Publicidade Topo

notícias

Bicampeã brasileira de cálculo mental relata os benefícios da prática do soroban

Soroban é um ábaco japonês usado para fazer cálculos. Aliado ao método Super Cérebro, a ferramenta ajuda no desenvolvimento da memória, concentração e raciocínio lógico/Karin Franco, com reportagem de Paulo Sava

Michael Silva, Vinicius Batista e Otávio Martini do grupo Saber ao lado da bicampeã brasileira de cálculo mental, Sabrina Akemi Kanashiro, que concedeu entrevista à Najuá na sexta-feira, 19. Foto: Divulgação

Já imaginou exercitar sua mente para conseguir fazer cálculos muito rápidos? É isso que a bicampeã brasileira de cálculo mental, Sabrina Akemi Kanashiro, tem realizado com a ajuda do soroban, um ábaco japonês utilizado para fazer cálculos. Ela esteve em Irati, onde comentou sobre os benefícios da prática.

O ábaco japonês é formado por pequenas bolinhas em uma moldura retangular onde é possível fazer cálculos de adição, subtração, divisão, multiplicação, raiz quadrada e raiz cúbica. Aliado a metodologias de ensino como o Super Cérebro, a ferramenta traz muitos benefícios aos estudantes. “O Soroban é uma das ferramentas que o Super Cérebro utiliza para melhorar as habilidades cognitivas dos alunos que praticam. São habilidades como memória, concentração, raciocínio lógico, cálculo mental, que são habilidade que todo mundo precisa”, contou Sabrina durante entrevista a nossa reportagem.

Para usar a ferramenta, é preciso aprender algumas técnicas para o seu manuseio. “Ele é um instrumento que a gente faz o manuseio usando o polegar e o indicador apenas. Existem os movimentos corretos, a técnica para que o aluno possa desenvolver os cálculos e melhorar essas habilidades de memória, concentração, raciocino lógico”, explica.


O soroban pode ser usado por qualquer pessoa de qualquer idade, seja criança, adulto ou idoso. “O soroban é indicado para todas as faixas etárias, acima de cincos anos, porque como vai trabalhar com matemática e os números, indicamos para uma fase que já tenha construção numérica”, disse.

Para idosos, a estimulação mental é um exercício que ajuda a prevenir determinadas doenças. “O soroban é um grande aliado na prevenção de doenças degenerativas, como o Alzheimer, por exemplo, que é muito comum nos idosos”, relata Sabrina.

Nascida em Bastos (SP), a bicampeã brasileira de cálculo mental começou o treinamento com o soroban aos seis anos e pratica até hoje, aos 21 anos de idade. “É uma cidade que a cultura japonesa é muito forte. E o soroban como foi desenvolvido pelos japoneses, eu comecei o meu contato na minha cidade, através de uma professora que dava aulas de soroban e posteriormente conheci o método Super Cérebro. Eu comecei a prática aos seis anos de idade, mas como uma prática para preencher a rotina, a tarde da criança”, conta.

O treino durante estes 15 anos trouxe muitos benefícios, como a habilidade de calcular grandes somas mentalmente, sem a ajuda de uma calculadora. É esse treino que possibilitou Sabrina se tornar a bicampeã brasileira de cálculo mental. Com o título, ela tem viajado o Brasil para promover a prática do soroban. “É muito satisfatório levar isso para outras cidades, estar em Irati também trazendo isso para as crianças, para os pais conhecerem também”, disse.

Método Super Cérebro:
Em Irati, o soroban é usado na metodologia Super Cérebro, promovida pelo Grupo Saber, que alia a prática a apostilas didáticas, jogos de tabuleiro importados e manuais. O objetivo é estimular o desenvolvimento cognitivo e socioemocional dos estudantes. “Além da parte lógica tem a parte socioemocional que vai desenvolver as competências como a liderança, o cooperativismo, o trabalho em equipe”, conta Otávio Martini do Instituto Saber.

Criado para estimular e desenvolver habilidades pouco exploradas pelos métodos de ensino tradicionais, o método Super Cérebro é baseado na teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner. No Brasil, cerca de 150 escolas usam este método de ensino.

As aulas em Irati já estão sendo realizadas presencialmente de segunda a sábado, de acordo com a disponibilidade do aluno. “Agora que já temos um conhecimento a respeito de como ter cuidados de prevenção, as aulas do Super Cérebro, até mesmo pelo fato de desenvolver o socioemocional acontecem presencialmente no polo Grupo Saber na rua Coronel Emilio Gomes, nº 362, com todos os cuidados”, explica Otávio.

O Grupo Saber está com promoção no método Super Cérebro. Basta mandar a mensagem “Quero Bolsa Najuá”, no WhatsApp para o número (42) 9-9870-1010, para participar da promoção.

Além do Super Cérebro, o Grupo Saber também é mantenedor do Centro de Ensino Saber, Unicesumar e Fisk.