Publicidade Topo

notícias

Região termina julho com três municípios com mais demissões do que contratações

Imbituva, Irati e Rio Azul terminaram o mês de julho com saldo negativo de vagas de trabalho, ou seja, com mais demissões do que admissões/Karin Franco

Dados registrados nas dez cidades que fazem parte da Amcespar no mês de julho. Foto: Divulgação

A região Centro-Sul terminou o mês de julho com apenas três municípios registrando mais demissões do que contratações. Os municípios com saldo negativo de emprego foram Imbituva, Irati e Rio Azul. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O maior saldo negativo foi em Imbituva que registrou em julho 349 admissões e 366 demissões, trazendo um saldo negativo de 17 vagas no mercado de trabalho. Em seguida está Irati, que ficou com um saldo negativo de seis vagas. O município gerou 316 vagas de trabalho e registrou 322 demissões. O último município a registrar saldo negativo foi Rio Azul, com 55 contratações e 60 demissões, resultando em um saldo negativo de cinco vagas.

Outras sete cidades conseguiram fechar o mês de forma positiva. Prudentópolis foi o município com o maior saldo positivo, com 275 admissões e 222 demissões, gerando o saldo positivos de 53 vagas. O segundo município a contratar mais do que despedir em julho foi Inácio Martins, que teve 89 contratações e 53 demissões, gerando um saldo positivo de 36 vagas. Já em Mallet, o saldo positivo foi de 33 vagas, com 115 admissões e 82 demissões. Rebouças também conseguiu um saldo positivo de 23 vagas, com 71 contratações e 48 demissões. Em Teixeira Soares o mês de julho registrou 60 admissões e 45 demissões, gerando um saldo positivo de 15 vagas.


Guamiranga e Fernandes Pinheiro foram os municípios com os menores saldos positivos. Guamiranga se recuperou do resultado negativo do mês de junho e conseguiu ter um saldo positivo de duas vagas, com 18 admissões e 16 demissões. Já em Fernandes Pinheiro, o saldo positivo foi de três vagas, com 22 contratações e 19 pessoas que perderam o emprego.

Centro-Sul: Ao todo, a região Centro-Sul continuou registrando saldo positivo de vagas no mês de julho, com um saldo positivo de 137 vagas, com 1.370 admissões e 1.233 demissões. No acumulado do ano, a região gerou até julho 9.862 vagas de trabalho e demitiu 7.998 pessoas. O saldo do ano é positivo com uma diferença de 1.864 vagas.

O resultado positivo segue número vistos no Paraná e no Brasil. No estado, 123 mil postos de trabalho foram registrados no acumulado do ano contra mais de 109 mil desligamentos. O resultado foi um saldo positivo de 14 mil vagas a mais no ano.

No Brasil, o País terminou o sétimo mês seguido registrando mais admissões do que demissões, com 316,6 mil vagas registradas a mais no mercado de trabalho. No acumulado do ano, o País já registrou 1 milhão e 600 mil trabalhadores contratados e 1 milhão e 300 mil demissões.

Além dos números de registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o Caged também reúne dados do e-Social e do Empregador Web.

As informações do Caged incluem dados com ajustes declarados até julho de 2021. O Caged ainda está processando dados de maio a julho de 2021 originados de declarações fora do prazo das empresas referentes ao grupo 3 do eSocial.

Dados acumulados nos sete primeiros meses do ano nos municípios que integram a Amcespar. Foto: Divulgação