Publicidade Topo

notícias

SESI está com inscrições abertas para turma do EJA

São ofertadas 40 vagas para interessados em concluir os estudos. Aulas online iniciam no dia 11 de agosto/Karin Franco, com reportagem de Juarez Oliveira

Aulas serão online em virtude da pandemia de coronavírus. Foto: Colégio SESI/Divulgação

O Colégio SESI da Indústria de Irati está com 40 vagas abertas para o curso gratuito de Educação de Jovens e Adultos (EJA). O curso é voltado para pessoas com mais de 18 anos que não completaram o Ensino Médio. “Essas vagas são para EJA, que é um programa de Educação de Jovens e Adultos, para maiores de 18 anos. O aluno vem na nossa unidade e termina o Ensino Médio”, explica a funcionária do setor de relações comerciais do Senai, Maraisa Castro.

A previsão é que as aulas desta nova turma iniciem no dia 11 de agosto. As aulas estão sendo realizadas de modo totalmente online em virtude da pandemia de coronavírus. “O aluno vai ter acesso de um link de uma plataforma adquirida pelo Sistema FIEP [Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná], através do SESI [Serviço Social da Indústria], que se chama 'Time to Know'. O aluno vai entrar com o login e senha individual e vai ter acesso aos vídeos, às aulas em arquivo, às provas, ele vai ter acesso com todo esse material. Dentro da nossa unidade criamos grupos de WhatsApp para ter uma conversação entre a pedagoga e o aluno. Porque, às vezes, o aluno está com alguma dificuldade em alguma coisa, a pedagoga vai auxiliá-lo nessa questão”, conta Maraisa.

Antes da pandemia, as aulas eram online, mas o aluno comparecia de forma presencial somente uma vez por semana, onde ele podia tirar dúvidas. Além disso, uma vez por semana havia aula ao vivo, onde os alunos também poderiam interagir com o professor. Segundo a funcionária do Senai, não há previsão para a volta desse sistema e as aulas continuarão 100% online.


A duração do curso é de um ano e meio, independente do ano em que o aluno parou no Ensino Médio. “Parou no primeiro ano, não concluiu o primeiro ano. Ou parou no segundo ano ou terceiro. Não faz diferença para nós. Ele vai demorar o mesmo período, um ano e meio, porque a gente faz por disciplina. O aluno vai fazer a disciplina de português dos três anos: do primeiro, do segundo e do terceiro. Concluiu a disciplina de português, ele vai passar para outra disciplina. Nesse período de um ano e meio, ele vai fazendo por disciplina”, revela Maraisa.

O aluno também pode eliminar algumas disciplinas caso já tenha iniciado algum curso de EJA. “Esse um ano e meio pode ser menos tempo se o aluno, por ventura, já fez alguma disciplina em outra instituição. A gente faz o aproveitamento e a dispensa dessa disciplina. Ele consegue, de repente, entrar em alguma outra turma que tenha essa disciplina que eles precisam fazer e ele acaba terminando antes”, explica.

Como as aulas são 100% online, os alunos poderão ter ajuda para acompanhar as atividades que podem ser acessadas em um computador ou celular com acesso à internet. Os alunos que efetivarem a matrícula receberão gratuitamente um chip com 20GB de internet. O chip pode ser usado em um celular e não possui acesso à linha telefônica, apenas à internet. O chip faz parte de um programa de gratuidade do Sistema Fiep. “Esse chip é para todos que tiverem interesse e precisarem porque eles podem acessar de manhã, de tarde, de noite, de madrugada, na hora do almoço, na hora que eles tiverem o tempo para acessar”, disse a funcionária do Senai.

Esta é a quinta turma do EJA que o SESI está abrindo. De acordo com Maraisa, a procura pelo curso tem sido positiva. “É gostoso a gente ouvir as histórias dos nossos alunos porque cada um deles tem um motivo de ter parado. Boa parte deles parou porque precisava na época trabalhar, ajudar em casa. Cada um tem o seu motivo e hoje a gente reavivar esse sonho do aluno, ver que é possível ele terminar, nos causa grande alegria dentro da nossa unidade porque impulsiona esse aluno a terminar o Ensino Médio de forma gratuita. E ele pode aproveitar, dentro da nossa unidade, ou onde ele esteja até ingressar no Ensino Superior. Aqui na nossa unidade nós damos uma oportunidade em forma de descontos para os nossos alunos EJA para eles terminarem o Ensino Médio e fazer um curso técnico também”, comenta.

Na área de cursos técnicos, os descontos para quem continuar os estudos após as aulas gratuitas pode chegar até 35%. “O aluno está fazendo o Ensino Médio e já quer fazer um curso técnico, ele vai ter 35% de desconto e ele pode fazer junto. Então, ele termina em um ano e meio o Ensino Médio e mais meio ano, ele já tem uma formação técnica. Nessa formação técnica ele vai poder prestar concursos, vai poder abrir a própria empresa, vai poder prestar serviços se ele tiver interesse em algumas das indústrias da região”, explica.

Para participar do EJA, o aluno precisa realizar a matrícula na unidade do Senai. É preciso levar os documentos de RG e CPF (Carteira Nacional de Habilitação não é válida), uma foto 3X4, comprovante de endereço (pode ser em nome de terceiros), histórico escolar e certidão de nascimento ou casamento.

Quem mora fora de Irati também pode fazer a matrícula. A unidade já recebeu alunos da região e pode até fazer parcerias com outras cidades para buscar a documentação e efetivar a matrícula. “Foram 39 alunos só da Agência do Trabalhador que a gente anunciou em Imbituva. A gente fez uma parceria com a agência, foi feito uma divulgação na cidade e dentro dessa cidade veio 40 alunos para fazer. Porque a gente fez esse passo. Se o aluno diz: ‘Ah eu moro em tal lugar”. Por exemplo, Imbituva é uma cidade que sempre estamos indo, podemos combinar sim de buscar documentação. Mallet é uma cidade que a gente está com uma parceria com a prefeitura através com as nossas unidades móveis. As cidades ao redor vizinhas sinalizam quem quer e damos um jeito de ir até a pessoa, marcar um dia que a gente já tenha algum compromisso dentro da cidade para ir buscar essa documentação, mas infelizmente precisamos mesmo para a matrícula”, disse.

As matrículas podem ser feitas na unidade do Senai em Irati localizada na Coronel Emílio Gomes, nº 3, próximo à prefeitura e ao Corpo de Bombeiros. O telefone para tirar dúvidas sobre o curso é (42) 3421-4882. Já o WhatsApp é (42) 3421-4871.