Publicidade Topo

notícias

Policiais de Inácio Martins prendem homem que furtou botijões de gás e receptador

Já em Rebouças, a PM flagrou alguns homens consumindo cervejas que haviam sido furtadas

Foto: Imagem ilustrativa

A Polícia Militar de Inácio Martins prendeu um homem que furtou dois botijões de gás em Inácio Martins. Um morador que comprou os objetos furtados também foi detido por receptação. Conforme a legislação, ele responde pelo mesmo crime e recebe a mesma pena que o autor do furto.

O suspeito do furto foi abordado na Vila Nova, em Inácio Martins. Durante conversa com os policiais, ele confirmou que furtou dois botijões de gás e teve ajuda de um adolescente que lhe acompanhava. Após o furto, eles trocaram os objetos por entorpecentes. O homem maior de idade disse que é usuário de drogas e que o vendedor mora na área urbana de Inácio Martins.

A PM foi até a casa do homem indicado, que confessou que havia comprado os botijões de gás que haviam sido furtados. Mais dois celulares de origem duvidosa, além de uma quantidade de crack e dinheiro foram encontrados na casa.


O autor do furto e o receptador foram autuados pelos crimes de receptação e tráfico de drogas. Eles foram encaminhados para a Delegacia de Irati. As pessoas que tiveram os botijões furtados, os objetos, o dinheiro e o entorpecente também foram levados para a Delegacia.

Furto em Rebouças: Em Rebouças, a PM localizou os homens que furtaram latas de cerveja do depósito de um estabelecimento comercial. Moradores entraram em contato com os policiais para repassar a identificação dos homens envolvidos no furto. Conforme as denúncias, todos possuem diversas passagens pela polícia pela prática de furtos.

Os policiais realizavam buscas com a finalidade de encontrar os autores do furto, quando receberam a informação que eles estavam reunidos em frente de uma residência. No momento da abordagem, os suspeitos estavam consumindo latas de cerveja da mesma marca que tinham sido furtadas.

Os homens abordados foram reconhecidos nas imagens das câmeras de segurança do estabelecimento invadido. Por isso, eles foram encaminhados para a Delegacia de Irati.