Publicidade Topo

notícias

Iraty vence Batel e conquista primeira vitória na terceirona do Paranaense

Com um gol do zagueiro Rogério, Azulão venceu a partida por 1 a 0. Goleiro do Iraty, João Paulo, defendeu um pênalti quando jogo estava empatado sem gols/Rodrigo Zub

Foto do Iraty durante estreia na terceirona contra o Patriotas. Foto: Iraty/Facebook-Divulgação

O Iraty conseguiu a primeira vitória na terceira divisão do Campeonato Paranaense. O Azulão venceu o Batel, de Guarapuava, por 1 a 0, com gol marcado pelo zagueiro Rogério aos 33 minutos do primeiro tempo. O jogo aconteceu na tarde desta quarta-feira, 6, no estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati.

Com o triunfo, o time comandado por Karmino Colombini somou os três primeiros pontos na classificação do grupo B. Na estreia, a equipe havia sido derrotada pelo Patriotas, por 3 a 0, no estádio Atílio Gionédis, em Campo Largo, no sábado, 2.

O jogo entre Iraty e Batel foi de poucas oportunidades. No primeiro tempo, o time visitante teve a chance de abrir o placar aos 28 minutos. Após um pênalti cometido por Almeida, o goleiro João Paulo defendeu a cobrança do atacante Douglinhas. Cinco minutos depois, o Azulão saiu na frente com Rogério. O zagueiro aproveitou cruzamento de Luquinha e cabeceou sem chances de defesa para o goleiro Anderson Testa.

Quer receber conteúdo local da Najuá? Confira a descrição do grupo

No segundo tempo, o Batel teve mais posse de bola e pressionou em alguns momentos. Porém, a equipe guarapuavana não conseguiu transformar a superioridade em lances de perigo ao goleiro João Paulo. No início do segundo tempo, o Iraty quase ampliou a vantagem com Thiago Juan que acertou o travessão. O Batel também acertou uma bola na trave. Após cruzamento para a área, o lateral Marra desviou na direção do seu próprio gol e quase marcou contra. Cada uma das equipes ainda desperdiçou uma oportunidade de gol.

O Iraty teve dificuldades para concluir a transição entre o meio campo e o ataque. Com os jogadores ofensivos isolados em alguns momentos, o Azulão pouco ameaçou a meta de Anderson Testa. Por outro lado, o setor defensivo não errou e conseguiu segurar a vantagem de 1 a 0. Rogério e Emanuel Novak foram os destaques na defesa do Iraty.

A curiosidade foi que o Batel teve apenas 12 jogadores à disposição do treinador Mariozan Felipe Silva. Com isso, o técnico contou com apenas um atleta no banco de reservas. O único suplente era o meio-campista, Guilherme, que entrou na vaga de Matheus no intervalo do jogo. Na primeira rodada, o Batel também só tinha 12 jogadores disponíveis para enfrentar o Grecal no estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava. Durante a partida que terminou empatada em 1 a 1, o Batel teve o zagueiro João Victor expulso. Por isso, ele cumpriu suspensão e não jogou contra o Iraty.

O confronto entre Iraty e Batel teve profissionais da região na arbitragem. O árbitro foi o reboucense, Matheus Scavinski. O também reboucense, Diego Ruan Pacondes da Silva, atuou na função de quarto árbitro. Já os iratienses Gabrielle Sílvia de Quadros Ribeiro e Tiago Luis Brandalise foram os Delegados da partida.

Com três pontos, o Iraty ocupa a quarta posição do grupo B. O Foz do Iguaçu lidera o grupo com seis pontos após vencer o Patriotas, por 1 a 0, na tarde desta quarta-feira, 6, no estádio do ABC, em Foz do Iguaçu. Já no outro jogo do grupo B, o Grecal perdeu em casa para o Paranavaí, pelo placar de 4 a 2, no estádio Atílio Gionédis, em Campo Largo.

Na próxima rodada da terceirona, o Iraty joga contra o Grecal, no domingo, 10, às 15h30, em Campo Largo.

Ficha Técnica: 

Iraty 1x0 Batel

Local: Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati

Horário: 15h30

Data: 06/10/2021

Cartões amarelos: Rogério, Douglas e Thiago Juan (Iraty); Tete, Brasília e Matheus (Batel)

Gol: Rogério aos 33 minutos do 2º tempo

Árbitro: Matheus Scavinski (Rebouças)

Assistentes: João Cleber Cecatto Wagner e Francisco Moacir Mezalira

Quarto árbitro: Diego Ruan Pacondes da Silva

Delegados: Gabrielle Sílvia de Quadros Ribeiro e Tiago Luis Brandalise

Iraty: João Paulo, Daniel Colombini, Rogério, Bruno e Marra; Emanuel Novak, Almeida, Renan (Douglas) e Thiago Juan (Dourado); Luquinha (Danilo) e Coutinho. Técnico: Karmino Colombini.

Batel: Anderson Testa, Hercules, Tete, Charles e Thiaguinho; Gago, Matheus (Guilherme), Alisson e Fernando; Douglinhas e Brasília. Técnico: Mariozan Felipe Silva.