Publicidade Topo

notícias

Paulo Litro anuncia pré-candidatura de Ronaldão à deputado estadual

Deputado estadual e presidente do diretório estadual do PSDB confirmou o convite para o vereador iratiense concorrer a uma vaga na ALEP. Em 2014, Ronaldão obteve mais de 16.300 votos quando foi candidato a deputado estadual/Karin Franco, com reportagem de Rodrigo Zub

Vereador José Ronaldo Ferreira (Ronaldão) foi anunciado como pré-candidato a deputado estadual pelo presidente do PSDB estadual, Paulo Litro. Foto: Assessoria

Em visita à Irati, o deputado estadual e presidente do diretório estadual do PSDB, Paulo Litro, confirmou a pré-candidatura do vereador José Ronaldo Ferreira (Ronaldão) a deputado estadual. “Nosso interesse é formar uma chapa forte de deputado estadual e de deputado federal. Aqui inclusive estamos fazendo um convite ao vereador Ronaldão para que seja candidato em 2022. Sabemos que em 2014 ele foi candidato, fez uma excelente votação. Nós estamos fazendo o convite. Claro, que isso dependerá da convenção, da aprovação do partido, mas hoje podemos dizer que o Ronaldão é pré-candidato a deputado estadual”, disse Litro durante entrevista à Najuá.

Ronaldão está em seu terceiro mandato de vereador em Irati. Anteriormente, ele exerceu o cargo em duas legislaturas consecutivas entre 2005 e 2012. Em 2014, Ronaldão foi candidato a deputado estadual. Ele ficou na terceira suplência da coligação PP-PMN na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) com 16.332 votos, sendo o candidato a deputado estadual mais votado em Irati com 9.135 votos.

Nas eleições de 2016, Ronaldão concorreu ao cargo de prefeito de Irati. Ele obteve 2.384 votos (6,92% dos válidos) e ficou em quarto lugar na disputa majoritária. Jorge Derbli foi eleito com 18.065 votos (52,46% dos votos válidos).

Durante a entrevista à Najuá, Litro comentou também sobre os planos do partido para um pré-candidatura do ex-governador Beto Richa, que deve concorrer a uma vaga na Câmara Federal. “Há um convite nosso da Executiva estadual, da Executiva nacional, dos prefeitos, mas não apenas dos prefeitos do PSDB, mas de inúmeros partidos porque foi um governador municipalista que atendeu a todos e não olhou partido para liberar recursos. Então, existe um grande apelo”, revela.

Outro nome que o partido tem em vista é do ex-presidente da ALEP e atual deputado federal, Valdir Rossoni. Recentemente, ele havia dito que pretendia encerrar a participação na vida pública. No entanto, o presidente do PSDB-PR contou que o partido vê a possibilidade de uma candidatura ao Senado para o deputado. “Há um interesse do próprio partido que ele possa ser um candidato ao Senado da República. Ele tem esse interesse inclusive, mas isso vai depender tudo da convenção do ano que vem, se o partido vai bater o martelo em relação a isso”, conta.

Já para o cenário nacional, o PSDB escolheu o governador de São Paulo, João Doria, como candidato do partido para disputar a presidência da República em 2022. Ele venceu as prévias da legenda com quase 54% dos votos. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, foi o segundo colocado com 44,66% dos votos. Já o ex-prefeito de Manaus/AM, Arthur Virgílio ficou em terceiro lugar com 1,35% dos votos. Ao todo, foram computados 25.854 votos nas prévias do PSDB que aconteceram no sábado, 27, uma semana depois da votação ter sido interrompida por problemas no aplicativo usado para a escolha do candidato. Litro diz que os deputados estaduais e membros da executiva estadual do PSD tiveram divergências quanto aos nomes dos pré-candidatos a presidente do partido.

“Foi um momento bonito do partido, movimentou o partido no Brasil inteiro, todas as lideranças do partido estavam aptas a votar. Fizeram o cadastramento. Mas infelizmente, por um problema no aplicativo, não sabemos se foi um problema do aplicativo ou se foi ataque hacker, a votação não pode ser concluída [no domingo passado]. Mas o PSDB-Paraná, num primeiro momento tínhamos definido para fechar a questão para um candidato. No decorrer das campanhas das prévias, acabou havendo um gosto de um deputado por um candidato às prévias e de outros por outro. Acabou rachando o partido nas prévias na escolha do candidato a presidente. Mas, no entanto, sendo Doria, sendo Leite, sendo Arthur Virgílio, o PSDB aqui no Paraná estará unido para apoiar esse candidato a Presidência da República”, afirmou Litro durante a entrevista concedida à Najuá, que foi realizada antes das prévias vencidas por Doria.

Capela mortuária na Vila São João: Em sua passagem em Irati, Litro visitou o terreno onde será construída a nova capela mortuária na Vila São João. A obra teve o investimento de R$ 300 mil em emendas repassadas após solicitação do vereador Ronaldão. Além da visita ao terreno, o deputado esteve na prefeitura de Irati em um encontro com o prefeito Jorge Derbli.

Projetos na ALEP: O deputado também comentou sobre projetos de sua autoria que estão em tramitação na ALEP. Um deles é um projeto onde os custos de recuperação de animais em maus tratos sejam pagos pelos agressores. “Nada mais justo que aqueles que causam crimes contra animais paguem pelas custas que o poder público tem na recuperação desses animais. É um projeto que está tramitando na Assembleia, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça. Deve passar agora nas comissões temáticas da casa, antes de ser aprovado em Plenário. Mas a causa animal é uma causa que está muito em evidência no nosso País e nós temos que buscar através de leis e projetos, dar uma segurança aos animais porque eles não têm voz. Sabemos o apelo da sociedade paranaense nesta causa e nós somos um porta voz dentro da Assembleia na defesa dos interesses dos animais”, disse.

Outro projeto apresentado por Paulo Litro foi a Política Estadual de Valorização da Vida nas instituições de ensino do Estado. Segundo o deputado, o projeto quer ajudar as escolas a perceber jovens que estejam em depressão ou tenham tendências suicidas. “Nós tivemos nos últimos anos um grande crescimento de suicídios e automutilação principalmente entre crianças e jovens. Infelizmente, a depressão é a doença do século neste mundo. Então, nós estamos estabelecendo em projeto de lei que sejam identificados dentro da comunidade escolar, dentro dos colégios, através dos professores, das pessoas que trabalham no administrativo, dos pais que por muitas vezes frequentam os colégios, que identifiquem esses alunos, essas crianças e esses jovens que estão com sinais de depressão e que possam encaminhar para os serviços de assistência social dentro do município”, explicou.

O projeto foi aprovado em primeira discussão, mas foi encaminhado para receber uma emenda substitutiva geral com o objetivo de fazer alguns ajustes conforme pedido do Governo do Estado, para posterior sanção. Os deputados ainda vão discutir a matéria em segunda votação. “Eu acredito que na próxima votação, na segunda-feira, nós tenhamos esse projeto pautado para ser aprovado na assembleia”, conta.

Paulo Litro é pré-candidato a deputado federal nas eleições de 2022. Foto: Assessoria