Publicidade Topo

notícias

Mulher morre após cair de sacada em Imbituva

Ocorrência foi registrada na rua Antônio Lourenço. Polícia Civil vai investigar as causas da morte

Moradora que caiu de sacada foi encaminhada para o hospital de Imbituva, mas o médico de plantão constatou o óbito. Foto: WhatsApp/Divulgação

Uma mulher, de 72 anos, morreu após cair de uma sacada em Imbituva. A ocorrência foi registrada na tarde de terça-feira, 12, na rua Antônio Lourenço.

No boletim repassado para a imprensa regional, a Polícia Militar relatou que recebeu um chamado da equipe do hospital São João informando que uma pessoa havia dado entrada na unidade já em óbito. O médico de plantão confirmou a morte da moradora. O corpo dela foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa. A situação foi repassada para investigação da Polícia Civil.

Também em Imbituva, a PM apreendeu um cigarro de maconha que estava no bolso do calção de um homem que pilotava uma moto Honda Titan, que foi abordada na rua Miguel Camargo Pedroso, no começo da noite de ontem, 12.


Segundo os policiais, o condutor demonstrou nervosismo ao visualizar a viatura. Em virtude do fato, os policiais realizaram a abordagem e localizaram a droga com o homem. Ele disse que é usuário de drogas. O homem foi encaminhado para a sede do 3º Pelotão, onde assinou o Termo Circunstanciado. A moto não apresentava pendências administrativas. Por isso, ela foi liberada ao condutor.

Em outra ocorrência em Imbituva, uma mulher foi conduzida para a sede do 3º Pelotão da PM após ser flagrada embriagada em um bar na companhia de sua filha, de 3 anos. Policiais militares e conselheiros tutelares foram até o estabelecimento. Ao notar a presença das equipes, a mulher saiu correndo com a criança e entrou em uma casa anexa ao bar.

O Conselho Tutelar ficou responsável pela criança. A proprietária do estabelecimento confirmou que a mulher estava com a criança no bar. A mãe da criança foi encaminhada para a sede do 3º Pelotão para que fosse registrado o Boletim de Ocorrência.

Em Irati, um homem ameaçou dar um tiro e jogar pedras na casa do vizinho. A situação ocorreu na noite de ontem, 12, na rua Santa Catarina. Na oportunidade, um homem relatou a Polícia Militar que colocou uma câmera de monitoramento nos fundos da residência de sua mãe. Porém, o vizinho, que mora nos fundos da casa, na rua Espírito Santo, não gostou da atitude do homem. Ele ameaçou dar um tiro no vizinho e jogar pedras no seu imóvel. O autor da ameaça assinou Termo Circunstanciado.

Ainda em Irati, um homem, de 61 anos, foi agredido com vários socos na rua Antônio Lopes, no bairro Canisianas, na noite de ontem. O morador disse que foi atingido por um homem, de 31 anos, que mora nos fundos de sua residência. O homem agredido disse que o autor chegou em casa embriagado e lhe acusou de pegar uma quantia em dinheiro. Depois disso, os dois tiveram uma discussão. A vítima sofreu uma lesão no rosto. Já o autor da ameaça assinou o Termo Circunstanciado.

Já em Teixeira Soares, um motorista foi detido por embriaguez ao volante após um acidente na rua Teófilo Desanoski. Conforme a PM, um veículo Gol, cinza, colidiu em um outro Gol, vermelho, que estava estacionado na via pública. Os policiais constataram que um dos condutores apresentava sinais de embriaguez. O motorista confirmou que havia ingerido bebidas alcoólicas.

Os policiais verificaram que o condutor não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele foi encaminhado ao Destacamento da PM de Teixeira Soares, onde realizou o teste do bafômetro. O resultado apontou 0,88 mg/l de álcool no organismo. Por isso, o motorista foi encaminhado para a Delegacia. Já o veículo foi entregue para uma condutora habilitada. De acordo com os policiais, o acidente resultou apenas em danos materiais.