Publicidade Topo

notícias

Proprietários de barracão assinam Termo Circunstanciado por promoverem festa com aglomeração de pessoas

Barracão, localizado nas proximidades do Conjunto Joaquim Zarpellon, estava com aproximadamente 200 pessoas sem máscaras

Foto: Divulgação PM

Proprietários de um barracão de aproximadamente 90 metros quadrados localizado nas proximidades do Conjunto Joaquim Zarpellon, em Irati, assinaram Termo Circunstanciado por promoverem uma festa com aglomeração de pessoas. A Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal (GM) foram até o local no início da madrugada de hoje, 28. Na chegada, os agentes e os policiais perceberam que havia muitos veículos nas proximidades. Ao avistar as equipes, um homem tentou fechar um portão.

Foi constatada a presença de aproximadamente 200 pessoas, que não estavam usando máscaras. Elas estavam consumindo bebidas alcoólicas e utilizando narguilé. Grande parte dos envolvidos correu para um matagal próximo. Outras pessoas permaneceram do lado de fora. Os responsáveis foram encaminhados para a sede da 8ª Cia para que fosse registrado o Termo Circunstanciado. A Guarda Municipal tomou as medidas administrativas necessárias.

Outras ocorrências: Na noite de ontem, 27, a atendente de um estabelecimento comercial localizado na Rua Luiz Luitz, na Vila São João, relatou que um casal estava causando transtornos e ameaçando os funcionários. Segundo a mulher, os dois envolvidos estavam pedindo para os trabalhadores saírem do local, dizendo que iam atirar neles. O casal forçou a saída empurrando o portão com uma caminhonete Hylux. Por medo de que eles retornassem, a PM foi acionada para fazer buscas e encontrou a caminhonete. Durante a abordagem, o condutor e a passageira estavam bastante exaltados, falando bastante e tentando resistir à abordagem.

Policiais encontraram uma pistola calibre 9 milímetros com nove munições intactas. O motorista confirmou que ele e a passageira haviam tomado vinho. Eles foram levados para a sede da 8ª Companhia, onde foi realizado o teste do bafômetro no condutor, que apontou 0,55 mg/l de álcool no organismo. Por isso, o homem foi detido e encaminhado para a delegacia. A mulher foi liberada logo após ser identificada.

Mais cedo, a equipe foi até um estabelecimento comercial na Rua 19 de Dezembro, onde a proprietária relatou que o morador de um apartamento que fica no andar de cima do mesmo prédio estava perturbando seu trabalho. Conforme a comerciante, o homem estava sapateando e fazendo muito barulho propositalmente, incomodando os clientes que estavam no local. Ela foi orientada a procurar a Delegacia para que sejam tomadas as medidas necessárias.


Imbituva: Em Imbituva, a Polícia Militar, com apoio das equipes de Ivaí e Guamiranga, se deslocou até a Avenida Sete de Setembro, onde realizou abordagens e notificações de trânsito. Em seguida, os policiais foram até o loteamento Água Verde, onde constataram uma aglomeração de aproximadamente 80 pessoas. Pouco depois, eles se deslocaram até o Parque Ambiental, onde abordaram cerca de 70 pessoas. Na chegada, alguns frequentadores fugiram a pé e outros com seus carros. Alguns motoristas tentaram atropelar os policiais. Durante as abordagens, nenhum objeto ilícito foi encontrado com as pessoas que estavam no local, que foram orientadas sobre o toque de recolher e a perturbação de sossego.

Guamiranga: Em Guamiranga, policiais avistaram um veículo Palio em alta velocidade. Durante a abordagem, foi constatado que o veículo tinha débitos na documentação. Após a regularização, o carro foi liberado para uma pessoa habilitada. O condutor realizou o teste do bafômetro, que apontou 0,39 mg de álcool no organismo. Ele foi detido por embriaguez ao volante e conduzido à Delegacia de Ponta Grossa.