Publicidade Topo

notícias

Colégio Xavier oferecerá curso de Desenvolvimento de Sistemas em 2022

Instituição também continuará oferecendo o tradicional curso de Formação para Professores. Pré-inscrições já estão abertas/Karin Franco, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Sava

Colégio Antônio Xavier da Silveira. Foto: Divulgação

Com a implantação do novo Ensino Médio, o Colégio Estadual Antônio Xavier da Silveira, de Irati, trará novidades aos alunos. Uma delas é a criação do curso de Desenvolvimento de Sistemas. Além disso, o tradicional curso de Formação de Professores passará por modificações, como a diminuição do tempo de curso.

Os cursos serão ofertados aos alunos que ingressarão no Ensino Médio e serão integrados ao currículo. Poderão se matricular nos cursos, os alunos que estão completando o 9º ano do Ensino Fundamental.

O curso de Desenvolvimento de Sistemas será voltado aos alunos que tenham afinidades com tecnologia e tenham interesse em programação. “Esse curso tem o objetivo de atingir aquelas pessoas que tem habilidades com a área de sistemas, de informática, de tecnologia. Esse curso tem o objetivo de trabalhar com programação específica. Para isso foi feito um estudo no estado do Paraná inteiro em que percebemos que 30% a 40% da força do trabalho vai necessitar no futuro de pessoas que tenham habilidades nessas áreas”, disse a diretora do Colégio, Maria Amelia Ingles, que concedeu entrevista à Najuá.


O curso poderá ser feito junto concomitante com o Ensino Médio e possibilitará que o aluno termine a sua formação com uma profissão. “Esse trabalho com o curso profissionalizante do técnico em Desenvolvimento de Sistemas vai ser feito exatamente para que possamos buscar as pessoas habilitadas a manutenção de sistemas, a contribuir decisões técnicas tomadas pelas empresas, e principalmente, para que possamos ter setores diferentes para que as pessoas possam trabalhar no futuro com áreas que tenham se desenvolvido mais no momento”, explica Maria Amelia.

Já o curso de Formação de Docentes passará por modificações para se integrar ao novo Ensino Médio. “Até esse ano ele funcionava e era ofertado em quatro anos. E a partir do ano que vem, já com o novo Ensino Médio, nosso curso será ofertado em três anos”, explica a coordenadora do Curso de Formação de Docentes, professora Elisangela Cristina Mendes Dlugosz.

O curso continuará com a formação de profissionais para atuar nas séries iniciais do Ensino Fundamental e na educação infantil. Porém, será voltado aos alunos que estarão começando o Ensino Médio. Alunos que já tenham iniciado ou terminado o Ensino Médio não poderão se matricular.

Os dois cursos serão presenciais no próximo ano. No caso do curso de Formação de Docentes há momentos em que algumas atividades serão em outros locais. “No caso de Formação de Docente temos uma peculiaridade porque tem uma carga horária grande e terá sim uma atividade que vai ser feita que não chamamos de remota, chamamos de atividade não presencial. Por quê? Porque pode ser não somente através do Classroom, do Google Meet, para que fizéssemos essas atividades, mas pode ser, por exemplo, o professor está trabalhando para fazer uma aula e os alunos ficam em casa para produzir uma maquete ou o material. Essa aula não é presencial, mas conta como carga horária para fechar o curso”, explica a diretora.

Os alunos do curso de Formação de Docentes também terão experiências em outras escolas. “Todas as manhãs, com suas cinco aulas, e num dia da semana o aluno vem no período da tarde, fica aqui conosco o dia todo. Porque é o momento em que chamamos de prática de formação, ou vulgarmente falado de estágio. Depois desse momento que ficam presencial, eles vão para as escolas, que chamamos de estágio, mas falamos que é prática no campo, onde eles vão para os CMEIS, para as escolas e vão vivenciar a escola”, comenta.

No próximo ano, serão apenas 35 vagas para o curso de Formação de Docente. Se houver mais alunos interessados do que a quantidade de vaga disponível, um processo seletivo será realizado. “O aluno tem que ter do sexto ao nono ano as notas de matemática e de português. É feito uma média, essa média gera uma nota para ele. Fora isso, tem uma entrevista com o aluno”, conta a diretora.

Contudo, Maria Amelia ressalta que a pessoa que não tiver uma nota alta poderá ainda ter chance de aprovação por causa da entrevista. “Na entrevista vale uma pontuação boa. Às vezes, o aluno se supera na entrevista. Vemos o brilho no olhar do aluno. E ele acaba gabaritando a entrevista, soma e acaba conseguindo entrar”, destaca.

Além da entrevista, o processo seletivo conta com critérios previsto por legislação como renda e Bolsa Família.

De acordo com a diretora do Colégio Xavier, não há previsão de mais uma turma porque não há espaço físico disponível na escola que possui mais de 1.500 alunos. “No período da manhã colocamos Ensino Médio e os cursos profissionalizantes. No período da tarde deixamos para o Fundamental e o curso de Formação de Docentes ocupa sala no período da tarde também porque ele tem esse estágio, prática de formação que usa no período da tarde. E nós temos à noite também o Ensino Médio noturno e o curso técnico em Contabilidade e técnico em Administração. E agora estamos com quase tudo perfeito, quase extraoficial, o de Libras também. Temos três turnos de trabalho. Por isso, fica muito difícil, tira turma de qual para colocar mais uma?”, explica.

No momento, o Colégio Xavier está fazendo a pré-inscrição para os cursos de Desenvolvimento de Docentes e Desenvolvimento de Sistemas. Na pré-inscrição o aluno fornecerá seu nome e telefone para que seja informado sobre o período de matrículas. “Nós estamos no aguardo na instrução de matrícula e da inscrição mais formal. Quando nós tivermos essa informação, nós entraremos em contato com os alunos da pré-inscrição avisando toda a documentação necessária para levar para o colégio para poder se inscrever no curso”, explica a coordenadora.

A previsão é que as matrículas aconteçam até o dia 26 de novembro. Para fazer a pré-matrícula é possível entrar em contato com o colégio pelo telefone (42) 3423-2398 ou ir até à instituição pessoalmente.

A pré-inscrição também está sendo feita pela internet, por meio de formulários. Para o curso de Formação de Docentes, o formulário é neste endereço. Para o curso de Desenvolvimento de Sistemas, o endereço é este. Mais informações sobre os cursos e pré-inscrições podem ser encontrados no perfil oficial do Colégio Xavier no Facebook.

Novo Ensino Médio: O Colégio Xavier também se prepara para receber no próximo ano o novo Ensino Médio. Esta modificação pedagógica possibilitará a formação de alunos com o foco nas suas habilidades. “Nós teremos um ensino médio que vai ser voltado também para as habilidades de formação desse cidadão como um todo, onde teremos uma formação geral, o que chamamos agora – a nomenclatura correta – os itinerários formativos. Sendo dessa formação, ele preza muito pelo desenvolvimento humano dos alunos para que tenham habilidades para desenvolver, capacidades no futuro, para que eles se deem bem na sociedade no futuro e para que eles já desenvolvam desde o Ensino Médio habilidades específicas que vão cursar na universidade ou profissionalmente no futuro”, destaca a diretora.

A escola ainda espera algumas definições de normativas para terminar a preparação para o novo Ensino Médio, mas a expectativa é que a partir do próximo ano, sejam seis aulas semanais, ao invés das cinco aulas semanais que ocorrem atualmente. “Todas as escolas que forem implantar o Ensino Médio ano que vem terá que ter seis aulas por conta dessa carga horária e a implantação desses itinerários formativos que vão ampliar a visão de mundo desse aluno”, explica.