Publicidade Topo

notícias

Pela 1ª vez no ano, quatro municípios da região ficam com saldo negativo de empregos

Imbituva, Inácio Martins, Rio Azul e Teixeira Soares tiveram mais demissões do que admissões em maio, ficando assim, pela primeira vez no ano, com saldo negativo de emprego, segundo dados do CAGED/Karin Franco

Tabela mostra número de contratações e demissões nos municípios da Amcespar no mês de maio. Foto: Divulgação

Os municípios de Imbituva, Inácio Martins, Rio Azul e Teixeira Soares ficaram, em maio, com saldo negativo de empregos pela primeira vez no ano. Isto significa que eles tiveram mais demissões do que admissões em maio. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

O município de Imbituva gerou 258 admissões em maio, 141 vagas a menos do que em abril. Ao mesmo tempo, foram 339 demissões, 69 a mais do que o mês anterior. Isso rendeu ao município o primeiro saldo negativo do ano, com menos 81 vagas.

Em Inácio Martins, o número de demissões deixou o município com saldo negativo. Em maio, foram 62 demissões, o dobro que o mês anterior que registrou apenas 26 demissões. Já as contratações não conseguiram recuperar a diferença. Em maio, foram 42 admissões, 23 vagas a menos que o mês anterior. Inácio Martins terminou o mês com saldo negativo de 14 vagas.

Outro município com saldo negativo foi Teixeira Soares, que terminou o mês com menos dez vagas. O município registrou 24 admissões em maio, 29 vagas a menos que no mês anterior. Nas demissões, o número foi maior. Foram 34 demissões, cinco a mais que em abril.


No município de Rio Azul, o saldo negativo em maio ficou em cinco vagas, o menor dos municípios que tiveram mais demissões do que admissões. Em maio, foram 75 admissões, apenas três vagas a mais que em abril. Por outro lado, foram 80 demissões em maio, 17 a mais que o mês anterior.

O município que gerou mais vagas na região em maio foi Prudentópolis que fechou o mês com saldo positivo de 87 vagas. Em comparação com abril, o município registrou mais demissões, mas a quantidade maior de admissões em maio, fez com que Prudentópolis conseguisse reverter o cenário e terminar com o saldo mais positivo. O município registrou 195 demissões, sete a mais que o mês anterior. Mas foram 282 vagas geradas, 27 a mais do que em abril.

Em seguida, está Irati que fechou o mês com saldo positivo de 44 vagas. Ao contrário de Prudentópolis, Irati diminuiu o número de contratações, mas também reduziu o número de demissões. Foram 313 admissões em maio, 29 a menos que em abril, e 269 demissões, 62 demissões a menos que no mês anterior.

Outro município com balanço positivo foi Mallet que registrou o saldo de 20 vagas. Comparado ao mês anterior, os números foram menores (109 admissões e 73 demissões em abril), mas a cidade conseguiu registrar mais admissões do que demissões. Em maio, foram 84 admissões e 64 demissões.

Já o município de Rebouças conseguiu se recuperar. Em abril, o município tinha sido o único da região com saldo negativo. Em maio, Rebouças fechou com saldo positivo de 12 vagas. Foram 82 contratações, 45 vagas a mais que em abril. O município também registrou 70 demissões, sete vagas a mais que no mês anterior.

Outros municípios com saldo positivo foram Fernandes Pinheiro e Guamiranga. Em Fernandes Pinheiro, foram 16 admissões e 12 demissões, com saldo positivo de quatro vagas. Em Guamiranga, foram 26 vagas geradas e 20 demissões, com seis vagas positivas.

Na somatória de todos os municípios, a região registrou em maio 1.208 admissões e 1.145 demissões, terminando o mês com saldo positivo de 63 vagas. No acumulado do ano, foram geradas até maio 7.127 admissões e 5.603 demissões, gerando um saldo positivo de 1.524 vagas.

Além dos números de registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o CAGED também reúne dados do e-Social e do Empregador Web.

Tabela mostra número de pessoas contratadas e demitidas em Irati e região nos cinco primeiros meses de 2021. Foto: Divulgação

Em Fernandes Pinheiro 87 vagas foram geradas de janeiro a maio. Por outro lado foram registradas 82 demissões, o que resultou em um saldo positivo de cinco vagas. Foto: Divulgação

Irati registra saldo positivo de 259 vagas no acumulado do ano. Foto: Divulgação

Guamiranga gerou 123 vagas de emprego entre janeiro e maio de 2021, segundo dados do CAGED. Foto: Divulgação

Imbituva registrou saldo negativo em maio depois de quatro meses com mais contratações do que demissões. Foto: Divulgação

Inácio Martins também teve saldo negativo em maio. Nos outros meses, cidade teve mais admissões do que demissões. Foto: Divulgação

Mallet apresentou saldo positivo nos cinco primeiros meses do ano. Foto: Divulgação

Prudentópolis teve o maior saldo positivo de vagas em maio. Foto: Divulgação

Rebouças voltou a registrar saldo positivo de vagas em maio depois de ser o único da região com saldo negativo em abril. Foto: Divulgação

Rio Azul gerou 417 vagas e teve 310 demissões nos cinco primeiros meses do ano. Foto: Divulgação

Teixeira Soares contabiliza saldo de 73 vagas de janeiro a maio de 2021. Foto: Divulgação