Publicidade Topo

notícias

Homem assina Termo Circunstanciado por conduzir moto com a CNH cassada

Situação foi registrada em Imbituva. CNH do condutor está cassada até abril de 2023

3º Pelotão da PM de Imbituva. Foto: Google Maps

Um morador de Imbituva assinou o Termo Circunstanciado por conduzir uma motocicleta com a habilitação cassada. A ocorrência foi registrada na rua Anardina Alves Fagundes, na manhã de ontem, 19. 

Na ocasião, uma moto com dois ocupantes foi abordada. Nenhum deles portava objetos ilícitos. Porém, foi constatado que o condutor está com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cassada até o dia 4 de abril de 2023. Por isso, ele foi conduzido para a sede do 3º Pelotão da Polícia Militar de Imbituva para assinar o Termo Circunstanciado. Depois disso, o homem foi liberado. A moto Honda Biz 125 não possui pendências na documentação. Ela foi liberada para um condutor habilitado.

Em Rebouças, um botijão de gás foi furtado de uma residência na manhã de ontem, 19. O homem disse que encontrou a janela arrombada quando chegou em casa para almoçar. Moradores avistaram dois homens saindo do pátio da casa. Policiais realizaram patrulhamentos, mas não encontraram os autores do furto.


Um outro furto foi registrado em Rebouças. Um morador relatou que seu enteado furtou um machado de sua residência e provavelmente trocou por drogas, pois ele é usuário de entorpecentes. A PM realizou buscas, mas não localizou o suspeito.

Em Teixeira Soares, um adolescente, de 16 anos, que estava conduzindo uma moto sofreu uma queda. Ao receber ordem de parada, o menor fugiu em alta velocidade por várias ruas até que num determinado momento se desequilibrou e caiu da moto. Em virtude do acidente, o adolescente sofreu algumas escoriações. Ele foi levado para a Delegacia. O procedimento foi acompanhado pelos conselheiros tutelares do município.

Segundo a PM, a moto não possuía os números do chassi e do motor e também estava sem placa de identificação. Por esse motivo, a moto foi apreendida e entregue na Delegacia.

Em Irati, um outro condutor sem habilitação foi abordado na Avenida Vicente Machado. Ele estava conduzindo uma moto Honda CG 150. De acordo com os policiais, a moto estava com irregularidades no escapamento e também tinha débitos no licenciamento e IPVA desde 2014. Por isso, ela foi recolhida ao pátio da 8ª Cia.