Publicidade Topo

notícias

1ª Live Festival de Música Rioazulense terá 39 apresentações

Evento comemorativo ao aniversário de Rio Azul será realizado no sábado, 10, às 19 h, na Casa da Cultura/Rodrigo Zub

Foto: Divulgação

A 1ª Live Festival de Música Rioazulense terá 39 apresentações. A organização registrou 13 inscrições na categoria infanto-juvenil destinada para adolescentes entre 12 e 16 anos e 26 no adulto para todas as idades. O evento ocorrerá no sábado, 10, às 19 h, na Casa da Cultura de Rio Azul, onde funciona a Secretaria Municipal de Educação.

A transmissão será feita de forma simultânea nas redes sociais da Secretaria de Recreação, Esportes e Cultura e da Prefeitura, em forma de Live Streaming.  O secretário de Recreação, Esportes e Cultura, Fábio Souza, diz que foi optado em colocar limite de inscrições na live em função da pandemia que impede a realização de atividades com aglomerações de pessoas para evitar o contágio de coronavírus. O objetivo do festival é valorizar os artistas locais, pois somente moradores de Rio Azul poderiam se inscrever. “Nós deixamos aberta as inscrições até dia 2 de julho, sexta-feira. Algumas pessoas infelizmente perderam essa data de inscrição. Em reunião com a comissão de eventos, comissão organizadora, optaram em seguir o regulamento e não abrir [mais inscrições]”, relata Fábio. Nesta quarta-feira, 7, foi realizada uma live para definir a ordem das apresentações, que foi estabelecida por meio de sorteio. A previsão de duração do evento é de aproximadamente três horas.


“Optamos em fazer a live devido a pandemia, já que a gente não pode fazer eventos abertos ao público. É uma maneira de estarmos homenageando o município de Rio Azul nos 103 anos e também dar uma pequena movimentada no setor cultural. Lógico que estaremos com todos os cuidados contra o coronavírus, respeitando principalmente o distanciamento social, uso de máscaras para quem não tiver cantando. Todos esses cuidados serão tomados”, enfatiza o secretário.

Segundo Fábio, os candidatos do festival têm a opção de se apresentarem com playback ou tocarem seus instrumentos da forma que acharem mais conveniente. “A organização está bem cuidadosa com todos os critérios, nós teremos cinco jurados de fora, todos com conhecimento na área musical, todos que trabalham com música, vivem de música, jurados convidados e que vão estar avaliando os critérios descritos no regulamento do festival”.

Regulamento: Os participantes poderiam inscrever apenas uma música para a performance. Já a apresentação pode ser de forma individual, em dupla ou em grupo com até cinco integrantes. Conforme o regulamento, os candidatos podem entrar no espaço reservado para o festival apenas 15 minutos antes de sua apresentação. Antes desse período o candidato ficará em uma sala preparada pela comissão com todos os protocolos definidos pela Secretaria de Saúde. Depois da apresentação, o participante deve se retirar do local. Os ensaios para todos os candidatos acontecerão no sábado das 10h às 11h30 e das 13h às 16h, com tempo aproximado de 15 minutos para cada participante. Os quesitos que serão avaliação pelos jurados são interpretação, afinação, ritmo, dicção e presença de palco.

Premiação: Os vencedores do festival receberão uma placa e também uma premiação em dinheiro. Ao todo, serão distribuídos R$ 4 mil em prêmios. Na categoria adulto, o vencedor receberá R$ 1.250. O segundo colocado ficará com R$ 750. O terceiro lugar ganhará R$ 500. O quarto colocado recebe R$ 300. Já quem ficar na quinta colocação será premiado com R$ 200. Na disputa do infanto-juvenil, o campeão recebe R$ 500. O segundo colocado ficará com R$ 300 e o terceiro com R$ 200.

Inscritos: Os inscritos na categoria adulto são: Adriel Morais, Adriely Morais, Anderson Cordeiro, Arielly Thasliny de Souza, Carolina Antunes dos Santos, Deivison Martins, Diolindo Moreira, Edmarilson Rodrigues, Eliane Constantino, Emanueli Aparecida O. Santana, Emerson Cristiano Nepomoceno, Geraldo Morais, Gerson Morais, Gilson e Alessandra, Hélio e Getúlio, Ivan Gapinski, Jair Martins, Josnei e Joel, Keller e Vagner, Matias e Izaias, Nei Viola, Renan Dionatan de Lima, Sergio Sobzak, Valdinei e Denilson, Venan e Vinicius e Grupo Vida de Gaitero.

Já os inscritos na categoria infanto-juvenil são: Ariatiny Gabrielly de Souza, Caroline Surmacz Plodoviski, Fernanda Aparecida Gureski, Gisely dos Santos Ferreira, Jacson Dias Gaioski, Jaqueline Cordeiro, Kauane Nepomoceno, Kauê Vinicius de Lara, Leticia Gureski, Luana Eduarda Fusverk, Luane Dezanoski, Maria Luciana Pereira da Silva e Venan Vitor dos Santos.

Outras atividades alusivas aos 103 anos de Rio Azul: As demais atividades comemorativas ao aniversário de 103 anos de Rio Azul estão previstas para ocorrer no dia 14 de julho, quarta-feira, data da emancipação política do município. Haverá uma cerimônia cívica com a presença de autoridades municipais como o prefeito Leandro Jasinski, o vice Jair Boni, secretários, vereadores, pastores e padres. Esses últimos realizarão uma pequena bênção após o hasteamento da bandeira. Como a solenidade será restrita, a população em geral pode acompanhar a live de suas casas, por meio do Facebook.

“Também tomando todos os cuidados de prevenção ao coronavírus, distanciamento, vamos demarcar áreas que as pessoas devem ficar e após o hasteamento da bandeira acontece essa benção rápida”, relata Fábio.

Segundo o secretário, a administração municipal também vai plantar 103 árvores em diferentes pontos da cidade para simbolizar o aniversário de Rio Azul. Ainda no dia 14 acontece outra live comemorativa às 20 h com a presença dos cinco primeiros classificados da categoria adulto e os três melhores do infanto-juvenil da 1º Live Festival de Música Rioazulense. Na ocasião, também haverá depoimento de autoridades e comerciantes, que devem gravar vídeos parabenizando o município pela data. Além disso, o cantor Rafa Nunes realizará um show com duração de cerca de 1h30.

“É um jeito que achamos de homenagear o município e os rio-azulenses pelos 103 anos de emancipação política. Não são 103 dias. Por isso, espero que o pessoal de casa curta também”, diz o secretário.