Publicidade Topo

notícias

Fio de internet arrebentado fere pescoço de ciclista em Irati

Estudante, de 16 anos, sofreu uma queimadura no pescoço e alguns ferimentos superficiais no corpo em virtude da queda de bicicleta

Ciclista atingiu fio arrebentado quando transitava de bicicleta na rua Trajano Gracia. Foto: WhatsApp/Divulgação

A estudante Luna Bonfim, de 16 anos, que está no 3º ano do curso de formação de Docentes do Colégio Antonio Xavier da Silveira, ficou ferida ao atingir um fio de internet arrebentado na rua Trajano Grácia, em Irati, no início da noite de quarta-feira, 21. Ela transitava de bicicleta pelo local. Após o fato, a jovem caiu e sofreu uma queimadura no pescoço e alguns ferimentos superficiais no corpo.

Em contato com a nossa reportagem, Luna disse que foi buscar sua bicicleta que havia deixado para arrumar e seguia seu trajeto rotineiro até sua casa. A jovem relatou que estava preocupada em não bater em nenhum carro e também de não atrapalhar o trânsito, que estava movimentado naquele momento.

“Estava vindo bem no canto da rua, na travessia elevada em frente ao CEEBJA, estava cuidando para não bater no carro que estava do meu lado, na hora que voltei a prestar atenção na frente o fio já estava na minha frente na altura exata do meu pescoço. A hora que eu passei ele segurou. Eu estava pedalando normal e para minha sorte eu soltei as duas mãos do guidão para tentar tirar o fio porque estava me sufocando muito. A hora que eu tirei as duas mãos do guidão eu acabei caindo. Por isso que não foi nada mais grave”, conta Luna.


A estudante revela que sentiu falta de ar nos primeiros minutos após o acidente porque o fio apertou seu pescoço. “ Graças a Deus soltei do guidão porque poderia ser mais grave. Foi um susto grande. Logo que caí, um carro parou prestar socorro também tinha uma viatura em frente ao CEEBJA e já vieram prestar socorro também. Foi um momento de muito desespero porque o fio apertou muito meu pescoço eu fiquei com muita falta de ar depois passei muito mal também”, relata.

Luna afirma que o fio causou uma queimadura em seu pescoço. “Foi um susto enorme, de noite escuro já, fio caído, preto, não dava para enxergar. No último momento que estava no meu pescoço me dei conta de que era um fio que tinha pegado meu pescoço. Não tinha enxergado antes”.

A estudante foi levada para o Pronto Atendimento Municipal e também recebeu atendimento na Santa Casa de Irati. Depois de realizar alguns curativos e tomar soro, a adolescente também fez exames para avaliar se tinha lesões, pois continuava sentindo dores no pescoço e na região lombar.

“Fiquei uma meia hora tomando soro, médico fez curativo em mim. Aí o médico mandou fazer exame da cervical e lombar porque estava com muita dor. Eu caí sentada. Dali fui direto para o hospital fazer o [exame de] raio-x, tudo rapidinho. Voltei para o Pronto Atendimento, o médico analisou o raio-x e falou que não tinha sido nada grave e me receitou remédio”.

Até segunda-feira, 26, Luna terá que realizar curativos e tomar os remédios solicitados pelos médicos. “Não teve corte mais grave, o fio causou uma espécie de queimadura, não chegou a cortar fundo. Foram cortes superficiais. Vou fazer curativos num posto de saúde até segunda para não grudar. O médico receitou remédios para passar a dor e anti-inflamatórios”, afirma a adolescente.

Luna Bonfim sofreu uma queimadura no pescoço. Foto: Luna Bonfim