Publicidade Topo

notícias

Moradores de rua cometem assalto em Irati

Veículo Fiat Stilo que havia sido roubado foi encontrado pegando fogo. Mulher que teve envolvimento na situação foi localizada e conduzida para a Delegacia

Carro roubado foi encontrado pegando fogo. Foto: WhatsApp/Divulgação

Dois moradores de rua cometeram um assalto na madrugada de ontem, 25, em Irati. Por volta das 5h20, um homem abordou a equipe da Guarda Municipal na rua Antônio Cavalin. Ele disse que teve o seu veículo Fiat Stilo, sua carteira e um celular roubados. Os guardas realizaram buscas e localizaram o carro pegando fogo na esquina das ruas Nossa Senhora de Fátima e Lino Esculápio. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater as chamas.

A vítima relatou que estava em um posto de combustíveis quando deu carona para dois moradores de rua, sendo um homem e uma mulher. Em um determinado momento, o homem sacou uma pistola e cometeu o assalto. Os guardas realizaram buscas e localizaram a mulher que teve envolvimento na situação.

No momento da abordagem, ela estava nervosa e inquieta. Ela resistiu e investiu contra os agentes. Por isso, foi necessário o uso de força moderada para contê-la. A moradora de rua foi reconhecida pelo homem que foi assaltado. Porém, a mulher disse que não conhecia o autor do crime, bem como não soube para onde ele foi. A moradora de rua foi detida e conduzida para a Delegacia para prestar esclarecimentos.

 Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo 

Ainda em Irati, uma pessoa foi encontrada dormindo na rua Zeferino Bittencourt, na manhã de ontem. A Guarda Municipal foi acionada e constatou que o homem já teve passagens pela polícia. Entretanto, ele não tinha mandado de prisão em aberto. O homem foi orientado para deixar o local e na sequência acabou sendo liberado.

Em outra ocorrência atendida pela PM de Irati, um homem assinou Termo Circunstanciado após quebrar uma janela de uma residência na rua das Laranjeiras, na noite de ontem. Uma moradora informou que seu cunhado chegou embriagado do trabalho e passou a incomodar quem estava no local. Após quebrar a janela, o homem foi advertido pelos moradores. Com isso, ele passou a ofendê-los e se recusava a sair do local. A PM esteve no local e encontrou o homem deitado na cama. Ele estava portando uma faca. O homem foi encaminhado para a sede da 8ª Cia e assinou Termo Circunstanciado.

Em Rio Azul, uma mulher acionou a PM após o ex-marido descumprir uma medida protetiva. A moradora relatou que o homem havia deixado a cadeia há três meses e que desde então tentou manter contato com os filhos. A mulher afirmou que o ex-marido foi no seu local de trabalho por duas vezes e também na escola dos seus filhos, também em duas oportunidades. Em uma das vezes que teve contato com a ex-mulher, o homem fez gestos em tom de ameaça com as mãos.

Uma vizinha da moradora, que possui câmeras de segurança, disse que flagrou o momento que um homem pulou o muro e entrou no imóvel. Segundo a testemunha, o homem provavelmente é o ex-marido da moradora.

Ainda em Rio Azul, um veículo Peugeot foi apreendido pela PM. Os policiais realizavam patrulhamento na Vila Diva, quando constataram que três homens estavam usando capuz dentro do carro. Esse fato levantou suspeita dos policiais. Com isso, os ocupantes do veículo foram abordados. Em consulta ao sistema foi constatado que o Peugeot possuía pendências administrativas. Sendo assim, ele foi recolhido ao pátio do Destacamento da PM até que a documentação seja regularizada.

Carro ficou destruído após pegar fogo. Foto: WhatsApp/Divulgação

Chamas que destruíram o carro também atingiram uma árvore. Foto: Tadeu Stefaniak

Foto: Tadeu Stefaniak