Publicidade Topo

notícias

Bombeiro é agredido durante salvamento de pessoas em Guamiranga

Segundo a Polícia Militar (PM), duas pessoas haviam caído em um poço. Agente foi agredido no momento em que fazia o isolamento do local

Foto: Divulgação PM

Um bombeiro foi agredido e ameaçado por moradores que acompanhavam uma ocorrência de salvamento de duas pessoas que haviam caído em um poço de uma propriedade rural na localidade de Boa Vista, em Guamiranga, na manhã de sexta-feira, 08. 

Segundo a Polícia Militar (PM), uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi até o local para prestar atendimento à ocorrência. Após solicitar que as pessoas se afastassem para que os bombeiros pudessem isolar o local, um sargento da equipe foi agredido e ameaçado. Ele levou um soco no rosto e teve alguns hematomas.

Depois de salvarem as vítimas, os bombeiros saíram rapidamente do local por conta dos ânimos exaltados. Policiais militares de Guamiranga e Imbituva atenderam à ocorrência. Eles foram até o barracão, mas não encontraram o agressor. Uma das pessoas estava exaltada e tentou resistir à abordagem. O homem foi algemado. Durante a imobilização dele, outro envolvido ameaçou matar o policial. Porém, devido à quantidade de pessoas no local, não foi possível identificar o autor da ameaça.

Durante o deslocamento para o Destacamento, policiais foram informados que o agressor reside nas proximidades da estrada rural de Boa Vista e que ele havia fugido com um caminhão branco em direção à sede do município. Os envolvidos foram encaminhados para o Pronto Atendimento de Guamiranga, onde foi registrado o laudo de lesões corporais. Depois, eles foram levados para o destacamento, onde assinaram o Termo Circunstanciado.

Imbituva - Em Imbituva, a PM recebeu várias ligações anônimas dando conta de que um estabelecimento comercial localizado na Rua Antônio José Coco estava com som alto. O proprietário foi encaminhado para a sede do 3º Pelotão para assinar o Termo Circunstanciado. Uma caixa de som foi apreendida.


Teixeira Soares- Já em Teixeira Soares, policiais foram informados de que um homem estaria agredindo uma mulher em frente a um bar, na Rua Teófilo Desanoski. Ao perceber a presença da viatura, o homem fugiu em um Fusca, mas foi abordado na Rua Tiradentes. Segundo a PM, o motorista apresentava sinais de embriaguez. A mulher relatou que não foi agredida. O condutor se recusou a fazer o teste do bafômetro, se exaltou e foi contido pelos policiais. O veículo não tinha pendências e foi entregue para outro motorista habilitado. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Teixeira Soares.

Irati: Em Irati, a PM foi até a Rua das Arapongas, no Alto da Lagoa, na noite de ontem, onde uma mulher relatou que um homem chegou em sua residência, fez menção de estar armado e a ameaçou de morte. Policiais foram até a casa do autor. O homem confirmou que esteve na residência da vítima para conversar sobre o fato de sua filha adolescente ter sido ofendida por ela. Porém, houve uma discussão entre os dois. Ambos foram levados para a sede da 8ª Cia, onde foi registrado Termo Circunstanciado. Depois disso, os dois foram liberados.

Mais tarde, a PM prestou atendimento a uma colisão entre uma motocicleta Honda CB 300 e um Fiat Uno na Rua Doutor Munhoz da Rocha, no centro. Os envolvidos não tiveram ferimentos. No entanto, o motociclista não possui CNH. A moto foi liberada para uma pessoa habilitada. Já o automóvel tinha débitos de IPVA e licenciamento. O veículo foi recolhido ao pátio da 8ª Cia.

Já na madrugada de hoje, um homem entrou no pátio de uma residência para se esconder de outras pessoas que tentavam agredi-lo. Ele estava ensanguentado, confuso e apresentava sinais de embriaguez, como desorientação e desequilíbrio, quando correu na direção dos policiais para pedir ajuda. O homem relatou que foi agredido com uma barra de ferro por várias pessoas. Entretanto, ele não conseguiu identificar os agressores. O Corpo de Bombeiros encaminhou a vítima até o Pronto Atendimento Municipal.