Publicidade Topo

notícias

Com gol do estreante Roberto Pitio, Iraty quebra invencibilidade do Foz do Iguaçu

Azulão venceu por 1 a 0, com um gol de pênalti do atacante, que ainda foi expulso pela arbitragem/Rodrigo Zub

Roberto Pitio (foto) fez o gol da vitória do Iraty. Foto: Divulgação

Após duas derrotas consecutivas, o Iraty Sport Club voltou a vencer na terceira divisão do Campeonato Paranaense. Na tarde desta quarta-feira, 20, o Azulão venceu o Foz do Iguaçu, por 1 a 0, com um gol de Roberto Pitio, que fazia sua estreia com a camisa do clube. 

O atacante marcou em uma cobrança de pênalti aos 41 minutos do segundo tempo. Durante a comemoração, o atleta se desentendeu com o massagista do time visitante e recebeu o segundo cartão amarelo. Com isso, ele foi expulso da partida.


Essa foi a segunda vitória do Iraty na competição. A equipe soma seis pontos na classificação do grupo B e ocupa a quarta posição. Já o Foz do Iguaçu perdeu a invencibilidade na terceirona e também a liderança do grupo. O time da fronteira possui 12 pontos e foi ultrapassado pelo Paranavaí, que tem a mesma pontuação, mas leva vantagem no saldo de gols. O Patriotas está em terceiro lugar com nove pontos. O Grecal é o quinto colocado com quatro pontos. Já o Batel é o lanterna com apenas um ponto. 

No sábado, 23, Foz do Iguaçu e Iraty voltam a se enfrentar no estádio do ABC, em Foz do Iguaçu, pela sexta rodada da primeira fase da terceira divisão.

Jogo teve poucas oportunidades: O técnico Karmino Colombini promoveu algumas alterações no time titular. Utilizado como meio-campista nas rodadas anteriores, Coutinho atuou na lateral direita. Bruno, Rogério e Emanuel formaram o trio na zaga. Matheus Rosa entrou no meio campo e Roberto Pítio fez sua estreia no ataque. Aplicado taticamente, o Iraty deu poucos espaços e dificultou a criação de jogadas do Foz do Iguaçu. No entanto, o Azulão não levou perigo a meta do goleiro Neto no primeiro tempo. 

Os dois times perderam jogadores machucados ainda na primeira etapa. O Foz do Iguaçu ficou sem Vinicius, que saiu para a entrada de Andrei, logo aos 15 minutos. Já o Iraty ficou sem Almeida, que se contundiu aos 24 minutos. Mohá entrou na vaga do volante. 

No segundo tempo, o Foz do Iguaçu teve mais posse de bola, mas encontrou dificuldades para superar a defesa do Iraty. Bem postado o setor defensivo do Azulão teve atuação de destaque. Os visitantes só tiveram uma chance de gol com Andrei, que parou em boa defesa do goleiro João Paulo.

Aos 38 minutos do segundo tempo aconteceu o lance que definiu o jogo amarrado e de poucas oportunidades. Após cobrança de escanteio do Iraty, o goleiro Neto, do Foz do Iguaçu, estava com a bola em suas mãos, quando atingiu um chute na canela do zagueiro Emanuel, que havia caído após a disputa. O árbitro Marcos Vinicius Soares Martins assinou o pênalti e expulsou o goleiro. O treinador Pedrinho Maradona já havia realizado as cinco substituições. Sendo assim, o lateral Manoel assumiu o gol do Foz do Iguaçu. O centroavante Roberto Pitio converteu o pênalti no canto direito do goleiro improvisado, que se mexeu para o outro lado. 

Durante a comemoração do gol, o atacante do Iraty correu em direção ao banco do Foz do Iguaçu e gesticulou de maneira provocativa. Com isso, ele se desentendeu com o massagista do time visitante, Janir de Lima. Os dois foram expulsos pela arbitragem. Sendo assim, o Azulão também terminou a partida com um jogador a menos. Em função das paralisações durante o segundo tempo, o árbitro deu 11 minutos de acréscimos. Mesmo assim, o Foz do Iguaçu não ameaçou a meta do Iraty, que comemorou a segunda vitória na competição. 

Ficha Técnica

Campeonato Paranaense da 3ª divisão

5ª rodada da 1ª fase

Iraty 1x0 Foz do Iguaçu

Local: Estádio Coronel Emílio Gomes, em Irati

Horário: 15h30

Gol: Roberto Pitio aos 41 minutos do 2º tempo

Cartões amarelos: Rogério, Roberto Pitio, Bruno, Valsir e Emanuel (Iraty); Paulo Henrique, Manoel e Neto (Foz do Iguaçu)

Cartões vermelhos: Roberto Pitio (Iraty) e Neto (Foz do Iguaçu)

Árbitro: Marcos Vinícius Soares Martins

Assistentes: Matheus Gurski Szymczak e Luciano Cordeiro

Quarto árbitro: Diego Ruan Pacondes da Silva

Delegado: Tiago Luis Brandalize

Iraty: João Paulo, Rogério, Emanuel e Bruno; Coutinho (Dourado), Almeida (Moha), Reinaldo (Renan), Matheus Rosa e Marrá; Luquinha (Matheus Gomes) e Roberto Pitio. Técnico: Karmino Colombini

Foz do Iguaçu: Neto, Manoel, Diego, Eduardo e Arisson (Samuel); Maycon, André (Vitor), Arthur (Wesley) e Vinicius (Andrei); Xavier e Bruno (Paulo Henrique). Técnico: Pedrinho Maradona.