsável pelo estabelecimento entrou em um carro e arrancou em direção do cliente, que se esquivou e não foi atingido. O homem transitou somente 20 metros com o veículo e retornou ao local. Ele entrou na oficina e teria dito que ia matar o dono do trator. O homem foi contido pelos funcionários. Já a vítima procurou a PM para registrar o Boletim de Ocorrência.

Os policiais estiveram na oficina, mas o proprietário já tinha saído do local. A vítima foi orientada sobre os procedimentos que podem ser tomados junto à Polícia Civil.