Publicidade Topo

notícias

Moradores de Imbituva arremessam pedras, tijolos e pedaços de madeira contra policiais

Algumas pessoas foram detidas e conduzidas para 13ª SDP de Ponta Grossa

Segundo PM, cerca de 50 pessoas desacataram a equipe. Confusão ocorreu na Avenida Sete de Setembro na noite de domingo, 19. Foto: WhatsApp/Divulgação

Moradores de Imbituva arremessaram pedras, tijolos e pedaços de madeira contra policiais militares na noite de domingo, 19. A equipe foi acionada inicialmente para atender uma ocorrência de perturbação de sossego na Avenida Sete de Setembro.

No momento que os policiais abordaram o autor da perturbação, aproximadamente 50 pessoas começaram a desacatar a equipe com xingamentos. Segundo a polícia, alguns estavam exaltados e investiram com chutes, socos e arremessando garrafas. Os policiais tiveram que utilizar o bastão e gás de pimenta para conter os agressores.

Dois policiais foram cercados por algumas pessoas que arremessaram pedras, tijolos e pedaços de madeira. De acordo com a PM, um homem, de 40 anos, reagiu a abordagem e atingiu um dos solados com um soco. Foi necessário uso de spray e algemas para contê-lo. Um jovem, de 21 anos, também resistiu à prisão e precisou ser contido com algemas. Já uma adolescente, de 16 anos, foi conduzida no banco de trás da viatura. Outras pessoas abordadas foram encaminhadas para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa. A menor foi acompanhada por sua mãe.


Também em Imbituva, um homem assinou Termo Circunstanciado em virtude de som alto. Os policiais realizavam patrulhamento na área central da cidade quando constataram que algumas pessoas estavam bebendo e atrapalhando a circulação de veículos.

A equipe percebeu que alguns xingavam os policiais toda vez que a viatura passava pelo local. Um veículo Chevette estava com som alto. O responsável pelo veículo foi notificado e assinou Termo Circunstanciado na sede do 3º Pelotão da PM. Já o som do carro foi apreendido.

Em outra ocorrência em Imbituva, a PM constatou que um motociclista estava embriagado. Ele estava transitando com sua moto Honda CB 300 pela Travessa Aldino Dussi em frente ao 3º Pelotão da PM. Em um determinado momento, ele parou a moto e acelerou cortando giro, ou seja, aumentando a rotação. Em seguida, ele deixou o local. Aproximadamente 20 pessoas estavam na via pública, segundo a PM, o que gerou risco de um acidente.

Os policiais conseguiram abordar o motociclista na rua dos Imigrantes. Foi constatado que o jovem, de 23 anos, não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O rapaz estava com sinais de embriaguez, como hálito etílico e os olhos vermelhos. Ele realizou o teste do bafômetro que teve resultado de 0,44 mg/l de álcool no organismo.

O motociclista foi detido por embriaguez ao volante e encaminhado para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa. Ele também foi autuado pelo crime de direção perigosa com risco de dano. A moto foi recolhida ao pátio do 3º Pelotão da PM.