Publicidade Topo

notícias

Cadastro para subsídio no transporte universitário de Rio Azul vai até dia 31 de agosto

Estudantes que cursam faculdade em Irati e União da Vitória terão subsídio de 50% no valor do transporte/Karin Franco, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Sava

Foto: Divulgação

Estudantes universitários de Rio Azul têm até o dia 31 de agosto para realizar o cadastro que oferece subsídio de 50% no transporte universitário. Os cadastros estão sendo realizados desde terça-feira (24), na Secretaria Municipal de Educação, que funciona na Casa da Cultura.

Confira o áudio da reportagem no fim do texto

O prefeito de Rio Azul, Leandro Jasinski, explica que o programa é uma oportunidade para os estudantes que fazem faculdade em Irati e União da Vitória. “É o bolsa transporte universitário onde nós vamos depositar na conta de cada universitário o valor correspondente a 50% da passagem do transporte. 50% do que custaria para ele ir hoje a União da Vitória ou Irati”, afirma.

Para realizar o cadastro, os estudantes precisam apresentar os documentos pessoais, comprovante que está estudando em uma universidade e algum contato da empresa de transporte. “A gente quer cadastrar todos os universitários para ter uma lista completa para já ter a relação de todos que vão estar recebendo esse benefício”, explica o prefeito.

Os estudantes que participarão do programa deverão dar uma contrapartida ao município com horas sociais. “Essas horas sociais compreendem em o universitário dar sua contribuição também como contrapartida de estar recebendo esse benefício. Por exemplo, serão dez horas durante o semestre. Então, terá que fazer dez horas de estágio, cada universitário na sua área de estudo. Por exemplo, alguém que está estudando Agronomia e vai fazer estágio na Secretaria de Agricultura. E assim por diante”, disse.

A fiscalização do programa ficará a parte da Associação dos Universitários que verificará se os estudantes estão frequentando as aulas.

O cadastro está sendo realizado neste momento para que os estudantes que iniciarem as aulas presenciais em setembro já possam usufruir do benefício. “Queríamos ter iniciado desde o início do ano, mas como estava tudo parado, algumas ameaçaram voltar, mas já parou de volta. Agora, as faculdades que forem voltando já irão voltar de vez. Não para mais. A pandemia, graças à Deus, está dando uma acalmada boa aqui em toda a nossa região, então com isso já podemos nos organizar um pouco melhor”, relata Leandro.

Ao todo, o programa terá um investimento de R$ 20 mil ao mês com recursos da prefeitura. Contudo, há a intenção de ampliar o valor futuramente. “Era uma promessa de campanha, uma necessidade e um incentivo a muitas pessoas que não estavam, não conseguiriam fazer a faculdade por mais esse custo. A gente pretende cada vez melhorar. Vamos iniciar com 50%, mas a nossa intenção é que a passo a passo é estar podendo melhorar ainda mais nesse valor”, ressalta o prefeito.

O programa é inicialmente voltado apenas para universitários, mas há uma expectativa de que ele possa ser estendido para alunos de cursos técnicos. Atualmente, a prefeitura de Rio Azul possui uma parceria com o município de Rebouças, onde os alunos das duas cidades conseguem ter transporte para um curso técnico em Palmeira.

Uniformes: Outro projeto na área da educação é a distribuição de uniformes aos alunos da rede municipal. “Vamos atingir toda a rede municipal de ensino do nosso município. São mais de 1.700 alunos da rede municipal. Já fizemos a licitação, já temos a empresa vencedora. A empresa, na semana passada já esteve em Rio Azul vendo os detalhes dos uniformes. Agora já estamos na fase de pegar as medidas das crianças, para passar para a empresa, para a empresa confeccionar os uniformes”, explica.

A expectativa é que os uniformes possam ser entregues dentro de um mês. O kit que será distribuído possui jaqueta, calça, calção (para meninos), short-saia (para meninas) e camiseta. “Queremos implementar para o ano que vem, nos anos seguintes, com mochila. Já vi em outros municípios dão até meia. Deixar bem completo. Já entregamos no início do ano o kit escolar, que são os materiais: cadernos, lápis, borracha, caneta, todo material que a criança utiliza durante todo ano. Isso pudemos fazer no início do ano”, disse.

O investimento nos uniformes será de R$ 250 mil por ano, vindo de recursos livres da prefeitura.

De acordo com o prefeito, a compra de uniformes foi possível porque a gestão realizou ajustes no transporte do município. A Prefeitura de Rio Azul adquiriu tanques de combustíveis para a compra de diesel direto de distribuidoras. A ação permitirá uma economia de R$ 25 mil por mês, chegando até R$ 300 mil por ano. “Compramos os tanques para poder comprar o diesel mais barato. Adquirimos os tanques, fizemos um investimento grande também. Mas é tanque de combustível que ficará para o município para mais 20 anos, 30 anos. Agora conseguimos comprar o diesel diretamente da distribuidora e a um preço melhor. Conseguimos um bom desconto que hoje, se for ver o preço que está na bomba, que estão vendendo nos postos, estamos conseguindo um desconto de R$ 0,50 por litro de diesel”, explica.

Recursos estaduais e federais: Na segunda-feira (23), o prefeito de Rio Azul esteve em Curitiba com líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Hussein Bakri. Um dos objetivos do encontro foi conseguir ter recursos para investimentos no município. “Porque só com a arrecadação do município que é arrecadado aqui dos impostos e o que a gente recebe da esfera federal, que é arrecadado aqui, dos impostos e o que a gente recebe da esfera federal e da esfera estadual, você vai tocando o feijão com arroz. Para fazer algo mais, trazer um desenvolvimento maior para um bairro, uma determinada localidade da cidade ou alguma comunidade, como aqui nós temos bastante comunidades, para trazer mais investimentos, nós necessitamos do apoio dos deputados”, disse.

Recentemente, o prefeito também esteve em Brasília, onde participou de um encontro com o presidente Jair Bolsonaro. Na oportunidade, ele aproveitou para pedir investimentos na BR-153.

“Eu tive a oportunidade de cobrar diretamente do presidente Bolsonaro porque se não levarmos ao conhecimento dele, é muito difícil que ele venha até nós conhecer a realidade. Então, pude naquele momento, representando os municípios da nossa região, pude pedir pela BR 153, para que possamos trazer mais desenvolvimento não só para Rio Azul, mas para todas as nossas cidades. Dependemos de uma via importante, uma via que tem um asfalto bom, que tenha um bom acesso, para que tenha uma gestão logística. Qualquer empresa ou indústria que queira se instalar na região vai olhar primeiro na questão logística, para trazer seus insumos e depois levar os seus produtos, sua produção”, explica.

Ouça o áudio da reportagem