Publicidade Topo

notícias

Prudentópolis perde em casa e agora luta contra rebaixamento para 3ª divisão do Paranaense

Derrota para o Andraus deixou Prudentópolis na oitava posição entre os dez times que disputam segundona. Time precisa de um empate na última rodada para evitar o descenso/Rodrigo Zub

Prudentópolis perdeu em casa para o Andraus, por 1 a 0. Foto: PFC TV Prudentópolis

O Prudentópolis não tem mais chances de classificação para a semifinal da segunda divisão do Campeonato Paranaense. Ontem, o time perdeu em casa para o Andraus, por 1 a 0, em jogo disputado no estádio Newton Agibert, em Prudentópolis. Flávio fez o gol da vitória dos visitantes aos 25 minutos da segunda etapa. O Prude terminou a partida com um jogador a menos após a expulsão de Jonathan, no início do segundo tempo, quando o placar ainda estava empatado sem gols.

Após o jogo, o treinador do Prudentópolis, Carlos Nunes, lamentou a derrota do seu clube e disse que agora o objetivo é evitar a queda para a terceira divisão. “Às vezes muitas condições fogem do nosso alcance. Não era isso que eu esperava, a expulsão, trabalhamos em cima do nosso adversário, não conseguimos, um jogador a menos ficou difícil, tomamos o gol e não tivemos condições de reagir”, afirmou Nunes durante entrevista ao repórter Elio Kohut do blog “Intervalo da Notícia”.

Para garantir a permanência na divisão de acesso, o Prudentópolis precisa de um empate na última rodada da primeira fase contra o PSTC, no sábado, 25. Faltando uma rodada para o fim da primeira fase, o Prudentópolis está em oito lugar com nove pontos. Os dois últimos colocados ao final da primeira fase serão rebaixados para a terceira divisão.


“Situação difícil, mas é uma realidade. Ninguém trabalha para perder, mas só que dois times entram em campo com a mesma intenção, infelizmente a equipe não conseguiu o empate, a reação como está acontecendo nos outros jogos. Mais uma vez tomamos um gol que nos tira o sono agora é trabalhar, colocar na cabeça dos jogadores a necessidade de conseguir resultado positivo contra PSTC e manter o time do Prudentópolis onde nós pegamos”, enfatiza o treinador da equipe.

Profissionais da arbitragem da região trabalharam no jogo entre Prudentópolis e Andraus na tarde de ontem. O quarto árbitro foi Matheus Scavinski, de Rebouças. Tiago Luis Brandalize e Isis Bernadete Azevedo, ambos de Irati, trabalharam na função de delegados da partida.

Ontem, mais quatro partidas aconteceram pela segunda divisão do Campeonato Paranaense. Apucarana e Iguaçu empataram sem gols. O Araucária perdeu para o Verê, por 2 a 1, no estádio Atílio Gionedis, em Campo Largo. O União, de Francisco Beltrão, venceu o Nacional, por 3 a 1, no estádio Erich George, em Rolândia. Já o Independente São-Joseense ganhou do PSTC, pelo placar de 2 a 1, no estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais. 

Com esses resultados, o Independente São-Joseense mantém a liderança da segundona com 16 pontos. O time da Região Metropolitana de Curitiba já garantiu a classificação antecipada para a semifinal. União e Andraus dividem a segunda colocação com 13 pontos. Fechando o G-4, o Apucarana possui 12 pontos. Os quatro primeiros colocados da primeira fase avançam para a semifinal. O PSTC também soma 12 pontos, mas está atrás no critério de saldo de gols. O Iguaçu, de União da Vitória, é o sexto colocado com 11 pontos. O Verê aparece em sétimo lugar com nove pontos. O Prudentópolis é o oitavo colocado com nove pontos. Na zona de rebaixamento estão Nacional com seis pontos e Araucária, que tem apenas dois pontos e já está matematicamente rebaixado para a terceirona.