Publicidade Topo

notícias

Homens ameaçam matar adolescente em Rebouças

Mãe do adolescente disse que um dos autores da ameaça estava com um machado e outro com uma garrucha

Foto: PM/Divulgação
Dois homens ameaçaram matar um adolescente, de 16 anos, em Rebouças, no sábado, 28. A mãe do menor relatou que um dos autores das ameaças estava com um machado e o outro disse que ia pegar uma garrucha.

O jovem ainda afirmou que foi agredido pelos dois homens. Ele mostrou a Polícia Militar que possuía ferimentos na mão direita. No momento da chegada dos policiais, os agressores fugiram a pé para uma mata que fica atrás de algumas residências. A PM de Rebouças realizou patrulhamento junto com a equipe da Rotam. Porém, os suspeitos não foram localizados. Mãe e filho foram orientados sobre os procedimentos que podem ser adotados.

Em Irati, a PM recebeu informações que havia um homem ameaçando atingir golpes de faca nos frequentadores do Parque Aquático. A situação foi registrada na tarde de sábado, 28. Policiais abordaram um rapaz com as características descritas. Ele estava agitado e parecia sob efeito de drogas. Durante a abordagem, uma pessoa relatou aos policiais que estava realizando atividades físicas quando foi ameaçada pelo homem com uma faca. O objeto foi encontrado pela PM. O autor das ameaças foi encaminhado para a sede da 8ª Cia, onde assinou o Termo Circunstanciado.


Em Imbituva, uma mulher foi agredida pelo namorado na manhã de sábado, 28. Policiais estiveram na residência do casal e constataram que a mulher apresentava sinais de embriaguez. O casal estava realizando uma festa com a presença de algumas pessoas na residência. A vítima saiu correndo da casa e conseguiu acionar a Polícia Militar. Os policiais realizaram buscas, mas não encontraram o agressor. A mulher sofreu escoriações no braço. No entanto, ela dispensou atendimento médico.

Em Ivaí, uma garrucha calibre 22 foi apreendida na rua Mato Grosso do Sul, na Vila Brasil, no sábado, 28. Policiais realizavam patrulhamento quando abordaram um homem que havia saído de um veículo Gol. Ele não portava objetos ilícitos. Na sequência, a equipe solicitou que os demais ocupantes saíssem do carro. Entretanto, a esposa do homem abordado demorou para sair e realizou alguns movimentos dentro do automóvel. 

A mulher também se negou a erguer a blusa para que fosse observada sua linha de cintura. Neste momento, os policiais observaram um volume semelhante a uma arma de fogo por baixo da calça da mulher. Ela estava com uma garrucha calibre 22 municiada. A passageira afirmou que a arma pertence ao seu marido que havia saído do carro e estava apenas escondendo para ele. Essa versão foi confirmada pelo rapaz. O advogado do casal acompanhou os procedimentos na sede do 3º Pelotão da PM. O casal, a arma e a munição foram encaminhados para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa.