Publicidade Topo

notícias

Polícia Ambiental apreende 26 aves silvestres em Irati

Responsável pelas aves foi detido e recebeu multa de mais de R$ 112 mil

26 aves silvestres, 24 gaiolas e dois alçapões foram apreendidos em Irati. Foto: Polícia Ambiental

A Polícia Ambiental apreendeu 26 aves silvestres, 24 gaiolas e dois alçapões em Irati. O responsável foi preso e conduzido para a Delegacia. A ocorrência foi registrada na quinta-feira, 2.

Policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão após uma denúncia no telefone 181. Três aves apreendidas estavam sem anilhas. Mais três apresentavam indícios de membros quebrados, amputação e cegueira. Segundo a Polícia Ambiental, foi constatado a situação de maus tratos e viveiros e gaiolas em péssimas condições de higiene. Dentro da residência vistoriada foram encontradas 261 anilhas para pássaros silvestres. 

Ao conferirem a lista de passeriformes registrados, os policiais constataram que 116 aves foram vendidas sem autorização do órgão ambiental. Também foi constatada a adulteração de anilhas. As multas aplicadas ao responsável pelas aves chegaram a R$ 112.500. 

As aves foram encaminhadas ao Instituto Água e Terra (IAT) para avaliação e tratamento por um profissional habilitado, assim como as anilhas para a devida destinação. De acordo com a Polícia Ambiental, o homem permaneceu preso, pois o crime de falsificação de anilhas é inafiançável.


Foto mostra ave com perna amputada e anilha violada. Foto: Polícia Ambiental